Somos Todos UM - HOME
O seu Portal de Autoconhecimento e Espiritualidade



Você já criou asas?  
Home > Autoconhecimento
Você já criou asas?

por Flávio Bastos


"Dê a quem você ama asas para voar, raízes para voltar e motivos para ficar". (Dalai Lama)

Tenho observado nesses anos de atendimento psicoterapêutico, que aborda a interdimensionalidade da natureza humana, o processo individual que segue um curso próprio, ou seja, cada pessoa traz consigo tendências e particularidades que se acomodam em um modelo emocional-comportamental pouco suscetível a alterações, mesmo com o passar dos séculos.

Uma das tendências que tem chamado a minha atenção, é a que denomino "Síndrome de dependência e de aceitação". Em geral, são pessoas adultas que emocionalmente não amadureceram e mantém-se vinculadas a mecanismos criados inconscientemente por elas próprias, no sentido de se mostrarem permanentemente receptivas, amigas, amorosas para atrair a atenção e a aceitação do outro. No entanto, na intimidade de suas vidas, mostram um lado que tentam esconder porque o "estar só consigo mesma" gera ansiedade, angústia e medo do desligamento das invisíveis amarras que as mantém a um estado de coisas existencial. Durante a infância, muitas dessas pessoas passam por experiências nas quais os medos que trouxeram de vidas anteriores, são potencializados nas relações que tiveram com seus pais biológicos ou substitutos, onde o controle sistemático via educação, foi determinante para que o indivíduo intensificasse o medo de independência e de autodeterminação que o acompanha de sua bagagem pretérita.

Nestes casos, as regressões de memória têm mostrado a sintonia existente entre a infância atual e uma vida passada na qual o padrão emocional manteve-se praticamente sem interferir ou alterar o comportamental da pessoa, tornando-a na vida presente a consequência de sua própria história.

O "cativeiro da alma" esconde a verdade do ser humano que encontra-se dissimulada pelas sombras da inconsciência. À medida que essa névoa interior é dissipada pela luz do autoconhecimento, a verdade sobe à tona da consciência, revelando a essência daquilo que prende e trava a sua expansão.

A brasileira Nair Barbosa, através de seu livro infantil ilustrado "Voa Pensamento", nos convida a passar por dentro do sol, escorregar no arco-íris, atravessar o oceano com uma roupa de prata ou conhecer todos os astros montando num cavalo de aço. E registra que conseguir tudo isso é fácil: basta soltar a imaginação e deixar o pensamento voar.

Outra conhecida fábula, escrita por Richard Bach nos remete ao crescimento espiritual. "Fernão Capelo Gaivota" nos conta a história de uma pequena gaivota que aprendera sozinha a voar diferentemente das outras. À medida que Fernão aperfeiçoa a sua técnica de voar, começa a ensinar as gaivotas novas. Ele queria poder ensinar que o paraíso é perfeito e que está ao alcance de todos. Basta querer que todos podem ir a qualquer lugar a qualquer momento.

As fábulas levam crianças a viajarem pelo mundo da fantasia voando nas asas da imaginação. No entanto, servem como referência a todas as idades se visualizarmos a questão que estamos abordando sob o prisma da natureza espiritual do homem.

Nesse sentido, percebemos que somos interdependentes enquanto necessidade de sobrevivência, afeto e perpetuação da espécie. Entretanto, não somos "dependentes" porque dependência nos leva a uma condição de submissão ao outro ou a uma ilusão criada por nós próprios nas relações interpessoais.

Informa-nos o dito popular: "Não podemos agradar a grego e troianos", isto é, sermos extrovertidos, simpáticos, sociáveis e amorosos o tempo todo, pois a solidão, o silêncio, a introspecção são momentos indispensáveis para o nosso encontro ou reencontro interior.

Na jornada vital, nascemos solitários ou no máximo acompanhados por um ou mais espíritos-irmãos. Crescemos sob os cuidados de alguém, o que nos torna dependentes de um estado de coisas. No entanto, chega um momento no qual essa dependência atinge o seu limite: o momento de criarmos asas e voar para a vida como fez Fernão Capelo Gaivota. E esse ousado movimento de "voar para a vida" exige o enfrentamento de desafios inerentes ao indivíduo-espírito, que carrega consigo a expectativa de mudar o curso de sua própria história.

Portanto, independentemente da idade adulta que você se encontra, sempre é tempo de criar asas e voar para a vida. É a sina do ser humano, é o ciclo vital que nos direciona para as experiências próprias, intransferíveis e únicas em convívio com as demais criaturas. Ninguém é definitivamente de ninguém ou de um estado de coisas que se mantém continuamente. A liberdade de pensar e agir por conta própria em voos mais altos ou mais baixos da condição humana, pertence, isso sim, à consciência e, principalmente, às escolhas definidas por cada individualidade.

Texto revisado



Compartilhe

Autor: Flávio Bastos   
Flavio Bastos é criador intuitivo da Psicoterapia Interdimensional (PI) e psicanalista clínico. Outros cursos: Terapia Regressiva Evolutiva, Psicoterapia Reencarnacionista, Terapia Floral, Psicoterapia Holística, Parapsicologia, Capacitação em Dependência Química, Hipnose e Auto-hipnose e Dimensão Espiritual na Psicologia e Psicoterapia. 
E-mail: flavio01bastos@gmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.


Publicado em 20/08/2016

Deixe sua opinião sobre este artigo

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


 
Energias para Hoje

energia
I-Ching: 34 – TA CHUANG – O PODER DO GRANDE
O momento é favorável para tomar atitudes, mas você deve saber usar corretamente o poder de que dispõe. A verdadeira força é a que nunca se afasta do caminho da justiça.


energia
Runas: Perdhro
Ganhos inesperados, revelações agradáveis.


23
Numerologia: Expansão
Bom dia para vendas, propaganda e promoção em qualquer área. Você pode fazer sua própria sorte hoje, permita-se a ousadia e busque vantagens para sua vida. Canalize sabiamente essa energia e atue de modo decisivo.
 
 
Horóscopo da Semana
Áries Áries Libra Libra
Touro Touro Escorpião Escorpião
Gêmeos Gêmeos Sagitário Sagitário
Câncer Câncer Capricórnio Capricórnio
Leão Leão Aquário Aquário
Virgem Virgem Peixes Peixes
 

+ Lidos da Semana anterior
1. Como fazer um homem ficar obcecado por você...
2. O que esperar de 2018?
3. Que tipo de amor você merece x qual atrai?
4. A Oração do Perdão
5. Por que há espíritos negativos
6. Como saber quando alguém não está tão a fim de você!
7. Limão para tratar o Sistema Digestivo
8. 3 sinais de que ele não está a fim de você de verdade!


 
Voltar ao Topo
Siga-nos
Facebook Twitter Instagram Gogole Plus Youtube
Somos Todos Um é um parceiro do iG Delas
© Copyright 2000 - 2017 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Política de Privacidade