Reiki o que é? E como mudou minha vida!  
   

Reiki o que é? E como mudou minha vida!

Autor Rudá Feliciano Araujo - ruda_a@hotmail.com


Olá pessoal, espero que estejam todo bem, bom, venho neste texto escrever sobre o Reiki, muitas pessoas já ouviram falar, já leu sobre o assunto, mas são barrados na maioria das vezes por abordagens técnicas, histórias de quem redescobriu o Reiki, como se aplica, modos de aplicação, etc. Enfim, inúmeros textos para estudos extremamente importante para todos, porém na minha modesta concepção, são pouquíssimos autores que descrevem como o Reiki mudou sua vida e seu dia a dia.

Para mim, o Reiki vai muito além do que os símbolos sagrados, a imposição das mãos, a conexão energética, o repasse energético para seu paciente, parente, amigo, animal de estimação ou plantas.  O Reiki vai muito além do que uma técnica de cura e de imposição das mãos, usadas por muitos reikianos terapeutas. O Reiki para mim , é uma filosofia de vida! E só quem passa pela primeira iniciação do Reiki, sabe na alma o que estou falando.

Realmente quando o Reiki entra na sua vida, você se transforma, você se reencontra você dá as mãos ao seu Eu Superior, num momento tão único, um momento tão sublime que modifica até a maneira como você vê o mundo e o seu próximo.  Falo com toda certeza, de que o Reiki regenera e reprograma todas as lacunas ou falhas em nossos corpos.

Falando um pouco sobre o Reiki na minha vida, o Reiki começou a “dar o ar da graça” quando eu tinha os meus 18 anos, no auge da minha vida de universitário. Momento de muitas mudanças, tudo novo, pessoas, métodos de ensino (comparando com escola comum), professores (já não estava mais na minha zona de conforto da escola ao qual havia estudado durante 11 anos), eu estava adiante de homens e mulheres que sabiam o que queriam da vida, pessoas determinadas, focadas, ou seja, completamente diferente de onde tinha vindo.

 Como todo mundo, durante esse primeiro ano de adaptação eu encontrava pessoas de todas as características e personalidade, pessoas legais, frias, compreensivas, enfim! Pessoas de todos os tipos, vindo de todos os lugares, com suas culturas, filosofias, ao qual começou a fazer também parte da lapidação de minha personalidade. Vocês devem estar se perguntando, afinal o que tem a ver a Universidade com o Reiki?

 Pois é, Então, nesse “caos” interno ao qual estava vivendo, aos meus 19 anos, tive contato com uma pessoa muito iluminada, um xamã, mestre de Reiki, yogue, enfim, uma pessoa extremamente voltada a espiritualidade, e sempre que conversávamos ele vinha me apresentar o Reiki e sua filosofia, porém na época eu ainda era muito jovem, “desencanado”, mais preocupado com outras questões, mas mesmo assim o Reiki sempre insistia em  bater na minha porta!!!!

Quando me formei na Universidade, havia tido um certo contato com o mundo espiritual e fui procurar esse meu amigo para poder falar com ele sobre o Reiki, porém ele havia se mudado para a Índia, passar um tempo em templos, se formar em mestre de Yoga e seguir seu caminho espiritual.

 E “zanzando” pela internet, descobri que havia uma casa de terapias perto de onde morava, que “coincidência ou não”, estavam convidando as pessoas para um curso de Reiki Nível I e II.

Desta vez decidi aceitar TANTOS sinais que o Universo me mandava, e foi exatamente no Reiki que descobri muitas coisas ao qual acontecia no meu dia a dia e que deixava passar despercebido.  E foi ai que o Reiki começou a mudar a minha vida!

Eu era uma pessoa muito estressada, nervosa, ansiosa, pavio curto! Enquanto fazia meu curso, fui reparando ao meu redor uma energia  que fazia eu me  sentir seguro, em paz, tranqüilo. Foi o primeiro contato que tive com a energia do Reiki, durante o curso fiz meditações, respirações, técnicas, conhecendo e conversando com pessoas totalmente diferentes daquelas que faziam parte do meu dia a dia, e eu fui me familiarizando com todo esse meio. E enquanto fui conhecendo mais sobre essa magnífica filosofia, fui entrando mais ainda dentro de mim mesmo, e descobrindo algo muito especial, Eu mesmo! Mas o meu outro lado!!!

E após esse primeiro curso de Reiki, fui reparando nas minhas atitudes do dia a dia, a calmaria que veio na minha vida, no modo que eu tratava as pessoas, e no modo como eu começava a enxergar o Universo como um todo. Comecei a perceber as mudanças do Reiki na minha vida, e cheguei à conclusão de que o Reiki vai além de uma terapia de cura, ele é uma filosofia de vida, que torna você uma pessoa mais serena, equilibrada, paciente, racional, emocional, tudo com equilíbrio!

Comecei também a reparar em várias outras questões como, por exemplo, como estamos a todo o momento fazendo uma “troca energética” com o Universo e como o Universo nos responde a todo o momento, e também como ele está mais perto de nós do que imaginamos (Vai uma dica muito legal, leiam o livro “A Profecia Celestina”, que vocês entenderão como é magnífico essa troca energética entre você e o Universo, entenderá muito sobre a Lei da Sincronicidade, e da Lei da atração).

Voltando sobre o Reiki na minha vida, ele me proporcionou uma mudança mental, emocional, física, espiritual, do meu modo de ser, ver, agir, sentir. Sua mente se abre tudo se torna muito mais nítido, as coisas parecem fazer sentido.

Como da vez em que estava tratando um paciente no Reiki, e via chamas azul saindo do corpo energético e físico do paciente, enviei energias do Reiki casando com as energias que estava vendo, senti um calor mais intenso, fui ministrando o Reiki até seu término. Após ter terminado essa aplicação, em seguida veio à esposa desse paciente e comecei a aplicar o Reiki nela, porém nela eu via muita chama violeta. Tomei a mesma postura, me conectei com a energia, o calor imediatamente já aumentou, e continuei até seu término. Após as aplicações conversando com essa Senhora, comentei que havia visto nela uma chama violeta (porém não havia comentado que tinha visto as chamas azuis em seu marido), e logo em seguida ela me diz o seguinte:

- “Nossa que incrível, ontem a noite eu fui ao centro espírita que trabalha com a Fraternidade Branca, deixei o nome do meu esposo para a dirigente dos trabalhos, e fui tomar o meu tratamento, e no final dos trabalhos a dirigente alegou que no meu marido havia sido  trabalhado muito forte a energia da chama azul, e em mim havia sido a da chama violeta”. Coincidência? Óbvio que não! E o Reiki sempre prova que você sempre estará no caminho certo, do amor, do respeito, da caridade. Como eu não entro em questões de religião em minhas sessões, mesmo porque o Reiki não faz parte de nenhuma religião, agradeci minha paciente pelo relato, e agradeci mais ainda os Mestres do Reiki ao qual estava me dando todo suporte durante o tratamento.

Ainda até hoje, mesmo sendo Mestre em Reiki, a cada paciente, cada atendimento ou a cada curso, eu aprendo mais e mais, e o Reiki te demonstra na prática que somos “imagem e semelhança”, pois a partir dele podemos sentir a centelha divina que pulsa em nossos  corpos e nos faz continuar seguir nesse caminho de Amor!

Se o Reiki fez tudo isso comigo, certamente ele também fará com você!!!! Venha você ser um Reikiano(a), entregue-se para essa energia de Luz, propague o Reiki pelo mundo, vamos plantar sementes de luz !

Estarei Ministrando um curso de Reiki Nível I e II Tradicional Usui e Tibetano, neste sábado, dia 18.11.2017, na Rua do Oratório número 48, sala – 7 Mooca, São Paulo – SP.

Entre em contato e tenha maiores informações sobre o curso (11) 9.9496-8481 – Rudá (terapeuta).



Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Total de 1 votos

Autor: Rudá Feliciano Araujo   
Numerologia, Reiki (tradicional, Tibetano e Xamânico), Cristaloterapia e pedras preciosas, Mandalas e magias, Tarot (atendimentos presenciais e á distância).
E-mail: ruda_a@hotmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 14/11/2017
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.