Esqueci a senha
 

 
Bookmark and Share

O mal não é real

por VERA MARFEZA - veramarfeza@gmail.com

Recebo muitos e-mails abordando o mesmo tema: O que é o mal?

Vivemos num sistema dual - claro que aceito por nós - em que temos que viver e se associar com a experiência de vida do planeta, para que possamos mudá-lo. É como se tivéssemos que nos submeter às regras para depois transformá-las em algo melhor. Algumas pessoas, em especial, encarnam nessa realidade de dualidade, vivendo as suas dificuldades para elevar-se e conseqüentemente empurrar o planeta para a sua ascensão. São os chamados “Guerreiros da Luz”. Parece história de super-herói infantil, mas não é. São pessoas que aqui vieram para entrar na Roda do Carma e tirar o planeta da subserviência das forças involutivas ou governo paralelo ou o que quisermos chamar. Essas pessoas, e aqui cito uma delas, Sérgio Scabia, do somostodosum, são sistematicamente bombardeadas por uma carga negativa para desestimular o seu caminho que é informar e lançar luz à humanidade. Muitas delas deixam de viver as suas vidas pessoais para dedicar-se exclusivamente a isso.

A verdade é que estamos aprisionados por mecanismos de controle externo dessas forças, através de implantes e dispositivos de limitação espiritual que bloqueiam seu progresso para a plena auto-realização, colocando vendas e criando falsas realidades em sua consciência e, portanto, limitando o seu acesso para seu Eu Superior. Esses implantes ou dispositivos são padrões cármicos individuais ou coletivos (por isso nascemos numa família, numa cidade, num país com os mesmos). São os arquétipos da humanidade, implantados individualmente, para uma ação coletiva. Em suma, somos tal qual “gado conduzido”. Não precisamos ir muito longe para ver, basta prestar atenção. Televisão, música, internet, mídia, publicidade, contêm um arsenal de manutenção de controle de pensamento e das respostas emocionais da humanidade.

De tempos em tempos (cerca de 26 mil anos),temos a oportunidade de escolher em qual realidade queremos prosseguir. Se a dual (bem x mal) ou a da UNIDADE (em sincronicidade com o EU SUPERIOR). Chegamos na hora da escolha; portanto, estamos no meio de um furacão. Eu, particularmente, por conta da minha missão, tenho recebido uma verdadeira avalanche negativa onde preciso manter firmeza desde a hora em que acordo até a hora de dormir. As forças que nos aprisionam não têm ligação com Deus/Pai/Mãe. Seu poder é através da energia dos seres humanos, mesmo sendo criados por esse mesmo Deus, exercem o livre-arbítrio e nos induzem à ilusão para sentirmos dor e sofrer. Esse “holograma” produzido por eles é que conduz a humanidade a buscar, desenfreadamente, bens materiais como forma de satisfação pessoal, criando uma competição e conseqüente separação entre nós todos. Nascemos e crescemos com a ilusão de que “temos que dar certo”.

Os grupos principais, os nossos dominadores, com os quais nos defrontamos aqui são chamados de Grays, os Reptóides e os Dracos.

Os Reptóides se infiltram nas “canalizações” e fazem muitos passarem vergonha com premonições que não se realizam. Há de se ter muito cuidado, pois se deixar, eles se aproximam do canalizador (trazendo um boa energia pra confundir) e o fazem acreditar em suas boas intenções. Alguns Reptóides podem até já ter passado para a luz e ingressado na Federação que ajuda a Terra a se libertar, mas não temos segurança se isso é real.

Os Dracos são os engenheiros malignos do controle de massas neste planeta. Eles estão por trás do controle e limitação de recursos neste mundo. Eles são originários do planeta Draconis, no Setor de Órion e foram as oposições no Conflito original de Órion. Promovem o satânico e a magia negra.

Já os Grays são avançados tecnologicamente, mas como raça perderam seus próprios corpos emocionais através da manipulação genética. Eles buscam a energia emocional que os humanos possuem. Eles enganam os canalizadores de informação extraterrestres, fazendo-os acreditarem naquela verdade e muitas vezes fazendo-os cair no descrédito. Querem formar uma raça híbrida GRAYS X HUMANOS. Eles são os implantadores do famoso “chip”, pois detêm um tecnologia avançada pra isso. Usam máquinas que estão falsamente associadas à cura, facilitando assim um controle de massa já tão bem exercido pelos engenheiros dracos.

Esses implantes são carma de alma que carregamos de uma encarnação a outra. São alimentados e reafirmados por algumas seitas e religiões, culturas e leis. Isto inclui qualquer uma que utilize o controle mental e o medo para reforçar a manipulação de seus membros. Quando você entra para qualquer seita ou religião que faz voto de fidelidade, pode estar autorizando esse implante ser feito em você. Esse implante, então, é colocado em seu corpo sutil que o acompanha em todas as encarnações, como se fosse uma coleira.

Mas isso já vem desde a Lemúria e a queda de Atlântida quando se disseminou, definitivamente, essa forma de controle. Controle que não nos permite sermos Unos com o Universo e com Deus. Separou-nos Dele como forma de nos manter na dualidade. Perdemos a nossa força como seres co-criadores e acreditamos que ela, a força, esteja do lado de fora. Elegemos gurus, líderes, comandantes e nos conduzimos pelo que eles dizem. Não que muitos não sejam bem intencionados, mas definitivamente não podem reger a nossa vida. Nós somos os maestros e roteiristas de nossa vida na Terra e não podemos delegar isso a ninguém.

Percebo, em meu consultório, quando reprogramo as matrizes de nascimento, votos de fidelidade ou de subserviência, muitas vezes estagnando a vida pessoal e espiritual da pessoa. Em outras, percebo que uma das encarnações interfere quase que totalmente na vida atual. Já vi paciente vivendo a influência da reencarnação passada.

Agora você estará se perguntando se tem implantes e como retirá-los.

Numa psicografia que deu origem à limpeza dos 21 dias do Arcanjo Miguel, tem um trecho que diz: “Os implantes de batalhas de dualidade se nomearam com base nas guerras que se deram, tais como: Órion, Sírius, Maldek, Arcturus, Plêiades. Os implantes da história da Terra foram nomeados com base nos períodos de tempo ou sociedades, como os lemurianos e os atlantes. Estes também incluem todas as formas de limitações auto-impostas, impedimentos mágicos, implantes de cristais tridimensionais e os códigos 666 de limitação. Os implantes vivos existem nos corpos mentais e emocionais de suas vítimas e são chamados parasitas do corpo mental ou emocional. Eles podem ser a causa espiritual de muitas enfermidades físicas. Implantes Grays/Reptóides/Dracos são as forças extraterrestres que seguem ativas na Terra e seguem implantando pessoas na forma de ataque psíquico. Podem ser sentidos como dores de cabeça, golpes de energia negativa ou emoções de baixa vibração, movendo-se através de você, prendendo você nos votos de pobreza, castidade e obediência”.

Renunciemos e voltemos ao estado natural divino. Façamos a limpeza dos 21 dias do Arcanjo Miguel e ficaremos livres e complementemos com a oração da abundância, todas encontradas no meu site.

Façam uma proteção constante sempre perguntando ao seu EU SUPERIOR se o que está sendo apresentado a você é a Verdade, inclusive este texto.
ok



por VERA MARFEZA   
Vera Marfeza - formação em Bioenergética, hipnose clínica, coach internacional, numerologia de cabala e mapas arquetípicos de nascimento, calendário sincrounos (seus dias de sincronicidade com o Universo) - seminário e livros, em breve. Meu site é www.veramarfeza.com.br
Lido 9275 vezes, 175 votos positivos e 13 votos negativos.   
E-mail: veramarfeza@gmail.com
Visite o Site do autor

Gostou deste Artigo?
Sim Não    
Imprimir
este Artigo
Enviar para
um amigo
Outros Artigos
deste autor


© Copyright 2000-2014 SOMOS TODOS UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
PRINCIPAL ARTIGOS
LOGAR PRODUTOS
ASSINAR SERVIÇOS
PARTICIPANTES EVENTOS