Artigo de Nadya Prado: Vivendo a Realidade Quântica - | Artigos do Clube
 
Vivendo a Realidade Quântica  
   

Vivendo a Realidade Quântica

Autor Nadya Prado - nadyaprado@uol.com.br


Você já se pegou chorando enquanto via um filme ou novela?

A gente se envolve com o drama e sente o sofrimento do personagem, como se fosse nosso. E quando você sonha que está com medo e acorda de repente e sente o seu corpo reagindo, como se o seu sonho fosse real?

O coração acelera, você se arrepia e a mente fica inquieta. A realidade é relativa e a prova disto é sentir o azedo na boca quando imagina chupar um limão. É tão simples e óbvio que deixamos de perceber como nossa realidade está sob nosso domínio.

Vivemos sentindo e nos emocionando, mesmo dormindo. Tem vezes que a gente começa a sorrir ou fica irritado sem fazer ideia do porquê. O que nos impulsiona as emoções e como somos afetados por elas, é um ponto muito importante. Precisamos entrar mais em contato com isso tudo, para que tenhamos mais consciência de como funcionamos e como podemos melhorar nossa vida a partir de nós mesmos. Precisamos de mais prazer e menos dor, mais alegria, saúde e muita prosperidade.

Nós somos uma sinergia entre corpo, mente e consciência. O corpo e a mente juntos, são excepcionais em sua capacidade de criar e expressar emoções. Eles respondem aos estímulos ao interagir com o ambiente, de uma forma maravilhosa, especial, que parece mágica. Eles não sabem a diferença daquilo que é a realidade física ou virtual, um sonho, um filme, um personagem. Eles estão entregues a nós, como ferramentas de expressão poderosas. Obedecem ao nosso comando, mais especificamente, da nossa consciência individualizada. Mas, como definir e compreender o corpo, a mente e a consciência neste emaranhado?

O corpo é a última instância em que se fixam os pensamentos e sentimentos que nutrimos. Nele fixamos as posturas e couraças que acomodam o nosso estado de espírito, as doenças da alma, a realidade que criamos para nós.

A mente é um arquivo de experiências, aprendizados e imitações que iniciam no nascimento e que dão conteúdo para a formação do ego, nossa identidade. No convívio com o meio, a criança vai se apropriando do “eu” e se torna alguém com características pessoais adquiridas da coletividade. Medos, crenças, valores, paradigmas. Um modelo mental que passa a nos guiar.

Já, a consciência é o princípio inteligente, a fonte de manifestação, uma mente universal, ou como gosto de chamar a consciência, ela é a Mente de Deus. Ele traz o potencial para que sejamos o que quisermos ser. Ela se individualiza em cada um de nós e nos manifestamos. Porém, se ficamos alienados à mente inferior identificada e seu automatismo, deixamos de usufruir do poder quântico da mente universal.

A realidade quântica trata da possibilidade de criarmos a nossa realidade a partir da consciência universal. Parte-se da premissa que criamos a realidade quando entramos em colapso com ela. A física quântica a partir de seus experimentos como o Experimento de Escolha Demorada, de John Wheeler, chegou à conclusão, segundo sua afirmação que “em nível quântico a realidade não existe se você não está olhando para ela”.

Você tem várias possibilidades e pode imaginá-las como caixas diferentes que estão à sua frente. Cada uma delas traz algo, e você pode escolher qual abrir ou não. Pode deixar uma caixa a vida inteira fechada, sem colapsar com o que tem lá dentro.

A realidade é criada quando nossa consciência foca em algo, seja bom ou não tão bom. Você escolhe como pensa, como se sentir e o que atrai ao seu olhar. É aí que as coisas acontecem. Então podemos escolher tudo o que queremos?

Em sentido amplo, sim. No que concerne a construção de nossa vida mental, emocional e, por fim, material. Lembrando que existem leis naturais da vida terrena, que regem os limites de nossas intenções. A sua liberdade termina quando começa a liberdade do outro. E entenda que é na prática da vida terrena que devemos conquistar e materializar a realidade desejada, fazendo a parte que nos cabe.  

Leve sua mente para um acontecimento do passado e diga ao corpo:
- Ei, viva isso agora! Emocione-se!
Então, esta será a realidade que o corpo e a mente experimentarão e farão com que o passado sobreviva em você.


Da mesma forma você pode leva-los para um futuro, que gostaria que acontecesse, imaginando todos os detalhes como realidade.
Se você pretende mudar algo em sua vida, comece por compreender que isto é possível e a ciência tem nos revelado o que há muito tempo os holísticos já sabem.
Tomamos a contramão da consciência universal, à medida que nos tornamos adultos rígidos. Identificamo-nos com a infelicidade, com padrões de comportamento estereotipados. Afastamo-nos de uma realidade próspera porque escolhemos ser apenas uma gota no oceano.

Quando você olha uma criança brincando, ela já está tentando imitar aqueles que estão a sua volta, na criação de seu ego, mas ainda traz com intensidade a naturalidade de seu ser. O seu corpo é flexível e se move em asanas (posturas do yoga), sem nunca ter feito uma aula. Ela não está presa na mente identificada.
A criança se cura com mais facilidade das doenças, porque ela não tem nenhuma crença limitante sobre sofrimento nesta vida. Sua mente está mais acessível a novos conhecimentos, suas emoções não estão reprimidas. Ela está mais conectada com a consciência universal e cheia de potencial criativo e realizador.
Os céticos veem pela ótica da primazia da matéria. Enfatizam a genética e outras verdades relativas, mas aos poucos, estamos evoluindo e tomando consciência de que a vida material é a realidade reflexa, densa e fragmentada da Mente de Deus.

Para acessar a consciência quântica é necessário sair do estado mental vulgar, em que a dualidade não permite a plenitude. Você apenas vive seu ser partido ao meio quando está na mente identificada. O caminho da transformação acontece a partir da desidentificação com o ego e a conexão com a Mente de Deus.

Escolha se quer ou não abrir a caixa e ver o que tem lá dentro. Tudo depende de você, a sua realidade é sua responsabilidade. Mesmo que as coisas pareçam muito difíceis, você é capaz de cocriar sua existência e sua plenitude.
Afaste-se do que faz seu coração sofrer. Escolha ser feliz!

Seja Amor!

Para saber mais sobre Transpessoal e Nadya Prado acesse http://www.psicologiaespiritualista.blogspot.com.br

Curta página oficial de Nadya Prado no facebook: http://www.facebook.com/nadyapradonamaste

Inscreva-se no canal do youtube: http://www.youtube.com/nadyaprem

Texto Revisado



Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Total de 2 votos

Autor: Nadya Prado   
Técnica Naturopata, Terapeuta Transpessoal, Life Coach, PNL e Yogaterapia. Atendimento para Orientação e Terapia Transpessoal, informe email: nadyarsprado@gmail.com Mais sobre Transpessoal em: www.psicologiaespiritualista.blogspot.com.br
E-mail: nadyaprado@uol.com.br
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 12/09/2017
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.