Somos Todos UM - HOME
O seu Portal de Autoconhecimento e Espiritualidade



O que você faria por amor?  
Home > Autoconhecimento
O que você faria por amor?

por Sandra Cecília F.de Oliveira


O amor entre duas pessoas está muito além da "nossa compreensão". (de uma música de Djavan)

Assisti a um filme onde duas pessoas se apaixonam e traem por amor. A protagonista do filme mata o ex-marido para libertar o amante da prisão. O filme se chama: "Partir".

Matar, morrer, trair, fugir, tudo pode acontecer quando algumas pessoas amam. E será que elas amam mesmo? O amor na Terra está longe de corresponder à descrição do verdadeiro amor espiritual. No entanto, do jeito delas, elas amam. Querem ter a pessoa pertinho; beijar e fazer parte da vida da pessoa amada. É um frenesi onde o corpo e a alma vibram pela pessoa amada.

A renúncia faz parte do amor verdadeiro. Algumas pessoas renunciam a viver um amor proibido para não trazer infelicidade a pessoas queridas. A felicidade de outrem depende exclusivamente de nós? No entanto, é difícil, conviver com a culpa e com os rastros de uma família destruída. Difícil também conviver com alguém vivendo na mentira e na conveniência da mesmice.

O amor e a paixão podem vir juntos e durar muito, mas muito tempo... ou apenas uma noite. Ou semanas...

Quando viajei para a casa da minha irmã em Natal, andei de bug nas areias de praias lindíssimas. E o dono do bug perguntou: "Com emoção? Ou sem emoção?" Ele se referia à velocidade do bug, o vento no rosto ou, então, mais devagar.

A paixão é o amor "com emoção!" Ressuscita corações aprisionados pelo medo e por uma vida estéril e sem graça. O amor é a paixão com menos intensidade. A intensidade mexe com a adrenalina. Alguns amores começam assim. Os apaixonados vêem pássaros verdes e sentem borboletas no estômago. Nessa fase, o casal fica cheio de coragem para lutar pelos obstáculos. Sentem-se poderosos. Fortes. Unidos pelo destino. Muitos abandonam a família, carreira, tudo para viver esse amor. Acho interessante, porque se apegar ao que não existe mais é medo e apego. Passar por cima dos valores morais pode ser perigoso. Quando a adrenalina acaba o que resta é culpa e desamparo.

Já atendi vários casos em que os apaixonados removeram obstáculos para permanecerem juntos. Alguns permanecem juntos e felizes até hoje. Outros não. A paixão acabou; o remorso veio com força.

Matar a pessoa amada por amor é o cúmulo de uma paixão desenfreada! Isso não é amor, mas obsessão. Doença perigosa que pode atrair espíritos maus desencarnados que incentivam o desfecho trágico como um assassinato, por exemplo. Ciúme doentio não é amor. Desculpa de proteção para uma personalidade insegura e, às vezes, delinqüente. Orgulho e amor não andam juntos. O orgulhoso ama de modo doentio. O narcisista só vê a própria felicidade. O psicopata não ama, mas sabe dissimular. Essas almas acorrentadas por emoções brutalizadas precisarão de várias encarnações para resgatar seus erros.

Amar a pessoa só enquanto ela está com a gente parece muito cômodo, mas essa é a incoerência do amor terreno. Se houver traição ou separação, o amor se transforma em ódio. Prender a pessoa amada através dos laços do egoísmo é perdê-la para sempre. Libertar e deixar ir é a linguagem do amor verdadeiro.

Amar vale a pena quando você se torna melhor do que era antes de viver a paixão. Quando se torna mais doce e bondoso. Quando olha para o céu e se sente grato. Quando sente dentro de si a centelha divina. Esse amor traz felicidade, encanto, tesão e momentos lindos.

Amar sempre valerá a pena! Pense bem no que você faria por amor! Lutar contra obstáculos e continuar juntos é uma vitória! Permanecer juntinho mesmo com uma crise pode ser a promessa de um futuro feliz!

Pense bem no que você faria por amor e no que você não faria. Em primeiro lugar, pense em você! O amor a dois tem regras especiais. Precisa de confiança, troca de afeto e respeito. Amar somente não basta porque, às vezes, é sua vida que está em jogo. O amor não pede sofrimento doentio, mas libertação! Liberte-se de quem lhe acorrenta!

O verdadeiro amor pede decisão e responsabilidade! Viver na caverna do computador por receio de amar é covardia! Saiba a diferença entre a prudência e o medo! A coragem para viver um amor responsável é a pérola das almas sábias! O amor não vive de promessas, mas de atitude!

Texto revisado




Compartilhe

Autor: Sandra Cecília F.de Oliveira   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   
Publicado em 5/24/2013

Deixe sua opinião sobre este artigo

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


 
Energias para Hoje

energia
I-Ching: 03 – CHUN – DIFICULDADE INICIAL
O início de todas as coisas é freqüentemente trabalhoso e difícil. Mas basta manter-se paciente e perseverar.


energia
Runas: Sowilo
Seja transparente. Dia excelente , força vital e sucesso.


19
Numerologia: Originalidade
Mudanças ha muito consideradas podem ser bem feitas hoje. Seja diferente e original. Este é o dia para o exercício da individualidade.
Experimente o novo e o ainda não tentado. Mantenha-se independente e decisivo e, sobretudo, tenha coragem de agir de acordo com os seus sonhos.
 
 
Horóscopo da Semana
Áries Áries Libra Libra
Touro Touro Escorpião Escorpião
Gêmeos Gêmeos Sagitário Sagitário
Câncer Câncer Capricórnio Capricórnio
Leão Leão Aquário Aquário
Virgem Virgem Peixes Peixes
 

+ Lidos da Semana anterior
1. Aniversário do Brasil 2017: o que vem por aí?
2. Como fazer um homem ficar obcecado por você...
3. Como saber quando alguém não está tão a fim de você!
4. Guia dos Cristais e seus Poderes Curativos
5. Você está confuso? Não sabe que caminho seguir? Siga o fio de Ariadne!
6. As Profecias de Chico Xavier
7. Limão para tratar o Sistema Digestivo
8. Até quando vale a pena lutar por um amor?


 
© Copyright 2000 - 2017 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Política de Privacidade