Esqueci a senha
 

 
ATENDIMENTO A PACIENTES ESQUIZOFRÊNICOS - Método Alternativo
por: Flávio Bastos - flaviolgb@terra.com.br

A Associação Americana de Psiquiatria define a esquizofrenia como "um grave distúrbio emocional de nível psicótico profundo, caracterizado por uma fuga da realidade com produção de delírios, alucinações, desarmonia e conduta regressiva".
Nos últimos anos, atendendo pacientes com este "distúrbio mental" confirmado por diagnóstico médico e com histórico de tratamento químico-psiquiátrico, consigo, hoje, chegar às minhas próprias conclusões terapêuticas.
O objetivo desta apresentação de caso não passa pela crítica aos métodos convencionais de tratamento da esquizofrenia, mas sim pela ânsia científica de encontrar mais um feixe de luz que ilumine o caminho em busca da cura do paciente esquizofrênico.

Paciente: L.O
Idade: 43 anos
Sexo: feminino
1° surto: aos 23 anos, após um acidente de moto e uma crise de depressão.

A paciente chegou pela primeira vez ao meu consultório acompanhada da mãe. Após ouvir L.O. separadamente, ouvi também sua mãe que confirmou o breve relato histórico da filha. Embora L.O tivesse acompanhamento psiquiátrico uma vez por mês e viesse sendo químicamente tratada, apresentava visíveis sinais da enfermidade: confusão mental, alucinações auditivas e visuais, depressão leve, etc.
A partir da segunda consulta começamos o trabalho baseado na análise e na interpretação do que L.O. ouvia, ou seja, começamos a trabalhar críticamente o conteúdo das "vozes" que normalmente ou a ameaçavam ou a ridicularizavam, como por exemplo: "Tu nunca irás te curar!", ou quando ela chegou em casa depois de uma consulta: "O Dr. estava rindo do que tu disseste. Tu não percebeste?" Entre outras.
E assim seguiu o tratamento; com o estabelecimento de vínculos de confiança, a paciente começou a elaborar críticamente o conteúdo dessas vozes e os respectivos significados no cotidiano de sua vida. E começou a reagir. Paralelamente a isto, ela fora encaminhada a um centro espírita, onde, constatada a obsessão espiritual, fazia duas vezes por semana um tratamento de fluidoterapia e desobsessão (a outra opção nesta situação, seria o encaminhamento para o Reiki).

Como terceira frente de tratamento, importante e imprescindível sob o ponto de vista energético-sutil, o tratamento floral que trabalha à nível de sentimentos, pensamentos fixos e emoções recalcadas da pessoa. Então, através destas quatro frentes - psicoterapia desta vida, psicoterapia interdimensional (fazendo as conexões necessárias); a terapêutica espírita (ou a reikiana) e o tratamento floral - passados dois meses e meio de encontros semanais, L.O. apresentava visíveis sinais de evolução em comparação ao seu quadro clínico original: melhora da auto-estima, da aparência e da auto-confiança, pois começou a vir sozinha às consultas, dispensando o acompanhamento da mãe.

Passados tres meses de acompanhamento psicoterápico, L.O. já falava em voltar a trabalhar (já estava tratando disso) e iniciara, por iniciativa própria, um programa de caminhadas semanais. O nível de contato social melhorara considerávelmente. Começava a se sentir como a muito tempo não se sentia.

Finalizando, o tratamento de L.O. assim como dos demais seres humanos portadores de "esquizofrenia" com quem tive o prazer de trabalhar no atendimento consultorial, foi alicerçado na firme aposta de um planejamento que propiciasse melhoria considerável no padrão vibratório e no nível de qualidade de vida destas pessoas. E esta meta foi perseguida com muita aposta nos resultados finais.

Flávio Bastos - Psicanalista Clínico e Interdimensional, Eteriatra Quântico e Terapeuta Floral.

Valor: Consulte
Flavio Bastos é criador intuitivo da Psicoterapia Interdimensional (PI) e psicanalista clínico. Outros cursos: Terapia Regressiva Evolutiva, Psicoterapia Reencarnacionista, Terapia Floral, Psicoterapia Holística, Parapsicologia, Capacitação em Dependência Química, Hipnose e Auto-hipnose e Dimensão Espiritual na Psicologia e Psicoterapia.
E-mail: flaviolgb@terra.com.br
Visite o Site do autor

OBS: Contatos: www.flaviobastos.com Fone (51)3263-2860 / (51)3246-3651 / cel.(51)8409-5453 Porto Alegre/RS

Visitas: 7806
Envie esta página para um amigo
© Copyright 2000-2014 SOMOS TODOS UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
PRINCIPAL ARTIGOS
LOGAR PRODUTOS
ASSINAR SERVIÇOS
PARTICIPANTES EVENTOS