Esqueci a senha
 

 
Bookmark and Share

Viver a vida com sucesso espiritual. Isso é possível?

por Mauro Kwitko - mauroabpr@gmail.com

Uma maneira segura de vivenciarmos essa rápida estadia nesse corpo e dimensão física, nessa personalidade passageira, com sucesso espiritual, é nos elevarmos consciencialmente, e isso é alcançado pela busca de mais conexão com a nossa Essência. Devemos, para tal, entendermos o verdadeiro papel do ser humano, sua origem, seus objetivos, entendermos a questão do real e do irreal de todas as coisas, sabermos quem realmente somos e quem são os nossos afins, conhecermos profundamente todas as manifestações das armadilhas terrenas e aprendermos a lidar e passarmos por elas, vencendo-as, transformando-as aos poucos e irmos dividindo, com nossos parceiros de jornada, os conhecimentos que vamos adquirindo. Ou seja, sabermos o que somos, o que estamos fazendo aqui e onde queremos chegar.

Se considerarmos que a maior parte das pessoas ainda não sabe disso e angustia-se tanto com essa dúvida e sendo tudo tão claro, tão simples - basta enxergar a verdade por trás das ilusões - o assim pensar permitirá que dentro de alguns séculos a raça humana atinja seu objetivo.

Uma das nossas tarefas - como psicoterapeutas reencarnacionistas que lidam com a Reencarnação em nossos consultórios visando ajudar as pessoas que nos procuram a melhor aproveitarem essa encarnação - é auxiliar o Guia Espiritual de cada um a mostrar a realidade para os pacientes principalmente através das sessões de regressão ética realizada pelo Mundo Espiritual, em que surge o simples, pois a realidade não é algo complicado, obscuro, misterioso ou oculto. Nós não somos o que pensamos ser, nem os outros o são; apenas estamos e reencarnamos somente para evoluir. A consciência da temporalidade das coisas e a percepção das várias manifestações da Grande Armadilha Terrena que apenas fazem parte dos testes e provas pelas quais necessitamos passar para crescer, faz com que nos tornemos aptos a evoluir. A ignorância desses fatos torna tudo obscuro e sem sentido e essa é a maior causa do sofrimento do ser humano, em seus aspectos mentais e emocionais e em suas repercussões físicas. A doença, como dizia o Dr. Bach, é resultado do erro, da ignorância e do conflito entre a Alma e a Personalidade Inferior, ou seja, a doença vem das ilusões.

A vida terrena é como uma escola; cada dia é um dia de aula e não devemos cabular as aulas nem freqüentá-las sem prestar atenção, olhando para o teto ou para os lados. Devemos sentar nas primeiras filas, prestar atenção ao que nossos mestres ensinam e estudar bastante em casa. Os melhores professores são os amigos mais evoluídos, encarnados ou desencarnados, e o nosso próprio Mestre Interior. Dependendo das lições que aprendermos nessa escola e do progresso que fizermos, a estadia terá valido mais ou menos a pena. Sempre é de proveito para a Essência o fato de haver encarnado, mesmo que a persona não tenha cumprido sua missão, não tenha correspondido à confiança que a Essência colocava nela. Pois, mesmo no erro, aprende-se bastante e até, muitas vezes, é através dos erros e dos enganos que nós aprendemos mais. Como se diz, a dor ensina a gemer... A pessoa inteligente aprende com seus erros, a pessoa sábia, aprende com os erros dos outros.

Devemos nos colocar em nosso devido lugar, entendermos nossas circunstâncias e buscarmos conectar com nossas Essências e vivermos em função dos seus objetivos e metas evolucionistas. Existem muitas encarnações, ou seja, oportunidades, mas cada uma delas é importante e deve ser bem aproveitada. Saber viver a vida, aproveitar a vida, para mim, é isso, em vez de não viver perdendo tempo com o que não acrescenta em progresso moral e ético e em autoconhecimento, em evolução interna.

Muitos filhos, bem intencionados, recomendam aos seus pais de corpo físico velho, que aproveitem o tempo que lhes resta para viajar, conhecer lugares, divertir-se, etc. Entendo a boa intenção, mas eu não lhes daria o mesmo conselho. Eu sugiro que viajem para fora, mas também para dentro de si, para se conhecerem melhor e para que busquem entender, aprender, da melhor maneira possível, as lições que essa encarnação lhes apresentou e continua lhes apresentando. Tratem de aproveitar os últimos anos antes de subir, para corrigir seus erros, seus enganos, curar sua tristeza, suas mágoas, suas frustrações, a fim de já irem curando seus corpos emocional e mental, não deixando essa tarefa para depois. A grande angústia da velhice é a da Essência em relação ao escoamento do tempo da encarnação, quando há uma constatação do fracasso e do pouco aproveitamento real das lições. A Personalidade terrena sempre acha que seu tempo passou, que já é tarde demais, que já tem 60 ou 70 ou 80 anos, mas a Essência sempre vê, por sua visão superior, mais abrangente, que ainda é tempo, que sempre é a hora certa para as grandes mudanças, para os grandes insights, para a interiorização rumo ao caminho verdadeiro. Tudo é uma continuação, nós viemos da última encarnação e vamos para a próxima, então não existe tempo, o que existem são oportunidades. Meus queridos velhinhos, viajem para dentro, rumo à sua Essência, ela lhes agradecerá! Não se percam na ilusão da idade do corpo físico, ele é descartável. Meus caros adultos, que já chegaram à metade do caminho, o rumo está certo? Aonde vai dar essa estrada? E os adolescentes, cuidado! As armadilhas vêm disfarçadas de modismo, de liberdade...

Para que eu reencarnei? Por que minha Alma precisou dessa infância, desse pai, dessa mãe? Por que as coisas acontecem dessa maneira comigo? Onde quero chegar? O que meu Guia Espiritual quer me dizer? Como posso me libertar de minha miopia espiritual? Como posso enxergar a Verdade através da ilusão? Qual o caminho certo? Nesses anos que estou aqui, novamente, estou fazendo as coisas certas? O que estou fazendo é o que minha Alma quer? Caí nas armadilhas? Quais os gatilhos que preciso para encontrar minhas imperfeições aqui na Terra? Como posso sentir mais paz?

Essas e outras questões é o que conversamos no consultório com as pessoas, e conosco mesmos interiormente... A resposta para elas pode trazer uma Luz em nosso caminho. Pensar nisso ajuda a encontrar essa luz. Deixar pra lá nos coloca na escuridão, no empurrar com a barriga, na angústia, na sensação de estar perdido, fazendo algo errado, e aí vêm a bebida, o cigarro, as drogas...

E a Purificação? E a busca da Pureza? Onde está esse Caminho? Bem lá dentro do nosso coração... Como chegar lá?

Texto revisado por Cris


por Mauro Kwitko   
CURSO DE FORMAÇÃO EM PSICOTERAPIA REENCARNACIONISTA E REGRESSÃO TERAPÊUTICA 2014/2015 - Inscrições abertas
Porto Alegre, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Brasília, Recife e Salvador
Informações - www.portalmaurokwitko.com.br - www.portalabpr.org - www.julianavergutz.com.br

Lido 11555 vezes, 371 votos positivos e 3 votos negativos.   
E-mail: mauroabpr@gmail.com
Visite o Site do autor

Gostou deste Artigo?
Sim Não    
Imprimir
este Artigo
Enviar para
um amigo
Outros Artigos
deste autor


© Copyright 2000-2014 SOMOS TODOS UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
PRINCIPAL ARTIGOS
LOGAR PRODUTOS
ASSINAR SERVIÇOS
PARTICIPANTES EVENTOS