Artigo de Bernardino Nilton Nascimento: Quero viver longo tempo - | Artigos do Clube
 
Quero viver longo tempo  
   

Quero viver longo tempo

Autor Bernardino Nilton Nascimento - bn.nascimento@uol.com.br


Meu verdadeiro interesse de viver uma vida longa está no esforço para participar das grandes mudanças que vão acontecer com as raças existentes no planeta e fazer parte dessa mudança na Terra e da grande evolução do ser humano.

Diversos fatores, para os quais já algumas vezes me chamaram a atenção, tornam cada dia a exigir de mim mais forças, mais equilíbrio, mais humildade, mais compaixão, mais caridade, mais compreensão e muito mais amor pelo ser humano. Estar unido para passar pelas transformações, com menos sofrimentos e dores. O planeta e o ser humano passaram por diversas mudanças, com grandes sofrimentos e perda de vidas; outras, com todos os tipos de vidas existentes no planeta, uma mudança rápida e dolorida extinguindo quase todas as gerações existentes no planeta.

Na evolução do planeta, na ascensão do ser humano para a união completa da humanidade, sempre faltou e não pode continuar faltando o “amor”, entre os seres humanos, essa é a grande transformação do ser humano para a união comum com seu Deus pessoal, preexistente e transcendente, tais são as etapas pelas quais espero viver.

Quero viver para sempre, para poder mostrar a Deus que sou um soldado para ajudar a unir a humanidade em um propósito de compreensão religiosa, politica, respeito, liberdade, equilíbrio e amor ao próximo. Quero mostrar a Deus e aos meus colegas ateus que não tenho dúvidas de sua existência superior, como não tenho dúvidas do mundo espiritual. Pois, bem antes da existência da ciência, meus antepassados já exaltavam e respeitavam o mundo dos espíritos, afinal, os médicos da alma surgiram primeiro.

Quero viver para sempre, no vai e vem, para participar das transformações e das descobertas do ser humano e vivenciar a grandeza que é a humanidade. Surgiremos com mais conhecimento sobre Universo. Estaremos mais elevados, mais parecidos com o semblante de Deus. Estaremos eternizados perante aos olhos de cada um de nós e pela natureza. A corrente poderosa e imperturbável da evolução levará a humanidade para o seu acabamento final.

Quero ficar sempre até o fim, velho, doente ou não, mais me deixa ficar sempre aqui para participar, sentir em minha alma a minha transformação, pode ser dolorida ou não, mas estarei sempre do lado da Luz Divina.

Quero viver muito tempo, e em todos os tempos, para sentir o amor pelo todo, quero olhar e enxergar cores vivas em todas as direções e em todos ser humano. Quero adquirir na transformação, uma expressão precisa e extraordinariamente viva do ser superior, quero ver a ciência conviver com os milagres. Quero sentir a presença de cada ser humano como forma de religião, porém não em divisões, e sim, em uma só direção e um só coração. A religião da evolução que, sozinha, pode sobreviver no coração da humanidade de amanhã.

Quero viver não para me exercitar e dizer que estou jovem, porém, com conhecimentos, experiências e aceitação da minha velhice e ter a tranquilidade de partir, mais sabendo que voltarei. O verdadeiro interesse pela minha vida reside desde longo tempo, sempre com o esforço para uma descoberta ainda maior, que é a evolução do ser humano e saborear a grande vitória do ser humano sobre o próprio ser humano.

Pode parecer estranho este meu desejo, porém, acho possível formular uma lei geral, no qual obedeça a evolução na Terra, apesar do caráter incompleto de nossos conhecimentos com relativos fatores concretos que determinam esta evolução, ou a passagem de uma forma de vida inferior a uma forma superior. Uma lei que teria valor divino para iluminar a todos para um só caminho para a evolução superior.

O ser humano evoluído será aquele que adquirir maior número de elementos e sentimentos indispensáveis, a grande variedade de compreensão, ligados em uma rede de energias mágicas e fechadas entre nossas relações. Um poder mágico de um amor ao próximo que tudo poderá realizar com um pequeno gesto, um piscar de olhos, um simples e singelo levantamento de umas das mãos, ou seja, qualquer geste que transborda o ser humano de paz e amor.

Quero viver muito tempo, para ver o ser humano único, em que todos os seus pensamentos não podem aparecer nenhum tipo de maldades, que seu coração sinta um só nascimento, isto é, em união com o que é seu maior desenvolvimento do conjunto do todo.

O ser humano e o planeta Terra atingirão sua mais alta evolução, e não será mais necessário passar mais pelas transformações. Eu tenho fé, confiança e acredito.

BNN



Texto revisado




Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   

Autor: Bernardino Nilton Nascimento   
-Não seja um investigador de defeitos e, sim, um descobridor de virtudes.
E-mail: bn.nascimento@uol.com.br
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 25/01/2015
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.