Artigo de Cristina Longhi : Um bom mapa de paradigmas pode mudar sua vida. - | Artigos do Clube
 
Um bom mapa de paradigmas pode mudar sua vida.  
   

Um bom mapa de paradigmas pode mudar sua vida.

Autor Cristina Longhi - jornadasdaalma@gmail.com


Paradigmas fazem tudo acontecer na nossa vida e também causam grandes impedimentos. Sabemos o que queremos mais sentimos e entendemos que é difícil porque “sabemos” através de experiências passadas que não é tão fácil assim. Está aí um paradigma que atrapalha sua vida imensamente. Você entende que é possível mas acredita que não é fácil. É uma contradição.

Paradigmas são crenças e crença é aquilo que sentimos que faz sentido. Crença é tudo  que acreditamos que funciona como verdade para a gente.

As pessoas chegam com grandes travas mentais, grandes paradigmas. Seus desejos querem e suas mentes não acreditam. Sua mente pode sim acreditar que existe solução e que não é tão fácil assim, mas seus paradigmas vão impedir você de ser a pessoa que consegue. É comum o paradigma  de merecimento ser falso, ou seja, a pessoa acredita que merece mais na verdade não acredita, dentro dela tem um sentimento que diz respeito a acreditar que outros merecem, não ela.

Um dos paradigmas mais fortes e camuflados que existe nas pessoas é a crença de que para acontecer algo que desejam é preciso que algo “X” específico aconteça antes e de uma determinada forma, ou seja, a pessoa acredita que aquilo que ela deseja só poderá chegar até ela de um único jeito, ou da forma que a pessoa concebe como verdade. Neste paradigma a pessoa não consegue acreditar em algo diferente, e tudo diferente passa a soar como mágico e inatingível. Seria como acreditar com toda certeza absoluta que em todo inverno SÓ faz frio.

Num mapa de paradigmas é preciso fazer um diagnóstico de como a pessoa processa os sentimentos através dos pensamentos. Toda crença é uma mistura de pensamento com sentimento, não dá para trabalhar numa mudança sem conseguir alinhar esses dois elementos. Então é descoberto primeiro como a pessoa lida com sua representação interna do mundo, ou seja, com os seus sentimentos em relação ao mundo e a sua vida. Somente depois de diagnosticado isso é possível fazer a grande mudança que a pessoa deseja acontecer.

A mudança acontecerá conforme a pessoa for conseguindo alinhar o que deseja com aquilo que precisa acreditar ao invés daquilo que não acredita. E aquilo que ela precisa acreditar para criar uma nova realidade só será possível acontecer se a pessoa mudar o sistema representacional interno de sentimentos.

É um processo que funciona como a construção de uma nova máquina que será construida através de peças velhas de uma máquina que não funciona mais. Não existirá o conserto, e sim  a construção de uma nova máquina utilizando as peças da máquina antiga. É assim que funciona a mudança de paradigmas.

Cristina Longhi

https://www.cristinalonghi.com.br/



Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   

Autor: Cristina Longhi    
Sou Terapeuta, Programadora Neurolinguista, Escritora e Comunicadora da Rádio Mundial. Atuo como terapeuta nas questões relacionadas a baixa estima, medos, ansiedades, traumas e questões relacionadas a relacionamentos no geral. Atendo adultos, adolescentes, casais e crianças. Autora do livro Anjos e Mentores pela Editora Alfabeto.
E-mail: jornadasdaalma@gmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 13/09/2017
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.