A Semente - Pedhro Jera Isa
Autor: Milton Roza Júnior - semendereço@ig.com.br

Milton Roza Júnior,  15 de SETEMBRO de 2012  

Prezado(a) leitor.  

Deixo uma breve apreciação do romance intitulado: A SEMENTE - PEDHRO JERA ISA.

Há milênios, o povo germânico acreditava no Poder de seus Deuses (Odin, Frigg, Thor, Baldur, Lóki etc), como os gregos e outras civilizações antiquíssimas. Essas Divindades, apesar de terem várias características humanas, eram cultuadas e adoradas pelo imaginário dos povos escandinavos e germânicos. Não há de faltar documentos em relação a isto, porém, este romance nos inicia no plantio de uma semente que virará, no futuro, uma árvore, respeitando a agricultura que era a atividade crucial para estes povos, como hoje onde o plantio é crucial para a Amazônia.      

0 romance A SEMENTE deixa, no inconsciente de quem lê, que não é apenas uma semente que se transforma num ser vivente próspero de vitalidade, é uma metáfora da transformação espiritual, mental e física do ser humano, ou de uma família, ou de toda uma civilização. As runas se transformam em personas.Na leitura do livro são construídos os caminhos da transformação interior rumo à felicidade pelo mistério (RUN na língua anglo-saxônica da época) que é inserido nas mentes de suas personagens, tornando arquétipos das runas e de seus Deuses, em seres comuns morando no Brasil: Terra escolhida pelos Seres Supremos para ser guia espiritual do Mundo das religiões e crenças.Odin, o protagonista, e Lóki, o antagonista, guerreiam entre si pela obtenção do poder das místicas pedras rúnicas. Odin, depois de uma grande perda de seu filho e também após um grande achado mágico, reencontra-se com sua família: formada pela trindade divina PEDHRO, JERA E ISA (pai, mãe e filha). Consegue ajudá-los através de seus arquétipos muito cobiçados. Ele, transformando-se de Deus em um homem, salva sua prole e ajuda a quem lê, a encontrar sua própria SEMENTE objetivando a transmutação de pensamentos vis em altruísticos.

O livro não é de auto-ajuda, e sim, um olhar nunca proposto com este formato para cada pessoa meditar e encontrar o que é intimamente procurado: a prudência, o controle, a predestinação e a vivência da batalha entre o Bem e o Mal que existe em cada um de nós. Após a sua leitura e depois de uma meditação, o leitor sairá do MIDGARD (terra dos homens) para passear por ASGARD( terra dos Deuses). Eu, Milton, digo meditação por que o paraíso está dentro de nós. NAMASTÊ.

Atenciosamente,  

Milton Roza Júnior 



OBS:   Este romance originou-se de uma semente dentre várias escolhidas uma por uma. De todas saiu uma vencedora. Venceu a guerra da sobrevivência nas pedras, tão importantes para o nosso auto-desenvolvimento, pedras estas que estão contidas no nosso árduo caminho vital. Esta sobrevivente é uma dádiva divina, que com todo o carinho apresento em forma de livro. Queria ainda lhes relatar que os personagens escolhidos ou têm nomes de deuses nórdicos ou são nome de símbolos rúnicos (alfabeto divinatório e protetor vicking) fazendo uma união de personalidades não difíceis de encontrar em qualquer canto da terra, mas de bastante carga filosófica, pois apresenta conceitos essenciais para melhora do nosso íntimo. São definições dadas para qualquer ser humano, é um ato de viajar sem sair do lugar.


 



O Autor deste produto indica
http://www.wook.pt/ficha/o-milagre-de-nivea/a/id/16199867




Valor: Consulte


O autor Milton Roza Júnior, lançou seu livro "A Semente" na bienal do Rio de Janeiro (estande M33/pavilhão VERDE). Uma conquista feita por trabalho, empenho e talento. O escritor só tem a agradecer e nada a pedir. NAMASTÊ.
E-mail: semendereço@ig.com.br
Visite o Site do autor
Visitas: 2044
Envie esta página para um amigo


Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.