Somos Todos UM - HOME
O seu Portal de Autoconhecimento e Espiritualidade



Cuidado com as suas emoções!  
Home > Autoconhecimento
Cuidado com as suas emoções!

por Flávio Bastos


A emoção é a forma como o organismo reage a um acontecimento que é acompanhado por um estado afetivo penoso ou agradável.

As nossas emoções são a exteriorização daquilo que interiorizamos, chamado sentimentos. Por isso, o indivíduo considerado emotivo é aquele que se emociona - ou se sensibiliza - com facilidade. No entanto, o problema da emoção é o desequilíbrio, ou seja, quando reagimos de uma forma inesperada diante de um fato que para nós não é novo, ou quando reagimos incisivamente - ou até mesmo de forma agressiva - diante de fatos novos aos quais supervalorizamos a sua importância.

O estresse, por exemplo, assim como a depressão e a cólera, são experiências repletas de emoções onde o desequilíbrio emocional manifesta-se em nosso comportamento, revelando o nosso estado afetivo.

O desequilíbrio emocional encontra-se presente em algumas psicopatologias, como a bipolaridade e as psicoses de uma forma quase que geral. No entanto, a desarmonia das emoções não apresenta somente o "déficit químico-cerebral" - ou orgânico -  como a causa do problema em si, passível, exclusivamente, de tratamento medicamentoso. As obsessões de origem espiritual, assim como a auto-obsessão ou fixação ao passado, através de sentimentos ou pensamentos, podem ser também, as origens de tais desequilíbrios de ordem emocional, requerendo, dessa forma, tratamento espiritual e floral como complemento ao tratamento à base de remédios.

O problema que se observa em relação ao tratamento espiritual em centro espírita, por exemplo, é a falta de persistência (paciência) e fé (crença) por parte de um considerável número de pessoas que são encaminhadas ou que procuram essas casas religiosas. A indisciplina, baseada na repetição de vícios ou de atos cotidianos responsáveis em boa parte pelo desequilíbrio emocional, é um fato constatado entre as pessoas que encontram-se em tratamento de desobsessão espiritual. 

No nível das emoções em desequilíbrio, o tratamento floral, quando bem administrado por terapeuta qualificado, tem o objetivo de trabalhar sutilmente as obsessões pela via do sentimento e pensamento fixos em experiências do passado - recente e remoto - que provocam dor e sofrimento ao indivíduo.

O ser integral, observado na sua concepção bio-psico-socio-espiritual, é um todo indivizível. E por ser essa a sua natureza, deve ser tratado como um todo para que as "partes" que o formam, beneficiem o conjunto.

Muitos desequilíbrios vitais que se transformam em psicopatologias estruturais na fase adulta se originam de desarmonias emocionais. Desequilíbrios que começam a manifestar-se na infância do indivíduo, sendo que em muitos casos, o comportamento alterado do filho passa despercebido pelos pais ou substitutos. Nesse sentido, a criança muito ansiosa, que fala demais, que é inquieta, agitada ou agressiva; assim como a criança que manifesta traço depressivo, que quase não se comunica e apresenta a tendência ao isolamento social, são casos passíveis de avaliação psicoterapêutica.

Os desequilíbrios psico-espirituais de manifestação emocional na fase adulta, podem e devem ser tratados na infância ou adolescência, quando começam a emitir os seus primeiros sinais em forma de comportamento alterado. A prevenção - e a intervenção - terapêutica nos primeiros sinais de desarmonia emocional, pode evitar que o indivíduo passe por uma experiência sofrida na fase adulta, quando o desequilíbrio encontra-se instalado no seu mecanismo psíquico-espiritual.

Aprender a administrar nossas emoções é a chave para um bom desempenho em todos os aspectos de nossa vida. Uma pessoa desequilibrada e dominada por fortes emoções, dificilmente conseguirá captar mensagens edificantes e proveitosas para a sua vida.

Nem sempre podemos controlar situações ou outras pessoas, mas podemos controlar nossa maneira de reagir a elas. Portanto, essa será sempre a nossa grande e maior conquista: escolher o nosso estado interno e mantê-lo estável constantemente, com um mínimo de esforço possível para eliminarmos o estresse. Para aprendermos a gerenciar as nossas emoções, e não eliminá-las, é preciso conhecer as nossas tendências. Sabermos quem somos, de onde viemos e para onde vamos é a pedra angular do conhecimento de nós mesmos.

Se as crises de fundo emocional forem eventuais e de curta duração, elas são plenamente administráveis por aquele que deseja libertar-se desse incômodo para si e para as pessoas de seu convívio diário. Sendo assim, não custa tentar, uma vez que as emoções em desequilíbrio passam pelo mecanismo bio-psíquico-espiritual do indivíduo. O autocontrole associado à mudança de hábitos e um melhor nível de autoconhecimento, pode representar o começo da transformação desejada. É o que veremos a seguir em forma de sugestões.

  • Não se deixe influenciar por conversas pessimistas ou por pessoas exccessivamente críticas ou observadoras que se consideram as donas da razão ou "juízas" da vida alheia;
  • Procure desenvolver a percepção de momento para ser você mesmo onde estiver:
  • Compreenda a vida - e seus acontecimentos e significados - através da ótica de que na vida nada acontece por acaso e que tudo tem uma razão de acontecer;
  • Espiritualize-se. Escolha uma opção que reúna conhecimento (estudo) e fé raciocinada;
  • Não supervalorize a opinião alheia a respeito de si mesmo. Cultive uma auto-imagem segura e tranquila, sem necessidade de dar satisfações - ou explicações - a quem quer que seja, se não for de seu agrado. O silêncio, muitas vezes, vale mais do que mil palavras faladas;
  • Respeite o semelhante à medida que o recíproco for verdadeiro. Mas antes de tudo, respeite a si mesmo;
  • Alimente-se adequadamente, lembrando sempre que quantidade não representa qualidade nutricional;
  • Pratique atividade física adequada à sua faixa etária e condições físicas. Na dúvida, a caminhada é sempre um bom e relaxante exercício físico-mental quando praticado em local apropriado, como um parque ou avenida arborizada;
  • Não esqueça que a atividade sexual também é um ótimo exercício relaxante e estimulante para a mente e o corpo. E quando associada à energia do amor, também para o espírito;
  • A meditação e a prece espontânea incorporados à filosofia de vida, servem como canais que nos ligam à espiritualidade superior, além de servirem como meio de alteração positiva de nossa frequência vibratória;
  • A prática consciente da simplicidade é a melhor forma de centrar o Eu em direção à sua verdadeira identidade: o espírito. E o exercício da simplicidade é o melhor "antídoto" contra os desequilíbrios psíquico-espirituais.
Ao finalizar, lembremos que a atenção sobre o nosso estado emocional e a manutenção do mesmo em equilíbrio, nos propiciará a oportunidade de um estado espiritual tranquilo e receptivo às novas conquistas e ao aperfeiçoamento de nós mesmos.  



Compartilhe

Autor: Flávio Bastos   
Visite o Site do autor e leia mais artigos..   
Publicado em 5/28/2010

Deixe sua opinião sobre este artigo

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.


 
Energias para Hoje

energia
I-Ching: 03 – CHUN – DIFICULDADE INICIAL
O início de todas as coisas é freqüentemente trabalhoso e difícil. Mas basta manter-se paciente e perseverar.


energia
Runas: Sowilo
Seja transparente. Dia excelente , força vital e sucesso.


19
Numerologia: Originalidade
Mudanças ha muito consideradas podem ser bem feitas hoje. Seja diferente e original. Este é o dia para o exercício da individualidade.
Experimente o novo e o ainda não tentado. Mantenha-se independente e decisivo e, sobretudo, tenha coragem de agir de acordo com os seus sonhos.
 
 
Horóscopo da Semana
Áries Áries Libra Libra
Touro Touro Escorpião Escorpião
Gêmeos Gêmeos Sagitário Sagitário
Câncer Câncer Capricórnio Capricórnio
Leão Leão Aquário Aquário
Virgem Virgem Peixes Peixes
 

+ Lidos da Semana anterior
1. 2018: Ano 2 da Árvore da Vida
2. Como fazer um homem ficar obcecado por você...
3. O Arcanjo regente de 2018
4. Previsões das Runas pra 2018
5. O que significa ter sonhos repetidos?
6. O que esperar de 2018?
7. Numerologia 2018
8. Como saber quando alguém não está tão a fim de você!


 
Voltar ao Topo
Siga-nos
Facebook Twitter Instagram Gogole Plus Youtube
Somos Todos Um é um parceiro do iG Delas
© Copyright 2000 - 2018 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Política de Privacidade