Autoconhecimento Almas Gêmeas AutoAjuda Astrologia Bem-Estar Corpo e Mente Espiritualidade Oráculos Psicologia Vidas Passadas

Urano: O Deus Libertador  

Urano: O Deus Libertador


:: Graziella Marraccini ::

Nos meus últimos artigos descrevi como o planeta Vênus e o planeta Marte influenciam nosso caráter e, conseqüentemente, nossa vida. Já havia publicado em artigos anteriores artigos sobre os efeitos de Júpiter (Júpiter em Escorpião - Não cometerás excessos! e Os ciclos de Júpiter) e de Saturno (Saturno ingressa em Leão e Saturno em Leão: Como será sua influência no nosso mapa natal?). Com o propósito de continuar a ajudar os meus leitores, amantes da astrologia, a esclarecer dúvidas sobre as influências astrológicas que afetam suas vidas, estarei hoje descrevendo os efeitos do trânsito de Urano em nossas vidas.

Já em janeiro de 2004, publiquei no meu site pessoal e no STUM um artigo sobre o ingresso do planeta Urano no signo de Peixes. Os artigos são muitas vezes de difícil compreensão, já que a linguagem astrológica é complexa, assim como são complexos os estudos que o astrólogo é obrigado a fazer para se tornar um bom orientador e consultor. Nada substituirá uma consulta com um bom astrólogo de sua confiança, mas, o intuito dos artigos é oferecer uma ajuda, por menor que ela seja.

Em 26 de abril de 1781, o astrônomo William Herschel reportou à inglesa Royal Society of Astronomers suas observações sobre um possível ‘novo planeta’. Esse corpo celeste havia sido observado anteriormente também pelo francês Pierre Lamonnier que o desconsiderou, achando impossível que este corpo estranho com sua luz tremeluzente pudesse ser um novo planeta.
Herschel era um músico que tinha o hobby de observar as estrelas, ou seja, não era um astrônomo profissional, mas um curioso que buscava no céu as respostas às suas indagações espirituais. Desde o início de suas observações, os astrônomos compreenderam que se tratava de um planeta ‘excêntrico’, ou seja, que não se comportava como os outros planetas até então conhecidos! A sua revolução em torno do Sol não era igual àquela dos outros planetas. De fato, duas vezes mais distante do Sol que Saturno, Urano gira em torno de um eixo que é quase paralelo à sua elíptica, enquanto que o eixo dos outros planetas é quase perpendicular. Entre outras, essas excentricidades deram a Urano o status de ‘planeta revolucionário’! De maneira sincrônica (já que não existem coincidências no universo - em seguida à sua descoberta começaram duas grandes revoluções, a americana em 1781 e a francesa em 1789, que mudariam o status quo existente, desafiando a autoridade estabelecida nos seus países. Ao mesmo tempo foi dado o pontapé inicial à chamada Revolução Industrial que permitiu uma modernização da civilização, com a emergência de novas e importantes descobertas no campo da ciência, tecnologia e comunicação. A modernização da civilização aconteceu depois da descoberta de Urano, regente da Era de Aquário.

Num nível pessoal, esse ‘planeta da revolução’, é associado astrologicamente a uma fase da vida em que acontece uma mudança brusca, uma reviravolta que permite a ruptura dos antigos padrões de comportamento para dar lugar ao ‘novo’, ao diferente. Na mitologia existe pouca coisa sobre o Deus Urano grego, que desempenhou um papel importante na saga da Criação. Diz a mitologia que no começo havia o Caos, de onde saiu Gaia, a Mãe-Terra. Gaia deu à luz Urano que, embora fosse seu filho, tornou-se também seu companheiro e amante. Gaia tinha o controle sobre a Terra e Urano governava os céus estrelados. Urano, porém, mesmo que nascido da Terra, não pertencia a ela pois era associado ao reino aéreo e espacial. Todas as noites Urano - o céu estrelado - deitava sobre Gaia - a Terra - e como resultado dessa união produziram uma grande quantidade de filhos bastante estranhos. Primeiro foram os Titãs, depois os Ciclopes, e ainda outras tantas criaturas igualmente ‘estranhas’. Não contente com os filhos que produzia, achando-os feios, grosseiros e deformados e portanto não condizentes com seus ideais, Urano os empurrava novamente para ‘dentro do útero’ de Gaia, (os Ciclopes viviam nas cavernas) e os bania para tirá-los de sua vista! Ele não podia aceitar algo que não condizia com seus ideais!
Nós fazemos o mesmo - simbolicamente - com aquelas partes de nós mesmos de que não gostamos, empurrando-as para dentro do nosso subconsciente. Gaia, infeliz com a atitude de Urano, escondeu Saturno - o último de seus filhos - oferecendo-lhe uma foice para que ele castrasse o seu pai celeste então mais procriasse com ela. Saturno, obediente, cortou o falo do pai e este caiu no mar. Da espuma gerada nasceu Vênus, a Deusa da Beleza, símbolo da vida do jeito que a conhecemos. Os cientistas também deduziram que a vida na Terra saiu do mar. Na realidade, examinando as eras precessionais, isso aconteceu na época em que a terra vivia a Era de Capricórnio, cujo símbolo é ‘meio peixe e meio cabra’. (Mas isso é assunto para outro artigo!).

Urano tinha em sua mente uma visão ideal, uma imagem daquilo que ele queria de seus filhos, de suas crias, mas não conseguindo aquilo que desejava, ficava frustrado e os rechaçava de sua vista, indo então á procura de novas crias. De forma similar agem as pessoas que possuem uma forte influência uraniana em seu mapa natal: idealistas ao extremo e desprezando os aspectos práticos da vida, tentam tornar sua visão ideal em realidade concreta, frustrando-se a maioria das vezes com o resultado obtido.

Por exemplo: uma pessoa ‘uraniana’ tem em mente um relacionamento ideal, uma imagem ‘visionária’ daquilo que seria a união amorosa ou parceria perfeita. No entanto, ao desprezar as formas corriqueiras e rotineiras necessárias para realizar essa união, frustra-se e acaba destruindo seu relacionamento, partindo em busca de outro ideal. Outro exemplo: um indivíduo uraniano concebe um sistema político perfeito que, quando posto em prática, acaba decepcionando-o. Deixa então esse projeto no meio do caminho, deixando para outros a parte mais rotineira e material do mesmo, e parte para outra conquista, para outro ideal. Os tipos fortemente uranianos deixam ao longo de sua vida muitos projetos ‘não terminados’ pois nenhum, ao realizar-se, acaba se encaixando em seus ideais (muitas vezes utópicos)! Da mesma forma, dependendo da casa astrológica onde Urano esteja transitando em seu mapa, a área correspondente estará sendo afetada similarmente. Ou seja, à medida que Urano ingressa e transita numa determinada Casa de nosso mapa, os assuntos relativos àquela casa serão alvo de questionamentos, de descontentamento e de inquietação, levando-nos a uma crescente frustração que causará mudanças bruscas e repentinas, ocasionadas por nossa tentativa de encontrar novos ideais em substituição. Ou seja, sob essa influência, procuraremos romper ou remendar aquela área de nossa vida que está sendo questionada, indo em busca de algo novo e melhor que preencha nossos ideais. Essa busca, porém, não é isenta de risco. Se rompermos com as estruturas existentes em busca de algo novo, desafiando o status quo podemos ‘derramar sangue’! Urano é considerado um planeta violento em astrologia, e possui um alto poder de destruição!
Ao mesmo tempo em que estaremos destruindo algo que não nos satisfaz, estaremos incomodando os outros, aqueles que querem manter a ordem estabelecida, que podem se voltar contra nós, nos atacando impiedosamente! Já vimos isso acontecer ao longo das civilizações com o Cristo, com Che Guevara, Garibaldi, Ghandi, Martin Luther King, e tantos, tantos outros ‘idealistas’! Um idealista é sempre um revolucionário, a menos que ele se mantenha limitado no reino das palavras e não passe à ação! Quando rompemos uma relação amorosa que não nos satisfaz, atiçamos a ira do outro que se sentirá rejeitado! E todos aqueles que se sentirem ameaçados pelas ações rebeldes dos uranianos jogarão sua fúria sobre eles, ceifando-os impiedosamente, da mesma forma que Saturno ceifou o falo de seu pai, Urano!

Muitas vezes, do mesmo modo que na mitologia, o ‘nosso’ Saturno, castra as nossas reações uranianas, nos chamando à razão. Saturno representa nosso condicionamento, Urano é a liberdade. Quantas vezes nos frustramos em nossas tentativas de buscar nossos ideais, querendo fugir de uma situação que não nos satisfaz e acabamos escutando a voz da razão - que é representada pelo pai biológico ou pela família em que fomos criados - que puxa os nossos freios para não nos deixar avançar!
As Fúrias, explica a mitologia, são frustrações guardadas interiormente, rechaçadas. Elas se alimentam do conflito entre Urano e Saturno, do conflito entre a mudança e o desejo de preservar. Enquanto o reboliço da insatisfação age dentro de nós, enquanto a frustração cresce e agita nosso espírito, as Fúrias se preparam para entrar em ação. Quando a energia de Urano finalmente consegue se expressar (por exemplo, ao entrar em contato com um planeta de nosso mapa que se encontra naquela casa onde ele transita), acontecem as rupturas, os relacionamentos acabam, as situações atuais são subvertidas, as mudanças acontecem repentinamente.
Que alivio sentimos quando conseguimos liberar aquela energia toda!

Porém, ainda nos sentiremos ameaçados por ter ousado nos libertar! Rompemos as estruturas, desafiamos a coisa organizada e queremos sair impunes? Que ousadia! Não, nos diz Saturno: merecemos ser condenados pela sociedade, acomodada dentro de sua estrutura cristalizada. Precisamos então recorrer à temperança de Vênus. Lembre-se que Vênus é fruto do falo de Urano que Saturno jogou ao mar. Vênus é o princípio do amor, da beleza, da harmonia, do equilíbrio, da diplomacia, do ideal. Vênus nasce da tensão entre as forças de homeostase saturninas e as forças de ruptura e mudança uranianas. Por essa razão, Vênus indica a possibilidade da realização de novos ideais, nova vida, novas alternativas. È muito interessante observar que Vênus pode ‘temperar’ a fúria uraniana que consegue, então, ser mais ponderada, e também pode ‘flexibilizar’ a rigidez saturnina, tornando-a mais maleável. Ajudado pela ação venusiana, Urano poderá preparar Saturno para esse ‘algo novo’ que o ameaça e será por ele ajudado a estabelecer um novo patamar, um novo status quo, uma nova vida. Saturno era o antigo regente de Aquário e Urano é regente desse signo desde sua descoberta. Isso indica claramente a contradição que encontramos muitas vezes nas pessoas que possuem o componente ‘aquariano’ em seus mapas. Ao mesmo tempo revolucionárias e controladoras, ao mesmo tempo vanguardistas e limitadoras, as pessoas que possuem Urano em destaque nos mapas são muito difíceis de serem compreendidas.
Por essa razão é sempre muito interessante fazer uma analise da passagem desse planeta sobre nosso Mapa Natal. As Previsões Anuais orientam também sobre esses trânsitos planetários, trânsitos de planetas lentos, chamados pelo astrólogo americano Howard Sasportas de “Deuses da mudança”.

Ainda continuaremos esse assunto na próxima semana, mas, por enquanto, você pode fazer seu Mapa Natal (veja o Teste Interativo do Mapa Astral no STUM) e verificar em que Casa astrológica está transitando Urano, lembrando que atualmente ele está no signo de Peixes. Verifique também se você possui esse planeta em destaque, por exemplo, na primeira casa, ou se ele é regente de seu signo (Aquário) ou se ele é regente de seu Ascendente. Isso o ajudará a compreender muitas de suas atitudes ‘rebeldes’! Escreva, envie suas dúvidas e, quando puder, peça sua analise da Previsão Anual que o ajudará a encontrar respostas para efetuar suas mudanças!

Uma boa semana a todos!
São Paulo, 11 de julho de 2007

 
 
Graziella Marraccini é astróloga, taróloga, cabalista e estudiosa de ciências ocultas e dirige a Sirius Astrology.
Clique aqui e faça seu mapa astral on-line.
Atende em seu consultório em São Paulo com hora marcada no horário comercial.
Para atendimentos e consultas, visite o site pessoal da autora.
Email: info@astrosirius.com.br
 
 

Veja também mais artigos em Astrologia

Por que sofremos? - Parte 3
Energia Positiva
A diferença entre o querer e o dever
O que é Tao?
 
 

Deixe sua opinião sobre este artigo

Gostou?
Imprima este Artigo Envie para um Amigo Outros Artigos desse Autor Adicionar aos Favoritos.
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
 
 

Energias para Hoje
ernegia
I-Ching:
01- CH´IEN - O CRIATIVO
O sucesso estará garantido se você souber agir criativamente e com senso de justiça.


ernegia
Runas: Talismã contra a negatividade
Desenhe na agenda para proteção durante o mês.


1
Numerologia: Novos inícios e grandes decisões
Dia para tomar as rédeas da vida e determinar seu curso futuro, fixe metas e comece hoje mesmo a realizá-las. Promova suas idéias acredite em si e não aceite um não como resposta. São necessários força e autocontrole.


Louise Hay fala sobre problemas com Adenóide
Atritos em família, discussões. A criança não se sente bem vinda, acha que atrapalha. Clique e veja mais!






 
NOSSO TRABALHO
Quem Somos
Nossa Missão
Cadastro Gratuito
Anuncie no Site
Arquivo
Depoimentos
Colunistas
CATEGORIAS
Almas Gêmeas
Astrologia
Autoajuda

Autoconhecimento

Bem-Estar
Corpo e Mente
Espiritualidade
Oráculos
Psicologia
Vidas Passadas
LOJA E SERVIÇOS
Clube Profissional
Clube Semestral
Holos
Atendimentos Online
Cursos Online
Eventos
Serviços
Escolas Parceiras
SOBRE O CONTEUDO
Artigos publicados
Horóscopo Semanal
Blog Diário
Interativos e Oráculos
 
MUNDO
STUM World
Somos Todos Uno
Siamo Tutti Uno
MAIS
RSS
Tablet
Widgets
Celular 3G
Mapa do Site
Edições anteriores
Músicas
Ajuda
Descadastrar-se
Copyright 2000-2014 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS