Autoconhecimento Almas Gêmeas AutoAjuda Astrologia Bem-Estar Corpo e Mente Espiritualidade Oráculos Psicologia Vidas Passadas

Massagem Thai  

Massagem Thai


:: Sônia Imenes ::

Massagem Thai: A antiga arte de cura da Tailândia Uma prática meditativa
A Thai Massagem é, em essência, uma prática meditativa e se apóia nos preceitos budistas da amorosidade (metta*), alegria (mudita*), equanimidade (upekkha*) e compaixão (karuna*).
Para nós, ocidentais, é difícil compreender a importância da meditação para o processo de cura. Nós costumamos delegar ao médico e ao uso de medicamentos a recuperação da nossa saúde porque deixamos de acreditar no potencial de cura inerente a todo ser vivente, um dom da própria natureza. Porque também nos dissociamos de nossas origens e metas espirituais. Tudo o que sofremos no corpo físico é apenas expressão do que está em desequilíbrio nos planos energéticos e sutis de nossos corpos psíquicos, emocionais e espirituais.
Por isso, no oriente, a medicina sempre esteve ligada às práticas espirituais. Todos os recursos e procedimentos médicos decorrem desta visão espiritual do ser humano e visam a harmonização e integração do corpo, mente e espírito.

Origens
A Thai Massagem (Nuad Borarn**) ainda é pouco conhecida no ocidente além de sofrer o estigma de massagem erótica. Entretanto, em suas origens, ela é sagrada e sempre foi praticada como um dos pilares da medicina tradicional tailandesa, que é composta por quatro ramos distintos: a medicina nutricional, a fitoterapia, a prática da meditação, além da própria massagem. Nuad, na língua Pali, significa massagem e Borarn significa antiga.
A Thai Massagem é uma arte milenar de cura, historicamente praticada nos templos budistas da Tailândia, isto porque a medicina antiga se desenvolveu sob a influência da filosofia budista, para a qual, a saúde física é decorrência da saúde espiritual. Suas origens remontam há mais de dois mil e quinhentos anos, com os ensinamentos de Shivago Komarpaj , monge e médico indiano, contemporâneo de Buda.
Cabe realçar que atualmente a massagem tornou-se um hábito cultural na sociedade tailandesa, um conhecimento passado de geração a geração, de pais para filhos e utilizada como medicina preventiva pela maioria das pessoas.

Características desta arte milenar
Influências do Yoga (alongamentos) e do Tai Chi (ritmo balanceado e lento) proporcionam a criação de uma atmosfera meditativa elevando o potencial da cura ou benefícios da massagem.
O ritmo provoca um relaxamento muito profundo, operando diretamente sobre o sistema nervoso, acalmando a mente e colocando-a em alinhamento com a sabedoria interna que governa a vida. Isto potencializa todos os benefícios proporcionados pela aplicação da técnica em si: os alongamentos são feitos de maneira suave, respeitando os limites que vão sendo gradualmente ampliados em cada manobra. Aliados à estimulação das linhas de energia, contribuem para a desobstrução de bloqueios energéticos, para a liberação do fluxo sanguíneo, para o aprofundamento da respiração, despertando assim o trabalho do curador interno Corpo e mente se harmonizam através de suaves balanços e do toque acolhedor.

O estigma erótico
Por que motivo , aqui no ocidente, a massagem tailandesa foi identificada com a massagem erótica praticada nas casas noturnas? Em primeiro lugar, por que houve realmente a disseminação do uso erótico desta massagem, porém já totalmente distorcida de sua natureza terapêutica e sagrada. Historicamente, vários fatos contribuíram para essa ocorrência. Eu suponho que as guerras no Oriente, especialmente no Vietnã, Laos e Camboja, países vizinhos da Tailânida, contribuíram para a disseminação da prostituição, além de outros eventos e circunstâncias sócio-econômicas da própria Tailândia. Foi nessa circunstância que nós, os ocidentais, tomamos os primeiros contatos com a Massagem tailandesa e sob a influência desta cruel experiência é que ela passou a ser difundida no nosso meio. Cabe salientar que a Thai Massagem terapêutica é feita com roupas folgadas e confortáveis.

O contato corporal
Há uns 20 / 25 anos atrás quase não se ouvia falar de massagem e sua prática era um tabu, assim como também acontecia com outras terapias corporais. As pessoas ainda tinham muita dificuldade de se deixarem tocar. Foi quando se começou a ouvir falar em shiatsu e se introduziu as primeiras noções sobre a medicina oriental. De lá para cá, muita coisa mudou e as pessoas começaram a buscar novos valores, novas referências, novos significados para suas vidas. Fazer terapia, buscar métodos alternativos de cura, foi aos poucos deixando de ser considerado "coisa de Maluco". As primeiras técnicas que se tornaram conhecidas, como o shiatsu, eram as mais adequadas para aquele momento. Na aplicação mais tradicional do shiatsu, o contato corporal ainda é bastante restrito, quase que limirtado às pressões digitais nos pontos específicos dos meridianos. Gradualmente, foram surgindo novas abordagens, como p.ex., o Zen-Shiatsu, onde o contato corporal já é bem maior. Depois, a ayurvédica...
Hoje, a Thai Massagem traz consigo um contato muito maior, e não apenas físico, porque para que este aconteça, tem que haver um grau de confiança recíproca. Em suma, hoje as pessoas estão espiritualmente mais prontas para se relacionarem neste nível. Hoje, as relações humanas estão cada vez mais sobrepujando os valores materiais e as pessoas buscam uma vida subjetivamente mais saudável e mais próxima dos seus semelhantes.

A Thai Massagem no Brasil
Aqui no Brasil já existe alguns bons profissionais trabalhando com a Thai massagem. Em 2005, o I Festival de Massagem Thai, uma realização do Thai Trade Office em parceria com o SESC Pompéia, e colaboração do Núcleo Thai_Brasil, contribuiu para divulgar e reconhecer os profissionais habilitados nesta arte. E neste ano de 2006, já tivemos o lançamento do primeiro livro brasileiro Thai Yoga Massagem de autoria de Carlos Coimbra, excelente mestre e terapeuta thai.

Aplicação
Uma sessão de thai massagem relaxante dura cerca de 60 minutos e a terapêutica, 90 minutos. Deve-se usar roupas leves, folgadas e confortáveis, preferencialmente de algodão ou fibras naturais.
Saiba mais, clicando aqui


 
 
Sônia Imenes é Atriz-dançarina, terapeuta corporal,
praticante de Kempo e atende em São Paulo.
Oferece atendimentos de Massagem Thay.
Visite seu Site
Email: ancienthaimassage@hotmail.com
 
 

Veja também mais artigos em Corpo e Mente

Reflexões Conscienciais - de gente para gente
Dons e a abundância...
Narcisistas Perversos 2
Culpa que aprisiona
 
 

Deixe sua opinião sobre este artigo

Gostou?
Imprima este Artigo Envie para um Amigo Outros Artigos desse Autor Adicionar aos Favoritos.
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
 
 

Energias para Hoje
ernegia
I-Ching:
19 – LIN – APROXIMAÇÃO
É tempo de alegria e esperança. Trabalhe, seja perseverante e deixe que os outros se aproximem, pois agir em conjunto será muito benéfico.


ernegia
Runas: Kenaz
Abertura de caminhos, iluminação e proteção.


21
Numerologia: Otimismo
Cante hoje, mesmo que seja intimamente. Encontre seu melhor sorriso e o mantenha. Ria mesmo das dificuldades será bem fácil superá-las hoje. Dê atenção especial a si mesmo e irradie alegria àqueles que encontra.


Louise Hay fala sobre problemas com Pulmões
Depressão. Sofrimento. Medo de viver. Não se sente digno de viver plenamente a vida. Clique e veja mais!






 
NOSSO TRABALHO
Quem Somos
Nossa Missão
Cadastro Gratuito
Anuncie no Site
Arquivo
Depoimentos
Colunistas
CATEGORIAS
Almas Gêmeas
Astrologia
Autoajuda

Autoconhecimento

Bem-Estar
Corpo e Mente
Espiritualidade
Oráculos
Psicologia
Vidas Passadas
LOJA E SERVIÇOS
Clube Profissional
Clube Semestral
Holos
Atendimentos Online
Cursos Online
Eventos
Serviços
Escolas Parceiras
SOBRE O CONTEUDO
Artigos publicados
Horóscopo Semanal
Blog Diário
Interativos e Oráculos
 
MUNDO
STUM World
Somos Todos Uno
Siamo Tutti Uno
MAIS
RSS
Tablet
Widgets
Celular 3G
Mapa do Site
Edições anteriores
Músicas
Ajuda
Descadastrar-se
Copyright 2000-2014 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS