Autoconhecimento Almas Gêmeas AutoAjuda Astrologia Bem-Estar Corpo e Mente Espiritualidade Oráculos Psicologia Vidas Passadas

A importância do cálcio na alimentação - Parte 1  

A importância do cálcio na alimentação - Parte 1


:: Conceição Trucom ::

O cálcio desempenha um papel fundamental para o funcionamento do organismo. Ele é o mineral responsável pela construção e manutenção dos ossos.

Cerca de 99% do cálcio presente em nosso corpo faz parte integrante dos ossos e dentes. O 1% remanescente, embora num percentual de menor expressão, é essencial para a vida e a saúde do organismo como um todo. Sem esta pequena porcentagem, nossos músculos não conseguiriam contrair corretamente, o sangue não coagularia e os nervos não transmitiriam mensagens entre si.
Uma alimentação rica em cálcio até os 35 anos irá construir um tecido ósseo mais denso, reduzindo o risco da osteoporose.

A partir dos 40 anos, é natural o início da decadência dos tecidos ósseos, com uma perda de cerca de 0,5% de massa óssea/ano. Tal processo natural costuma ser acelerado com maus hábitos alimentares e uma vida sedentária, pois a prática de exercícios físicos é fundamental para a saúde dos ossos. Assim, a cada ano os ossos vão se tornando cada vez mais frágeis e porosos e mais suscetíveis a quebras.

A osteoporose, hoje uma doença moderna, é silenciosa. Ela não apresenta sintomas, e acaba sendo diagnosticada tardiamente; normalmente quando a pessoa sofre uma fratura.

As maiores vítimas são as mulheres, pois na menopausa há uma queda significativa na produção de estrógenos - uma família de hormônios femininos, a qual uma das funções é ativar as células que fabricam o tecido ósseo. Neste momento, torna-se fundamental o foco numa alimentação rica em cálcio, para ajudar na redução da perda óssea e até repor parcialmente o índice de perda.

Estudo realizado no MRC, Instituto de Pesquisas em Nutrição em Cambridge, Inglaterra, comprovou que o esqueleto só se torna rígido à prova de desgastes quando:
1. Recebe doses diárias adequadas de cálcio.
2. O cardápio diário é rico de alimentos de origem vegetal, e mais que isso, integrais.

O fato é que o consumo habitual de frutas, verduras, raízes e legumes tornam o pH de todos os líquidos corporais mais alcalinos (7,36 a 7,42), condição ideal para reduzir perdas ósseas.

Para chegar a essa conclusão, a equipe inglesa, liderada pela nutricionista Célia Prynne, acompanhou de perto 436 voluntários que seguiram diferentes dietas. O surpreendente foi que no curto período de uma semana foi observado que:
• Para aqueles que passaram a se alimentar com 4 porções/dia de vegetais integrais, houve um ganho de até 5% de massa óssea.
• Para aqueles que passaram a se alimentar com apenas 2 porções/dia de vegetais integrais não foi detectada alteração na massa óssea.

Em paralelo, uma alimentação rica em cálcio poderá ajudar no tratamento da obesidade. Um estudo realizado durante 2 anos na Universidade de Purdue, Indiana/EUA, acompanhou 54 mulheres, onde aquelas que consumiram 1900 calorias/dia (Alimentação Consciente e Balanceada) e 1 grama de cálcio/dia, emagreceram cerca de 7 quilos no final do estudo.

Outro fato é que os alimentos mais ricos em cálcio costumam ser os derivados do leite, como o iogurte, coalhadas e queijos, que ao mesmo tempo são ricos em proteínas. Assim, em paralelo ao maior consumo de cálcio, ocorre um maior consumo de proteínas, sobrando menos espaço para os carboidratos, que são reconhecidamente engordativos, quando consumidos em excesso ou sem consciência. Com uma alimentação mais balanceada, é esperado uma redução na compulsão alimentar e uma natural perda de excessos de gordura corporal.

Outra vantagem: a ingestão da quantidade adequada de cálcio poderá reduzir as chances de se desenvolver um câncer de cólon. Pesquisa realizada pelo Hospital Roosevelt, em Nova York/EUA, observou que, parte das pessoas que adotaram uma dieta rica em cálcio, tiveram menor proliferação celular nesta parte do intestino, diminuindo assim o aparecimento de células defeituosas que poderiam preceder o câncer.

Incluir doses satisfatórias de cálcio no cardápio também ajuda a evitar a temida síndrome metabólica. Um problema crescente no mundo, que resulta de taxas elevadas de glicose, colesterol e triglicérides + hipertensão. Uma mistura explosiva para todo o sistema cardiovascular . A boa notícia é que o cálcio desponta em estudos como um aliado contra este mal.

Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade do Texas, o cálcio pode reduzir a hipertensão: um grupo de pacientes que ingeriu 0,8 gramas de cálcio/dia teve a pressão arterial reduzida.

O cálcio tem participação ativa nas trocas eletroquímicas entre os neurônios, contribuindo para que o sistema nervoso funcione com equilíbrio e eficiência. Entretanto, é bom frisar que seu excesso tem sido apontado como uma ameaça para o cérebro. Um trabalho da Universidade Duke/EUA, mostrou que idosos que exageram na dose são mais propensos a lesões por trás de doenças como o Parkinson.

Bem, o cérebro é como um músculo: quanto mais usamos, mais inteligente ficamos. E, quem pratica atividade física tem que caprichar nas fontes de cálcio, pois ele é essencial para toda a dinâmica das contrações musculares. O desequilíbrio nos níveis de cálcio e potássio poderá resultar em problemas de desempenho e desconfortáveis cãibras.

Por último, a ciência revela que aquela velha história de que o cálcio pode provocar pedras nos rins não é verdadeira. Ao contrário, ele tem efeito preventivo, quando ajuda a equilibrar os níveis de oxalato, evitando assim a formação de cálculos renais.
Não é fantástico?
Ah! Essa tal de alimentação natural e consciente...
Continua ...


 
 
Conceição Trucom é química, cientista, palestrante e escritora sobre temas
voltados para o bem-estar e qualidade de vida.

Visite seu Site no STUM
Email: mctrucom@docelimao.com.br
 
 

Veja também mais artigos em Autoconhecimento

Não faz a menor ideia do que seja amor?
Recebemos da vida aquilo que lhe damos
Dizer e Fazer
Vergonha da democracia
Extraterrestres do Bem
 
 

Deixe sua opinião sobre este artigo

Gostou?
Imprima este Artigo Envie para um Amigo Outros Artigos desse Autor Adicionar aos Favoritos.
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
 
 

Energias para Hoje
ernegia
I-Ching:
42 – I – AUMENTO
Momento de crescimento, que significa melhora não só no aspecto material mas também no espiritual. Ele acontece quando as ações e, acima de tudo, os sacrifícios são feitos em favor dos outros.


ernegia
Runas: Eihwas
50% já está conquistado, o resto e com você. Aja!


22
Numerologia: Idealismo
Dia para dedicar-se a obras que beneficiem todos ao seu redor. As atitudes devem ser abrangentes enfocando grupos de pessoas. Mantenha os pés firmes no chão e aja de forma a melhorar as coisas para os outros.


Louise Hay fala sobre problemas com Reumatismo
Sensação de ser a vítima. Carência de amor. Amargura crônica. Ressentimento. Clique e veja mais!






 
NOSSO TRABALHO
Quem Somos
Nossa Missão
Cadastro Gratuito
Anuncie no Site
Arquivo
Depoimentos
Colunistas
CATEGORIAS
Almas Gêmeas
Astrologia
Autoajuda

Autoconhecimento

Bem-Estar
Corpo e Mente
Espiritualidade
Oráculos
Psicologia
Vidas Passadas
LOJA E SERVIÇOS
Clube Profissional
Clube Semestral
Holos
Atendimentos Online
Cursos Online
Eventos
Serviços
Escolas Parceiras
SOBRE O CONTEUDO
Artigos publicados
Horóscopo Semanal
Blog Diário
Interativos e Oráculos
 
MUNDO
STUM World
Somos Todos Uno
Siamo Tutti Uno
MAIS
RSS
Tablet
Widgets
Celular 3G
Mapa do Site
Edições anteriores
Músicas
Ajuda
Descadastrar-se
Copyright 2000-2014 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS