Somos Todos UM - HOME
O seu Portal de Autoconhecimento e Espiritualidade



 
Home > Autoconhecimento
Dependendo do olhar, tudo é amor!

por Flávio Bastos


Estamos, por uma questão cultural - a do sofrimento - condicionados a sentir ou a perceber na experiência humana, mais dor do que amor. No entanto, o predomínio do sofrimento não seria uma decorrência do desconhecimento em relação ao significado profundo do amor?

Meu amigo é um bipolar de nível três, considerado pela psiquiatria como o grau mais alto da bipolaridade que é um transtorno de humor que oscila entre a fase depressiva e a fase eufórica. Ele ingere, diariamente, um coquetel de comprimidos para manter-se razoavelmente equilibrado e não surtar.

Na sua primeira crise, que exigiu internação e início de tratamento químico, ele tinha 41 anos. Passados 14 anos, a sua vida transformou-se significativamente. Não no sentido da perda como estamos, convencionalmente, acostumados a avaliar. Mas no sentido das aprendizagens adquiridas pela própria experiência, pois o diagnóstico de bipolaridade não é um atestado de sofrimento ou de incapacitação.

A sua vida mudou... é evidente! Aposentou-se prematuramente, "perdeu" muitos amigos que se afastaram e ainda teve que adaptar-se a uma nova fase em que foi forçado a administrá-la da melhor maneira possível.

No entanto, apesar do "infortúnio", das vicissitudes e do inevitável envolvimento familiar de esposa e filhos em seu drama pessoal, avalia que hoje a sua família encontra-se mais unida do que antes, porque souberam crescer com a própria experiência e aprenderam que, com o exercício do amor incondicional, podem superar obstáculos antes considerados intransponíveis.

Infortúnio, desgraça, azar... destino? Não, absolutamente, porque a vida é uma consequência de outras vidas associada às experiências atuais de peso, como os efeitos da educação transmitida na infância pelos responsáveis diretos e a liberdade de escolha proporcionada pelo livre arbítrio.

Conformismo com o sofrimento, acomodação? Não, e sim... resignação é o que tenho observado, pois o conceito de sofrimento é muito relativo se considerarmos a afirmação anterior de que a vida não é uma sequência de acontecimentos imprevisíveis e, portanto, alienados pelo fato de não sermos sujeitos da nossa própria história.

Meu amigo possui o seu sistema próprio de valores e de crenças. De nada adiantaria "forçar" uma regressão para tentar encontrar a sintonia de seu problema atual, até porque ele encontra-se em franco crescimento espiritual com a experiência bipolar. E esta sintonia na energia do amor é infinitamente superior a qualquer intervenção no sentido terapêutico.

Sou o seu terapeuta informal em que ele transfere (transferência positiva...) a confiança que não encontrou no pai ausente ou em outra figura masculina referencial de sua infância. Contudo, procuro separar as funções, ou seja, até onde vai a sólida amizade de três décadas e até onde vai a função de terapeuta informal.

O transtorno de humor bipolar, segundo o livro "Porque adoecemos - Princípio para a Medicina da Alma", é uma desarmonia comprometedora do corpo mental inferior e que depende da gravidade do desrespeito aos soberanos códigos das leis divinas. O corpo mental inferior, conforme esse livro, "se expressaria através do pensamento concreto, onde a imaginação é muito pouco solicitada. O valor das coisas dá-se pelo seu conteúdo puramente material. Uma flor é uma flor e nada mais".

E continua: "A mente é o espírito trabalhando no corpo mental inferior. É dito assim, porque o homem comum, que compõe a grande maioria da humanidade, usa muito pouco os atributos do corpo mental superior. O seu interesse, quase sempre, não vai além de sua própria pessoa, estando, especialmente, ligado aos desejos do sexo e da alimentação. Alimentar-se, para ficar forte e não adoecer; ganhar dinheiro, para possuir as coisas que lhe dão prazer; e ser bonito, para conquistar. Tudo ligado ao imediatismo da existência. Pensamento pobre e muito concreto. As abstrações da existência não são ainda percebidas. É o caso do plantador de tomates e do de flores. O primeiro planta para manter a existência, o que lhe é necessário. Mas o segundo é quem embeleza a vida, busca o essencial".

E conclui: "O corpo mental inferior tem várias propriedades extremamente importantes para o desenvolvimento do potencial divino do espírito. Há a necessidade do aprendizado vindo de fora, através dos sentidos. Esses conhecimentos formam a ante-sala do real conhecimento para expressar-se. Há que se formar um campo, um repertório, um ambiente, no qual a essência divina possa fazer-se presente, apossando-se do patrimônio herdado do Divino construtor".

A patologia mental sob o ponto de vista espiritual pode ser chamada de prova ou testagem. Podemos procurar ajuda através de recursos disponíveis como o tratamento químico, a psicoterapia e a regressão, ou mesmo a opção religiosa. No entanto, acima de quaisquer conceito ou auxílio que venha a somar em benefício do paciente, a experiência sempre será única e exclusivamente pessoal. É através dela que chegaremos a um nível de crescimento através do amor vivenciado pelas lições conscientemente assimiladas, ou permaneceremos, indefinidamente, na situação de vítima e na sintonia do sofrimento que não leva a nenhum tipo de crescimento, seja de nível pessoal ou espiritual.

No final de uma experiência traumatizante sob o ponto de vista psicológico, dependendo do "olhar", poderemos encará-la como sofrida e nos conformarmos. Mas poderemos também, resignados, avaliá-la como resultante de um processo de aprendizagens necessárias baseado na oportunidade oferecida pelo amor incondicional que está na essência da criação divina.

Tudo é uma questão de olharmos (ou não...) para dentro de nós mesmos!

Psicanalista Clínico de Orientação Reencarnacionista.
www.flaviobastos.com

Texto revisado por Cris

Publicado em 10/02/2007



Compartilhe

Autor: Flávio Bastos   
Flavio Bastos é criador intuitivo da Psicoterapia Interdimensional (PI) e psicanalista clínico. Outros cursos: Terapia Regressiva Evolutiva, Psicoterapia Reencarnacionista, Terapia Floral, Psicoterapia Holística, Parapsicologia, Capacitação em Dependência Química, Hipnose e Auto-hipnose e Dimensão Espiritual na Psicologia e Psicoterapia.
E-mail: flavio01bastos@gmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Deixe sua opinião sobre este artigo

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


 
Energias para Hoje

energia
I-Ching: 48 – CHING – O POÇO
O caminho do sucesso está em aumentar as reservas de humanidade e de esperança, para si mesmo e para os outros. É preciso ser ativo e ajudar o próximo.


energia
Runas: Talismã da Prosperidade
Conquistas financeiras, remoção de obstáculos.


28
Numerologia: Ação
Dia propicio para tomar iniciativas e por seus planos em ação. As coisas iniciadas com a energia desse dia terão continuidade, e certamente irão frutificar a seu tempo.
 
 
Horóscopo da Semana
Áries Áries Libra Libra
Touro Touro Escorpião Escorpião
Gêmeos Gêmeos Sagitário Sagitário
Câncer Câncer Capricórnio Capricórnio
Leão Leão Aquário Aquário
Virgem Virgem Peixes Peixes
 

+ Lidos da Semana anterior
1. Como fazer um homem ficar obcecado por você...
2. Dicas para melhorar a Energia
3. Como saber quando alguém não está tão a fim de você!
4. 3 venenos extremamente perigosos para o amor!
5. A Oração do Perdão
6. Limão para tratar o Sistema Digestivo
7. As 70 palavras mágicas que começam com P - Parte 2
8. Sobre abuso emocional perverso


 
© Copyright 2000 - 2017 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Política de Privacidade