Artigo de Bruno J. Gimenes: Os valores morais importam para minha missão? - | Artigos do Clube
 
Os valores morais importam para minha missão?  
   

Os valores morais importam para minha missão?

Autor Bruno J. Gimenes - bruno@luzdaserra.com.br


Quando falamos de valores morais, você já deve imaginar a presença de dois fatores: um tipo de comportamento que se apresenta constantemente e pode ser uma forma de rigidez.

Uma crítica para algo ou alguém porque atualmente a nossa sociedade está muito maluca. Eu não estou aqui para dizer o que é ou o que não é certo, até mesmo porque não tenho elevação suficiente para isso. Mas tem algo que você precisa saber e começar a perceber no seu convívio. As pessoas que estão sintonizadas com um ou mais valores morais e os seguem tendem a demonstrar mais discernimento, são pessoas mais organizadas e mais decididas.

A discussão fica acirrada, entretanto, quando nos lembramos de que o que não é um valor moral para um pode ser um valor para outro. Por isso, em vez de discutirmos sobre os valores em si, eu só peço que você reflita comigo sobre três conceitos que vou expor abaixo, porque eles são necessários para você se alinhar com a força da sua missão pessoal e tirar proveito deles até o final desse artigo.

O que é ética e o que é moral para você? Por favor, tente responder consultando apenas a sua mente e não o Google, ok? Apenas para você fazer uma reflexão.

Haja o que houver, seja qual for a resposta que você encontrar, saiba que você precisa criar para a sua vida um código próprio de ética e definir os valores morais com os quais você realmente se importa. Moralismo. O que seria moralismo para você? Reflita e encontre dentro de você uma resposta bem particular. Entenda que o moralismo é visto popularmente como algo pejorativo, mas o moralismo, quando falamos de princípios e valores, tende a ser algo que guie as ações de um indivíduo para uma forma de agir coerente e bem fundamentada em seus valores pessoais.

Busque a sua Missão. Hoje e sempre! O tempo todo! Dedique grande parte do seu tempo e energia para encontrar e realizar a sua missão. Deixe bem claro seus valores morais em cada atitude, em cada parceria, em cada relacionamento e nos pequenos atos da sua vida. Construa seu caminho de forma ética. Tenha muita clareza de que os seus atos estão dentro da ética na qual você acredita. Por último e mais importante: faça o que tiver que ser feito para viver a sua missão, com ética e valores morais.

Contudo, certifique-se totalmente de que:

Você não aumente o sofrimento do mundo;
A sua ética não prejudique o mundo;
Os seus valores morais não angustiem o mundo;
Os seus valores pessoais enalteçam o amor, a alegria e o respeito;
A sua missão esteja relacionada a melhorar o mundo, melhorar as coisas ao seu redor e principalmente construir o seu caminho de evolução pessoal;
A sua missão, seus valores e sua ética estejam contribuindo para acabar com a sua sombra interna, diminuindo o seu egoísmo, acabando com a sua intolerância, desamor e aumentando a sua compaixão.
E aí? O seu código de ética e os seus valores morais sobrevivem a esses seis pontos? Se a sua resposta foi sim, acredite: tudo indica que você está no caminho certo. Se a sua resposta for não, repense, reflita, reforme-se! Busque a sua missão de vida! Tarefa que parece bem complicada, não é mesmo?!
E pode até ser se você não tenha os métodos certos para encontrá-la. Mas você sabia que para começar a percorrer este caminho existe apenas uma decisão que precisará ser tomada? A escolha é simples: sofrer ou ser verdadeiramente feliz.

Existem dois segredos para ajudá-lo nisto:

Deixar definitivamente o comodismo de lado. É ele que o impede de traçar novos objetivos e decida viver a vida que sempre sonhou.
Comprometimento com você mesmo.

Bruno Gimenes e Redação Luz da Serra

Texto revisado


Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   

Autor: Bruno J. Gimenes   
Professor e palestrante, ministra cursos e palestras pelo Brasil.
E-mail: bruno@luzdaserra.com.br
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 27/01/2017
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.