Artigo de Paulo Rubens Nascimento Sousa: TÉCNICAS DE RELAXAMENTO E RESPIRAÇÃO PARA O CONTROLE DA ANSIEDADE - | Artigos do Clube
 
TÉCNICAS DE RELAXAMENTO E RESPIRAÇÃO PARA O CONTROLE DA ANSIEDADE  
   

TÉCNICAS DE RELAXAMENTO E RESPIRAÇÃO PARA O CONTROLE DA ANSIEDADE

Autor Paulo Rubens Nascimento Sousa - pauloaleph@hotmail.com


Vivemos tempos de grande exigência e pouca consciência. Este modus vivendi de nossos dias acaba por nos desequilibrar, levando o nosso sistema nervoso a funcionar de forma separada de nossa consciência do Self, vivendo em função de automatismos construídos com nossos hábitos e condicionamentos diários. O nosso corpo é o caderno no qual registramos todas as nossas impressões das coisas, e elas ficam arquivadas nestas memórias, fazendo que funcionemos ocasionalmente em função destes padrões de hábito e memória. Muitas pessoas reclamam de dores recorrentes, padrões duros, musculares, nevrálgicas, hemicranianas, em decorrência destes padrões mentais que tem influência sobre o corpo. Portanto as pessoas, muitas vezes, queixam-se de fazerem massagens e outras abordagens naturais e não encontrarem alívio a não ser momentâneo. Logo voltam a sentir o mesmo padrão de dor, porque elas permanecem com a mesma memória corporal, a mesma forma de perceber e sentir as coisas.

Este processo eu venho desenvolvendo ao longo de 20 anos através de uma prática que nasceu das minhas pesquisas em psicologia Junguiana que eu chamo de Psicologia Sagrada, que tem por objeto de estudo as práticas sagradas como tecnologias para nos mantermos em nosso estado natural, livre destes estados patológicos, e assim poder viver em estado beatífico, em paz. E com isto, passei a desenvolver práticas de trabalho com uma percepção mais profunda do corpo, um processo que toca o corpo da alma, o corpo dos sentidos, que chama-se de corpo cenestésico ou corpo imaginal, e assim trabalhamos o corpo e suas memórias, através deste processo de descondicionamento e transformação da memória. O processo consiste em exercícios corporais de tensão, relaxamento e percepção corporal que mudam a memória cortical daquele estado de tensão condicionado, obtendo melhor autotransformação e cura destes processos.

Como também sabemos a respiração é tudo em nossas vidas, é o sopro de Deus que habita em nós. Podemos dizer que a respiração reflete o nosso estado de vida, como também o contrário, a nossa vida, ou nossos estados de consciência podem ser influenciados pela respiração. As ciências biomédicas, a bioquímica humana pode validar este aspecto através do conhecimento da físico-química da respiração, seus aspectos clínicos e terapêuticos que refletem nosso estado de consciência e nossa relação com a vida. É através da hematose, troca de gases a nível alveolar, que carreamos oxigênio para todas as células de nosso corpo, através do sangue, para a combustão intracelular, que as mitocôndrias vão transformar para nos manter vivos como uma máquina a vapor. Aprender a respirar, e a usar a respiração associada à abordagem da consciência do corpo, nos leva a uma prática de profundo poder e interação com nosso corpo e nossos estados mentais, conferindo auto cura e transformação de situações em que perdemos o controle, normalmente por não termos contato com estas dimensões da nossa vida. Este é um trabalho prático que nos confere profunda interação com nossos estados fisiológicos e de consciência corporal, nos dando autonomia sob nossos processos pessoais.

Originalmente publicado em: http://www.equilibriocdh.com.br/2864/tecnicas-de-relaxamento-e-respiracao-para-o-controle-da-ansiedade/



Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   

Autor: Paulo Rubens Nascimento Sousa   
PSICOTERAPEUTA JUNGUIANO, ATUA COM HOMEOPATIA, TERAPIA FLORAL E FITOTERAPIA. PROFESSIONAL E SELF COACHING
E-mail: pauloaleph@hotmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 11/10/2017
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.