Somos Todos UM - HOME
O seu Portal de Autoconhecimento e Espiritualidade



EXU: Poder e Perigo nos Opostos  
Home > Autoconhecimento
EXU: Poder e Perigo nos Opostos

por Rakel Possi


Segunda-feira é dia dedicado a Exu na mitologia africana-brasileira de candomblé e umbanda. Muitos têm medo de falar deste Orixá abertamente devido a tantas más informações que recebemos dele. Seu nome representa “esfera” e é o símbolo da esfera terrestre ou terrena onde desenvolve sua missão.
Exu representa o aspecto da vida mais ligado à matéria e a justaposição de elementos opostos. Por um lado representa os elementos trazidos pelas tradições africanas e pelo outro a noção cristã de demônio. Aparentemente seu trabalho é contraditório: ele quer apenas realizar o que pode no nível material, mais denso, onde serve de mensageiro aos espíritos mais elevados que não conseguem descer a este plano.
O cristianismo o pinta como a personificação do demônio no sincretismo e para afastar os escravos deste poder que poderia defendê-los dos ataques dos senhores e amos. Por isso que as figuras conhecidas e (mal difundidas) são com expressão “demoníaca”: chifres de bode; olhos grandes e para fora; pés de animal. Porém, Exu é um orixá, como os outros, que não tem forma humana, mas arquétipos, e que são forças da natureza: neste caso Ele é a força que corre a Terra para solucionar problemas.
Em alguns centros umbandistas ainda hoje apresentam Exu como alguém a quem se teme permanecendo numa mistura desequilibrada entre cristianismo e candomblé e disto nada de bom surge devido a não haver definições. A verdadeira Umbanda respeita Exu como o Primeiro dos Orixás aquele que protege, abre caminhos e afasta energias ruins. A identificação de Exu com o mal se faz dentro da prática da magia por pessoas que não se identificam com a Luz. Sendo Exu um espírito primário depende do seu médium para o trabalho; então quando se diz que Exu é ruim e faz trabalhos para o mal deveríamos dizer que “o médium que abre caminho para Exu se manifestar é ruim e o agrada para que faça o mal”. Discernimento não faz parte de Exu que geralmente quer ver satisfeitos seus desejos terrenos.
Porém, quando um médium trabalha com a energia de Exu para o bem é capaz de realizar grandiosos trabalhos salvando pessoas de magias do mal que poderiam chegar até mata-las. Exu sempre trabalha ao lado de um orixá ajudando-o com os serviços mais pesados, energeticamente falando. Por isso, costuma se falar em Exu que vem na corrente de Ogum, ou Xangô, ou Oxum e outros. EXU recebeu as encruzilhadas de Oxalá Quando foram divididas as terras os Orixás mais expertos escolhiam as melhores para plantar e enriquecer. Como Exu estava sempre correndo levando mensagens, sempre chegava atrasado para a divisão. Então, Ele disse a Oxalá que lhe desse as encruzilhadas já que ninguém as queria, assim pelo menos ele teria um lugar somente seu.
Exu não é naturalmente ambicioso, mas quando decide sê-lo (através do seu médium ou de quem o invoca) ele vai enfrentar e desafiar Oxalá (Deus) e assim recebe vários castigos que se manifestam em sua forma física como deformidades nas mãos (dedos em forma de garras etc..)
Exu tenta pôr ordem no meio da desordem e do caos, mas por falta de entendimento (doutrinação) o faz de qualquer forma punindo a quem ele acha que deve punir ou agradando a quem lhe oferece um presente mais valioso. Sozinho Ele não tem critérios, mas quando conduzido por um médium de Luz é capaz de obras importantes para a Terra. Exu é capaz de fazer o mal para fazer o bem. Às vezes, para resolver a vida de quem o procura tem que prejudicar a de outro.
Mas, se recebe queixas de pessoas más Ele vai puni-los também. O perigo é quando o médium trabalha somente com o mal sem se interessar em analisar e ponderar cada caso quando procurado e incorporado em Exu. Assim, não é de Exu que se deve ter medo, mas de quem o chama e o usa. A magia representa, para os espíritos menos elevados, o desejo de dominar tudo; mas isto não passa de uma ilusão. Usar um espírito com fins egoístas ou perversos sempre tem seu retorno. Como Exu, a Terra representa uma esfera; confiar em que este orixá sempre ficará “amarrado” no plano inferior é arriscado. Em algum momento, Ele encontra um médium de Luz que o orienta e encaminha e, então, Ele se liberta de quem o amarrou e, como resultado, a pessoa que não sabia viver sem ele (para conseguir materializar seus desejos) se encontra sozinha. A Lei do Retorno é infalível e a magia não serve a dois senhores. Há somente um caminho: a Luz. Invoque o poder deste Orixá Poderoso somente quando estiver com o coração em paz. Ele poderá lhe ajudar muito! E agradeça!

Publicado em 3/6/2017

Compartilhe

Autor: Rakel Possi   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   

Deixe sua opinião sobre este artigo

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


 
Energias para Hoje

energia
I-Ching: 61 – CHUNG FU – VERDADE INTERIOR
Compreender e fazer-se compreender é o caminho a ser seguido. A honestidade e a integridade são a base das relações duradouras.


energia
Runas: Talismã do Amor
Faça uma surpresa agradável para quem você ama.


30
Numerologia: Comunicação
A energia favorece a expressão sob todas as formas. Apresente seus novos projetos e dê vazão a seus talentos. Não disperse interesses.
 
 
Horóscopo da Semana
Áries Áries Libra Libra
Touro Touro Escorpião Escorpião
Gêmeos Gêmeos Sagitário Sagitário
Câncer Câncer Capricórnio Capricórnio
Leão Leão Aquário Aquário
Virgem Virgem Peixes Peixes
 

+ Lidos da Semana anterior
1. Aproveitando as energias do Ano Novo solar
2. Os ciclos de Saturno em nossa vida
3. Você não aguenta mais estar solteira?
4. A polêmica sobre o regente do ano de 2017!
5. A doença emocional
6. Limão para tratar o Sistema Digestivo
7. 4 Fatores pouco conhecidos que podem afetar desastrosamente a sua autoestima
8. Como fazer um homem ficar obcecado por você...

Faça parte do PDA

 
Voltar ao Topo
Siga-nos
Facebook Twitter Instagram Gogole Plus Youtube
Somos Todos Um é um parceiro do iG Delas
© Copyright 2000 - 2017 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Política de Privacidade