Educando com Amor  
   

Educando com Amor

Autor Valéria Centeville - valtvp@gmail.com


Já vi muitos pais perdidos com a educação dos seus filhos.

Muitos deles se sentiram traumatizados com a educação rígida que receberam de seus próprios pais e decidiram fazer tudo ao contrário com seus filhos. E parece não estar dando muito certo, infelizmente...

Isso acontece porque padrões rígidos não funcionam... ou funcionam mal. Tanto o controle em excesso quanto a falta de controle não dão certo. É a Lei do Equilíbrio que os mentores, educadores e mestres nos ensinam.

O equilíbrio é sempre o melhor limite para você e para os seus filhos. E todos nós estamos aqui na Terra para aprender sobre tudo, inclusive sobre limites e equilíbrio.

A pressa e a competição nas quais estamos inseridos nos grandes centros urbanos em geral não é saudável. Ou seja, é necessário ter um tempo de lazer, um tempo para não fazer nada e um tempo para simplesmente Ser e investir nas relações humanas.
Que tal reservar um tempo pra levar o seu filho ao parque no domingo e simplesmente curtir a Natureza, os pássaros, o Sol e agradecer pela vida?


Este pode ser um importante aprendizado para ele e pra você também, pois quando estamos agradecendo estamos focados no que temos e não no que nos falta.

Todo mundo precisa de um descanso. Isso é fato! Até mesmo a Terra precisa de um momento de restauração para se refazer. Os agricultores sabem bem disso...

As crianças também precisam descansar e relaxar... e nós, adultos, também... afinal, todos somos filhos de Deus...

O Amor que damos aos nossos filhos e a nós mesmos é tão importante quanto o alimento e o ar que respiramos pois, sem ele, não há vida! Muitos estudos científicos já mostraram que um bebê que recebe casa e comida, mas não recebe amor fica triste e adoece facilmente, podendo até morrer.

O Amor é a energia mais curadora que existe em todo o Universo, pois esse sentimento é capaz de organizar nossas mentes e células de uma forma saudável e harmônica.

Muitas crianças sentem falta de amor e por isso não obedecem. Fazem bagunça pra chamar a atenção. Vão mal na escola pra chamar a atenção de pais e professores e assim se sentirem vivas e importantes.

Não estou aqui pra culpar ninguém, muito menos os pais que tanto se esforçam para darem do bom e do melhor para seus filhos.

Quero apenas chamar a atenção para as relações humanas entre pais e filhos, que é algo muito importante para as crianças e também para os pais.

A frustração e o merecimento é algo que precisa ser ensinado. O "Não" é algo tão importante quanto o "Sim" no processo educativo. Isso porque a vida está repleta de "Sim" e também de "Não". Se os pais nunca dizem Não para os seus filhos e sempre atendem a todos os seus desejos, esses filhos não irão aprender a lidar com as frustrações da vida e terão dificuldade para amadurecerem, além de terem dificuldades para estabelecerem vínculos afetivos duradouros.

Isso porque relacionamentos afetivos são trocas, ou seja, você dá e também recebe do outro na relação... se a criança só recebe, como ela vai aprender a dar?

Com relação às conquistas materiais, também é necessário ensinar a criança a conquistar e não dar tudo o que ela quer de mão beijada...

Você que é pai e você que é mãe, avô, avó, que educa uma criança, jamais se sinta culpado quando não puder dar a uma criança o que ela quer, pois a frustração também faz parte da vida e é educativa. Você não tem que dar a uma criança tudo o que ela quer. Mas pode ensinar a ela como fazer para conquistar seus sonhos e desejos. Onde há um desejo, sempre há um caminho de conquista. E isso é muito importante para o nosso aprendizado e para a nossa evolução espiritual.

Todos nós que estamos aqui na Terra precisamos aprender limites e aprender a nos relacionarmos uns com os outros, aceitando nossas diferenças e aprendendo a lidar com elas.
Se Deus quisesse que fôssemos iguais, teria criado seres todos iguais... mas não foi isso que Ele fez... pelo contrário, criou seres diferentes e complementares para aprenderem a se relacionarem uns com os outros e criarem juntos um universo em que as diferenças são acolhidas e valorizadas.


Lembre-se de que você que é pai, mãe, educador, avô, avó, tio, tia... enfim, que educa e ensina uma criança, foi escolhido pelo espírito desta criança para ser educador dela e você está fazendo o Melhor que pode, o Melhor que sabe... então, acalme o seu coração e simplesmente procure aprender com ela, educando com amor, mas também com limites, pois eles fazem parte da vida e do aprendizado de um Ser encarnado.

Não se culpe pelos "Sim" nem pelos "Não" que disse até hoje para o seu filho, pois você é um ser em evolução e pode errar e acertar. Apenas tente aprender quando é o momento de ser firme, quando é o momento de dizer sim, ou de dizer não, usando a razão e usando o seu coração, a sua intuição, que é a sua alma falando através de você. Você é uma pessoa sábia o suficiente para saber a hora certa de dizer sim e de dizer não. Ensine à sua criança a agradecer pelo que já possui e, certamente ela irá conquistar mais e terá sempre o suficiente pra ser Feliz.

Deus é sábio e não faz nada por acaso. Se ele deu esta criança para Você educar é porque você é capaz de fazê-lo. Ela nasceu na hora certa que tinha que nascer e veio para te ajudar a evoluir e trazer sorte na sua vida.
Você já está fazendo o melhor que pode por ela, mesmo que tenha errado com ela e com você mesmo, pois os erros de hoje são os acertos de amanhã e sempre temos novas oportunidades de evolução, ajudando o próximo e a nós mesmos.

Colocar limites para as crianças com amor e firmeza é uma das melhores demonstrações de amor que podemos dar para os nossos filhos e para nós mesmos. Esse é um grande princípio da boa educação e da evolução.

Errar é humano. Aprender com os erros e se perdoar sempre é divino...

Valéria Centeville e Leonel Vicente - Terapeutas de crianças e adultos

Compartilhe esse texto!!!

Pode ser que alguém esteja precisando dele...

Gratidão, paz e amor,

Valéria e Leonel.

WhatsApp 11 9 8444 9975 e 11 9 4236 6486

www.povodooriente.net

www.terapiadevidaspassadas.com

valtvp@gmail.com

Texto Revisado



Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Avaliação:
Educando com Amor
5 1


Autor: Valéria Centeville   
Terapia de vidas passadas. Captação mediúnica. Terapia Reencarnacionista. Terapia Regressiva. Hipnoterapia (hipnose). Terapia Espiritual. Terapia Floral. Canalizações de mensagens dos mentores espirituais. Orientação espiritual. Tarô cigano.
E-mail: valtvp@gmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 30/11/2017
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.