site stats
Categorias: Almas Gêmeas Astrologia Corpo e Mente Espiritualidade Oráculos Psicologia Vidas Passadas

Imprimir
Onde foi parar o colorido da minha vida?  
Onde foi parar o colorido da minha vida?

:: Maria Isabel Carapinha ::

Lembro-me como se fosse hoje o primeiro dia que a televisão colorida chegou em minha casa. Meu pai que sempre fora um homem surpreendente e incrível para nos fazer surpresa, chegou com uma televisão enorme e quando terminou de ligar todos os fios, que mesmo naquele tempo já eram um enigma, contou até três e quando ligou a televisão a imagem era colorida.

Eu e meus irmãos começamos a gritar num entusiasmo só. Naquela noite, quase não dormimos, aquilo era muito legal. E hoje quase não damos valor ao que um dia foi uma coisa incrível!

Se um dia ligamos a televisão e por ter um fio desligado estiver ser cor, já logo reclamamos e procuramos consertar, porque é horrível assistir televisão sem o colorido normal.

Muitas vezes, porém, nossa vida perde o colorido e nem nos damos conta, vamos nos entristecendo dia após dia com uma determinada situação e achamos que ela deve fazer parte para sempre de nossa vida. No entanto, quando alguém nos alerta dizendo: "parece que a sua vida perdeu o colorido, o entusiasmo, a alegria"... é que começamos a nos dar conta do que estamos fazendo conosco.

Ter alegria, entusiasmo e vontade de viver e realizar, significa ter poder pessoal, significa traçar metas e objetivos e jamais desistir deles, significa sangue correndo na veia, significa vida. Perder tudo isso, seja por que motivo for, significa perder o colorido da sua vida.

Quando você se sentir bloqueado e desesperançado, tome isso como um aviso para buscar aquele momento em que isso aconteceu com você, permita que o pior que existe em você se expresse e seja eliminado. Quando me refiro ao pior, quero dizer as emoções e sentimentos negativos represados, que mais tarde tanto podem se transformar em sofrimento eterno ou somatização física na forma de uma doença.

A Radiestesia através da Mesa Radiônica nos permite identificar claramente e de maneira precisa o momento em que sua vida perdeu o colorido.
No momento em que você observar e identificar seus aspectos destrutivos, você terá encontrado a si mesmo, terá descoberto o seu poder pessoal, com o qual a sua identificação pode ocorrer com segurança. Uma atitude como essa está a sua disposição. Não é mágica, é uma escolha sua.

Quando passamos por situações dolorosas ou traumáticas, os sentimentos não são experimentados na sua total intensidade e o fluxo interior de vida ficam estagnados. Neste estado nos sentimos paralisados, nossas decisões são ineficazes, a vida parece dizer não a cada atitude nossa. E, como em um piscar de olhos, o bloqueio se forma e a vida perde o colorido.
Qualquer meta que você não consiga atingir é prova de que uma corrente de negação não detectada está atuando.

À medida que você batalha através dessa etapa e fica mais forte, você não foge mais de si mesmo e do risco aparente de viver. Porque com certeza viver vale muita a pena, mas viver com intensidade, com colorido, com brilho e realização vale muito, muito mais!

Há alguns anos, atendi uma moça muito competente e realizada profissionalmente, mas que não se sentia realizada na parte afetiva. Havia se casado com um homem fraco e dependente que nunca encontrava emprego e a nada se dedicava. A lista de desculpas era sempre interminável e se fazia de vítima da vida. Por maior que fosse o amor que sentia por aquele homem, percebia que a cada dia a sua vida perdia mais o colorida, achava que a rotina havia tomado conta deles e que as reclamações eram sempre o assunto em pauta.
Ela me disse que não queria se separar dele e que vivia um enorme conflito interno, pois também não queria continuar a viver daquela forma.

Eu então lhe disse que o meu atendimento com a Mesa Radiônica tinha o objetivo de colocar a sua vida em Ordem Divina. Expliquei que a princípio equilibraria todas as suas frequências energéticas e, a seguir identificados, eliminaria os bloqueios que impediam que a sua vida andasse na forma como desejava.

No seu caso específico, queria lhe propor um atendimento do casal presente, e lhe perguntei o que ela achava. Ela de imediato se mostrou entusiasmada e disse que o marido também sabia que ela havia chegado até mim para buscar ajuda.

Marquei uma nova consulta com os dois, e iniciei pelo marido. Identifiquei que todos os seus bloqueios haviam vindo de uma infância sem motivação e incentivo. A maneira dos pais entenderem que ele tinha que modificar o seu comportamento era através de críticas constantes e estas só o levaram à retração e inatividade, no entanto, seu poder pessoal era enorme conforme identifiquei e a possibilidade de mudança era imensa. Eliminei, assim, tais bloqueios de sua infância.

No caso da moça, o marido era uma repetição de um pai fraco e inativo, que nunca a fizera ter orgulho dele, sua mãe era a batalhadora e a provedora. Coloquei, então, para ela o real motivo de ter atraído um marido como o dela, que seria a tentativa de fazer uma história diferente de sua mãe frente a uma situação similar. Eliminei tal bloqueio através da Mesa Radiônica.

Após algumas sessões de resgate de autoestima e poder pessoal, identifiquei uma possibilidade de trabalho em conjunto. Ela era veterinária especializada em cavalos, sugeri a ele que fizesse um curso de acupuntura e massagem para animais. Ele logo se identificou com a proposta e seguiu em frente. Hoje eles têm uma clínica especializada no atendimento de animais de grande porte juntando a parte veterinária com a parte de acupuntura e são um sucesso no que fazem e o colorido voltou a fazer parte de suas vidas.


Gostou?
Imprima este Artigo Envie para um Amigo Outros Artigos desse Autor Adicionar aos Favoritos.



Maria Isabel Carapinha é colaboradora do site, radiestesista e trabalha também com Feng Shui.
Ministra cursos e faz atendimentos em residências e empresas.
Trabalha também com a mesa radiônica fazendo atendimentos em seu consultório ou à distância.
Visite meu Site e Acompanhe Maria Isabel Carapinha no Facebook
Email: isabelc@uol.com.br

+ Artigos deste autor

De lá para cá será que algo mudou?
De lá para cá será que algo mudou?
Uma luz no fim do túnel
Uma luz no fim do túnel
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.

 

+ Lidos na Semana anterior
1. Aprender a esperar
2. O ingresso do Sol em Touro - A Grande Cruz
3. Como aceitar as mudanças impostas pelo destino?
4. Vende-se grande amor. Peça já o seu!
5. Chico Xavier e a França
6. Ame e viva como se fosse um detetive!
7. Uma prece de agradecimento às consciências elevadas
8. Os sinais da existência

Atendimentos On-Line
Mapa Astral Natal
Mapa Astral Natal
Mapa Numerológico Pessoal por e-mail
Mapa Numerológico Pessoal por e-mail
  Veja Mais

 
 
NOSSO TRABALHO
Quem Somos
Nossa Missão
Cadastro Gratuito
Anuncie no Site
Arquivo
Depoimentos
Colunistas
CATEGORIAS
Almas Gêmeas
Astrologia
Corpo e Mente
Espiritualidade
Oráculos
Psicologia
Vidas Passadas
LOJA E SERVIÇOS
Clube Profissional
Clube Semestral
Holos
Atendimentos Online
Cursos Online
Eventos
Serviços
Escolas Parceiras
SOBRE O CONTEUDO
Artigos publicados
Horóscopo Semanal
Blog Diário
Interativos e Oráculos
 
MUNDO
STUM World
Somos Todos Uno
Siamo Tutti Uno
MAIS
RSS
Tablet
Widgets
Celular 3G
Mapa do Site
Edições anteriores
Músicas
Ajuda
Descadastrar-se
Copyright 2000-2014 SOMOS TODOS UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS