site stats
Categorias: Almas Gêmeas Astrologia Corpo e Mente Espiritualidade Oráculos Psicologia Vidas Passadas

Imprimir

Disciplina


por Paulo Salvio Antolini

Os consultórios de psicologia possuem hoje um número considerável de clientes cujos problemas, emocionais e psicológicos, tiveram início apenas na falta de disciplina em algum momento de suas vidas.

Muitas são as razões que estão levando as famílias cada vez mais a se distanciarem da dedicação atenta à educação e orientação de seus filhos, atribuindo então a missão de educar às escolas, que na verdade e originalmente têm a função de ensinar. Falta de tempo, excesso de trabalho, preocupações com a sobrevivência da própria família, enfim, motivos não faltam, porém nenhum deles justifica esse distanciamento, pois ninguém substitui os pais com a competência que esse vínculo estabelece. Aí ouvimos dos pais a famosa frase: "minha mãe (ou sogra) estraga a educação de meus filhos". Vamos pesquisar e descobrimos que as crianças ficam o dia todo, todos os dias, com ela. Conversamos com referida avó e obtemos a afirmação de que não pode agir com muita severidade porque, coitadinhos, já estão privados da companhia dos pais, como fica se não puderem fazer nada? E assim por diante. São poucas as que dizem: "Se ficarem comigo, receberão o tratamento que eu dava aos meus filhos", assumindo até o risco de ser mal vista pelo filho, filha, nora, genro, mas estabelecendo realmente limites e normas a serem cumpridas, condição básica para que as crianças aprendam a ter referências para o que querem e o que fazem.

Conversando com um ex-policial rodoviário e atual bombeiro, ele fez um comentário sobre o que se comete de infrações no trânsito, seja nas cidades ou nas estradas e o desrespeito do infrator quanto à figura da autoridade, e ligou esse fato imediatamente à situação de desrespeito que as crianças, ainda pequenas, têm com seus professores. Completou: "...e no caso de escolas particulares ainda é pior, pois os educadores têm receio de perder o aluno se forem mais enérgicos". A falta de transmissão de disciplina impede a pessoa de estabelecer o que pode e o que não pode fazer, o que deve e o que não deve fazer, de exercitar o como se faz para se alterar algo estabelecido, sem ferir ou desrespeitar pessoas e sem infringir regras ainda em vigor.

Essa dificuldade está aumentando cada vez mais a confusão que se faz com o ser enérgico, algo positivo e necessário, com o ser agressivo, manifestação explosiva de quem não agiu quando devia e agora quer, num só ato, resolver tudo.

A falta dessa característica faz total diferença na vida das pessoas quando elas atingem a fase adulta. Sem disciplina, não se exerce a força de vontade, não se cultiva a determinação, condições fundamentais para o crescimento e conquista de objetivos que se estabelecem. Um exemplo muito comum: A pessoa quer emagrecer dez quilos, vive tentando e dizendo, "eu não consigo, quando vejo já comi". Isso é falta de disciplina, ou seja, não cumpriu aquilo que ela mesma se determinou. Alguns poderão alegar que as forças interiores foram mais forte e então, se aceitarmos esse argumento, estaremos concordando que o Homem não possui o domínio de si mesmo, que está a mercê de "forças outras". Além de falar do cumprimento de normas e seguimento de parâmetros estabelecidos, o dicionário trás também essa definição: "Sujeição das atividades instintivas às refletidas". Significa nossa capacidade de dominarmos nossos instintos e agirmos pela nossa consciência.

Pode não ser agradável admitirmos isso, mas se dizemos "eu não consigo isso", estamos afirmando "eu não tenho a disciplina necessária". Sem ela, como já disse, a força de vontade, a determinação, não encontram base para se manifestar. "Querer é Poder". Isso é fato. Observem que quando conquistamos o que queremos, tivemos como ingrediente principal de nossa conduta a disciplina, a força de vontade, a determinação. Pessoas que não conseguem concluir o que iniciam, exercitem a disciplina.

Muitas pessoas não teriam problemas emocionais ou psicológicos se tivessem tido disciplina em sua formação. Esses problemas surgiram quando começaram a "ir para a vida" e nela as coisas não aconteceram como antes lhes eram permitidas. É necessário reavaliarmos nossos valores.


Gostou deste Artigo?
Sim Não    
Imprima este Artigo Envie para um Amigo Outros Artigos desse Autor Adicionar aos Favoritos

por Paulo Salvio Antolini   
Lido 577 vezes, 8 votos positivos e 1 votos negativos.   
Visite o Site do autor.   
© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.



+ Lidos na Semana anterior
1. Aprender a esperar
2. O ingresso do Sol em Touro - A Grande Cruz
3. Como aceitar as mudanças impostas pelo destino?
4. Vende-se grande amor. Peça já o seu!
5. Chico Xavier e a França
6. Ame e viva como se fosse um detetive!
7. Uma prece de agradecimento às consciências elevadas
8. Os sinais da existência

Atendimentos On-Line
Consulta de Tarô via Skype
Consulta de Tarô via Skype
Consulta de I-Ching via e-mail
Consulta de I-Ching via e-mail
  Veja Mais





 
NOSSO TRABALHO
Quem Somos
Nossa Missão
Cadastro Gratuito
Anuncie no Site
Arquivo
Depoimentos
Colunistas
CATEGORIAS
Almas Gêmeas
Astrologia
Corpo e Mente
Espiritualidade
Oráculos
Psicologia
Vidas Passadas
LOJA E SERVIÇOS
Clube Profissional
Clube Semestral
Holos
Atendimentos Online
Cursos Online
Eventos
Serviços
Escolas Parceiras
SOBRE O CONTEUDO
Artigos publicados
Horóscopo Semanal
Blog Diário
Interativos e Oráculos
 
MUNDO
STUM World
Somos Todos Uno
Siamo Tutti Uno
MAIS
RSS
Tablet
Widgets
Celular 3G
Mapa do Site
Edições anteriores
Músicas
Ajuda
Descadastrar-se
Copyright 2000-2014 SOMOS TODOS UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS