O seu Portal de Bem-estar e Autoconhecimento

Imagem  

Imagem


:: Acid ::

Sabe quando certos acontecimentos na sua vida parecem repetir-se, regularmente, sem uma razão lógica?

Quando a gente entra no caminho da espiritualidade s√©ria, ou seja, comprometida com nossa transforma√ß√£o interna (e n√£o externa, baseada em la√ßos sociais, econ√īmicos, um upgrade no visual ou apenas pra botar um freio de burro em certas atitudes) nos deparamos com o desafio de encarar a n√≥s mesmos, seja atrav√©s dos nossos dem√īnios internos, ou atrav√©s de algu√©m (o mundo como espelho nos traz algu√©m pr√≥ximo e a quem voc√™ n√£o pode evitar, seja um filho, marido, esposa ou inimigo muito chato). Isso pode ser o Universo nos mostrando nossa IMAGEM. O que o Pathwork¬ģ nos mostra √© como acessar essa imagem e como disassoci√°-la de sua ess√™ncia.

Segundo o site brasileiro do sistema, o Pathwork¬ģ √© um caminho para a autotransforma√ß√£o pessoal e autorrealiza√ß√£o espiritual, direcionado √†s pessoas que buscam um relacionamento mais verdadeiro consigo pr√≥prias e com a vida. Inclui uma compreens√£o profunda da negatividade pessoal para dissolver velhas cren√ßas, condicionamentos e imagens err√īneas. A proposta incentiva a parar de tentar fingir que somos uma imagem idealizada de n√≥s mesmos, a pessoa que pensamos que dever√≠amos ser. Trata-se de um modo pr√°tico, honesto e racional de passarmos de onde estamos para onde queremos estar. Est√° fundamentado no estudo e na viv√™ncia do conjunto de 258 temas sistematizados pela austr√≠aca Eva Pierrakos durante mais de 20 anos de trabalho.

Eva Pierrakos nasceu em Viena, em 1915. Deixou a √Āustria antes da invas√£o nazista e mudou-se para Nova York. Foi na Su√≠√ßa, entretanto, onde viveu durante alguns anos, que seu dom ps√≠quico come√ßou a se manifestar sob a forma de escrita autom√°tica. Come√ßou, ent√£o, a desenvolver a clariaudi√™ncia, n√£o ouvindo vozes externas, mas vozes internas que provinham do seu c√©rebro. Tornou-se assim o canal de uma entidade espiritual chamada de o Guia.

Em 73 Eva casou com o psiquiatra John C. Pierrakos, um dos fundadores da An√°lise bioenerg√©tica, e o trabalho dos dois se transformou no Pathwork¬ģ.

O texto abaixo é minha interpretação livre baseada na Palestra do Guia Pathwork No. 38, de 24 de outubro de 1958, que trata justamente sobre Imagem.

Na quest√£o da nossa auto-imagem, √© importante saber que n√£o se refere √† persona, a m√°scara que criamos pra sociedade. N√£o √© (s√≥) sua profiss√£o, n√£o √© (s√≥) como voc√™ se apresenta, mas √© principalmente sua auto-imagem inconsciente, como voc√™ ACREDITA que √© e n√£o como procura ser. Isso √© importante pois, quando identificamos nossas falhas e procuramos super√°-las podemos esbarrar no famoso eu tentei de tudo, mas n√£o tem jeito: eu sou assim. O Guia do Pathwork¬ģ fala que apenas a vontade externa √© insuficiente. √Č preciso mergulhar na alma, pois geralmente formamos o que somos na inf√Ęncia, atrav√©s de IMPRESS√ēES, ou seja, rea√ß√Ķes emocionais e conclus√Ķes sem muita elabora√ß√£o, formadas sem a experi√™ncia e o embasamento de um adulto e, √† medida que os anos v√£o passando, estas conclus√Ķes e atitudes afundam cada vez mais no inconsciente, moldando, at√© certo ponto, a nossa vida e continuam a influenciar mesmo depois que analisamos a quest√£o criticamente. Tal conclus√£o do passado √© chamada de IMAGEM.

Como saber que estamos presos a tais imagens? Quando você tem um problema e sabe que não é possível superá-lo, por mais que queira ou tente, por mais que saiba que isso lhe traz problemas. O Guia fala que as pessoas às vezes amam algumas das suas faltas. Mas por que? Pela simples razão de que, de acordo com essa imagem, certas faltas se revelam como uma medida de defesa ou uma capa protetora. Obviamente, este é um raciocínio inconsciente. Por isso que o esforço consciente para superar esta falta torna-se infrutífero. E será assim até que a Imagem seja reconhecida.

Outra evid√™ncia de tal imagem √© a repeti√ß√£o de certos incidentes na vida do indiv√≠duo. Tem mulher que diz eu s√≥ atraio homem canalha ou casamentos que n√£o d√£o certo. Parece at√© uma maldi√ß√£o. Mas uma imagem, de alguma forma, sempre forma um padr√£o de comportamento ou de rea√ß√£o em certas ocasi√Ķes e, tamb√©m, um padr√£o de acontecimentos externos que parecem chegar a n√≥s sem que tenhamos feito nada para atra√≠-los. Conscientemente a pessoa pode at√© desejar, com fervor, algo que √© o extremo oposto da imagem. Mas este desejo consciente √© mais fraco que o desejo inconsciente que √©, sempre, mais forte.
O √ļnico rem√©dio √© tentar descobrir qual √© a Imagem, em que base ela foi formada e quais foram as conclus√Ķes erradas.

A maioria das vezes uma imagem √© antiga e tem sido trazida de uma vida para a outra (e √© por isso que senti vontade de fazer esse post logo ap√≥s o de Cloud Atlas), o que pode tornar o diagn√≥stico mais dif√≠cil, mas analisar o contexto k√°rmico √© de grande ajuda. Quando uma imagem existe, vinda de vidas passadas, a encarna√ß√£o ocorre num ambiente em que haver√° provoca√ß√Ķes √† Imagem j√° existente (ou seja, far√° a Imagem ser reativada nessa vida) devido a imagens parecidas nos pais ou em outras pessoas ligadas √† crian√ßa em crescimento.

Somente assim √© que a Imagem far√° emergir o problema, e s√≥ quando se torna um problema √© que a pessoa presta aten√ß√£o - e, espera-se, busque a solu√ß√£o - ao inv√©s de desconsider√°-la. Se a pessoa continuar ignorando o problema as circunst√Ęncias na pr√≥xima vida ser√£o muito mais dif√≠ceis, e assim por diante, at√© que os conflitos se tornem t√£o desesperadores que As aventuras de Pi¬ī, que pra mim foi o melhor filme de 2012 e recomendo fortemente.', VAUTO, WIDTH, 350, HAUTO) ONMOUSEOUT=nd();>nenhum fator externo possa mais ser considerado respons√°vel. Este √© o momento em que a pessoa come√ßa a inverter seu movimento, indo para cima e para dentro (novamente a imagem da espiral 3D).

√Č preciso quebrar o orgulho; A vontade do ego que diz Eu n√£o quero o risco da vida, eu n√£o quero a dor da vida; conseq√ľentemente, eu atraio esta conclus√£o que parece, para mim, ser a salvaguarda contra isto. Mas isto n√£o √© uma salvaguarda, pois lhes trar√° problemas muito maiores do que aqueles de que voc√™s est√£o tentando escapar, pois a vida n√£o pode ser trapaceada.

E esta é a piedosa lei de Deus. Uma piedade difícil de entender a princípio, mas baseada no "Deus escreve certo por linhas tortas". Se não fosse assim, nós nunca poderíamos sair da miséria dos obscuros planos inferiores, pois de lá ninguém pode realmente nos tirar a não ser nós mesmos.

Somente quando come√ßarmos a encarar as nossas conclus√Ķes err√īneas e nossos medos, e estivermos prontos para aceitar a vida como ela √©, √© que seremos capazes de curar a nossa alma. S√≥ quando tivermos renunciado a uma parte da vontade do ego que quer negar a vida na sua forma presente, a forma que √© necess√°ria para o nosso desenvolvimento.
Só então teremos adquirido a humildade de não querermos ser protegidos dos riscos e durezas da vida. Riscos que só deixarão de ser necessários quando nós pudermos, sem temor, aceitá-los e nos responsabilizar por eles.

 
 
Acid é uma pessoa legal e escreve o Blog (Saindo da Matrix).
"Não sou tão careta quanto pareço. Nem tão culto.
N√£o acredite em nada do que eu escrever.
Acredite em você mesmo e no seu coração."
Email:
 
 

Veja também mais artigos em Espiritualidade

Ame sua vida
Por que continuo doente se rezo com fé?
Dentro da chama - Na matriz de todas as luzes
Suicídio, surpresas!
 
 

Deixe sua opini√£o sobre este artigo

Gostou?
Imprima este Artigo Envie para um Amigo Outros Artigos desse Autor Adicionar aos Favoritos.
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opini√Ķes expressas neste artigo s√£o da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.


 
 
 
Energias para Hoje

energia
I-Ching: 53 ‚Äď CHIEN ‚Äď DESENVOLVIMENTO
Os esforços empreendidos de modo gradual produzem resultados mais duradouros. Aja com prudência e não se jogue de cabeça em nenhuma situação.


energia
Runas: Ingwaz
Abuse da versatilidade. Recomece. Concretiza√ß√Ķes.


31
Numerologia: Concentração
O dia pede dedicação ao trabalho, exige atenção e concentração. Muita coisa pode ser conseguida hoje, se direcionar sua energia para projetos tangíveis. Empenhe-se para que seus esforços sejam produtivos.
 
 
Horóscopo da Semana
Áries Áries Libra Libra
Touro Touro Escorpião Escorpião
Gêmeos Gêmeos Sagitário Sagitário
Câncer Câncer Capricórnio Capricórnio
Leão Leão Aquário Aquário
Virgem Virgem Peixes Peixes
 
 

+ Lidos na Semana anterior
1. Reprogramar a mente
2. A Oração do Perdão
3. Dezoito apontamentos de esclarecimento consciencial
4. As medidas da sua gostosura!
5. Quando o que liberta prende...
6. O que fazer quando as nossas Verdades Secretas nos incomodam?
7. Carta para um Pai
8. Pais e filhos: como solucionar os conflitos no relacionamento?

 
NOSSO TRABALHO
Quem Somos
Nossa Miss√£o
Cadastro Gratuito
Anuncie no Site
Arquivo
Depoimentos
Colunistas
CATEGORIAS
Almas Gêmeas
Astrologia
Autoajuda
Autoconhecimento
Bem-Estar
Corpo e Mente
Espiritismo
Espiritualidade
Grafologia
Or√°culos
Previs√Ķes
Psicologia
Vidas Passadas
LOJA E Serviços
Clube Profissional
Clube Semestral
Holos
Atendimentos Online
Cursos Online
Eventos
Serviços
Escolas Parceiras
SOBRE O CONTEUDO
Artigos da Semana
Horóscopo Semanal
Blog Di√°rio
Interativos e Or√°culos
Vídeos
 
MUNDO
STUM World
Somos Todos Uno
Siamo Tutti Uno
MAIS
Widgets
Celular 3G
RSS
Tablet
Mapa do Site
M√ļsicas
Ajuda
Descadastrar-se
Voltar ao Topo
© Copyright 2000 - 2015 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Política de Privacidade
 
© Copyright 2000 - Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Política de Privacidade
 
© Copyright 2000 - 2015 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Política de Privacidade