Artigo de Paula Teshima: O que fazer para que o seu animal falecido reencarne de volta para Você? - | Artigos do Clube
 
O que fazer para que o seu animal falecido reencarne de volta para Você?  
   

O que fazer para que o seu animal falecido reencarne de volta para Você?

Autor Paula Teshima - paula.9607@hotmail.com


Você sente muita saudades do seu Pet falecido? Ou gostaria de sempre estar convivendo com a alma do seu Pet atual? Acredita que os animais reencarnam e adoraria que, um dia, pudesse tê-lo de volta? Se o seu desejo é esse, confira os dois pontos importantíssimos a seguir. são as três atitudes e comportamentos favoráveis para que isso ocorra.

1. Ter uma mente aberta, se autodesenvolver, desejar evoluir

Como que você quer que o animal volte para sua vida, se você não acredita e não conhece sobre as leis do universo, o poder da mente humana, em reencarnação nos animais, que eles possuem alma, não busca melhorar as inferioridades da sua personalidade, não ora, não se conecta com o Criador, não busca por novidades e oportunidades?

O Criador e os mentores dos animais enviam um animal para os humanos que realmente estão aptos a crescer, aprender e evoluir juntos. Um Pet não é apenas cuidados, carinho e companhia. Existe a questão da evolução da alma. Todo relacionamento, qualquer que seja, tem como finalidade principal, a evolução em conjunto. Evoluir significa ter novas experiências, aprendizados e curar as inferioridades da alma.

Deus te deu o livre arbítrio, você pode escolher o que quiser, o que fazer, quando fazer, como fazer ou não fazer nada. No entanto, se Ele ver que você não cuidou direitinho do seu animal, não fez as coisas corretamente, não teve grandes aprendizados, ou seja, você não cumpriu o papel de ser um dono responsável, provavelmente não será concedido o retorno deste animal para você. E sim, para uma pessoa que esteja num processo evolutivo semelhante a dele, e que tenha condições de promover benefícios a ambos. Nesse caso, o que pode acontecer, é vir uma outra alma animal, com um nível evolutivo diferente, que seja mais adequado para a maneira que você irá tratá-lo.

Então, se você quer encontrar o seu animal novamente, trate de cuidá-lo bem, em todos os aspectos. Sem se esquecer de que o foco principal é na evolução, tanto sua como a do animal. Crie desafios, faça-o raciocinar, leve-o a lugares diferentes, e se pergunte: “Qual foi o motivo que o Criador me concedeu exatamente este animal? Qual o aprendizado que temos que ter juntos? O que tenho que melhorar na minha vida? Qual a mensagem que ele veio me revelar?” Relaxe e medite que a resposta virá.

2. Gratidão

A gratidão é uma das leis mais poderosas do universo. Quem utiliza-a corretamente, vive sempre em estado de felicidade e plenitude. Quanto mais foco e atenção você der para aquilo que você é grato, o universo te trará mais situações para você continuar sendo grato.

Então, se você realmente quer que a alma do seu Pet volte para você, seja grato por tudo o que ele fez, mesmo se forem coisas que te desagradaram, pois, se você prestou atenção, certamente teve algum aprendizado ou alguma mudança para melhor.

Agradeça cada dia que você conviveu ou convive com ele, agradeça pela sua presença, sua companhia, seu carinho, a forma como ele te protege, as brincadeiras, o jeito de ser dele. Se possível, adquira um caderno novo, e escreva toda a sua gratidão por ele. Vá listando tudo o que lembrar, por quanto tempo for necessário, e todo dia, leia item por item, feche os olhos, emocione-se, sinta uma profunda gratidão por isso ter acontecido. E termine com a sensação de saber o quanto que você foi ou é uma pessoa abençoada e merecedora por ter vivido tudo isso.

E por último, agradeça imensamente ao Criador, aos anjos e aos mentores do seu animal, por terem confiado em você para cuidá-lo aqui na Terra. Sinta-se honrado e respeite esses seres superiores que sempre sabem o que é melhor para cada um. E peça a eles que, se possível, você gostaria de reencontrar a alma do seu animal, nesta existência ou num outro momento que for mais adequado para ambos.

Uma coisa importante que tem que ficar claro é o seguinte: não somos nós que temos a vontade ou que escolhemos o Pet que vamos ter, nem mesmo no momento em que escolhemos um filhote numa ninhada. Naquele primeiro impulso de desejo que temos, se for um desejo da alma, e não do ego, é um impulso de chamado, uma intuição de que aquele é o momento certo para se ter um Pet.

Esse chamado vem da alma do seu Pet, chega até você dizendo que ele está pronto para viver ao seu lado, e, que, inevitavelmente, o Universo, de alguma forma, irá fazer com que vocês dois se encontrem – através de doação, compra, presente ou qualquer outra forma inexplicável. E pode ter certeza, não há erros. O Pet que você tem ou teve é ou era exatamente aquele ser que estava destinado a conviver exatamente naquela fase da sua vida.

blog.petespiritual.com.br
www.petespiritual.com.br
www.caminhosdailuminacao.com.br

Curta Paula Teshima no Facebook, clique aqui!

Inscreva-se no meu Canal do Youtube, clique aqui!

www.somostodosum.ig.com.br/clube/artigos.asp?id=15962

 

 

 



Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   

Autor: Paula Teshima   
Escritora e Especialista na Espiritualidade dos Animais. Acredita que quando encontramos e vivemos o nosso propósito maior, a felicidade, a saúde, a prosperidade e todas as coisas maravilhosas da vida surgem naturalmente.
E-mail: paula.9607@hotmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 20/03/2017
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.