Artigo de Daniele Alvim: A Prosperidade e a Abundância na Visão da Aura-Soma - | Artigos do Clube
 
 
   

A Prosperidade e a Abundância na Visão da Aura-Soma

Autor Daniele Alvim - danielealvim@hotmail.com


“A consciência de prosperidade independe da quantidade de dinheiro que se tem no bolso, mas a quantidade de dinheiro que se tem no bolso depende da consciência de prosperidade”. Desde o dia em que li este pensamento em alguma revista – e isso já faz alguns anos – nunca mais me esqueci. Acredito que pela verdade que encerra.

Qualidade nada tem a ver com quantidade, mas o contrário, sim. E aqui a qualidade de um pensamento ou um sentimento em relação a ser próspero e conseqüentemente, atrair a abundância (quantidade...), é o fator preponderante. Mas o que significam propriamente as palavras “prosperar” e “abundância”? Pesquisei em alguns dicionários e encontrei as seguintes significações para a primeira: bom êxito, venturoso, progredir, melhorar, afortunar, desenvolver, enriquecer, florescer, algo favorável, propício. Já para a segunda, os sinônimos são os seguintes: fartura, exuberância, abastança, fecundo, fértil, opulência, riqueza, grande quantidade de algo, produtivo.

Pode-se perceber, portanto, que prosperidade atrai abundância, mas a abundância não significa prosperidade. Complementam-se, mas não se confundem. Há pouco tempo soube de um caso de uma senhora que vivia pedindo dinheiro aos vizinhos e dizia-se miserável. Após sua morte, soube-se que possuía mais de 50 imóveis e que deixara tudo para uma amiga – também rica – pois tinha certeza de que ela não iria dissipar seu patrimônio. Seria esta senhora uma pessoa com consciência de prosperidade? Parece-me que não. Por outro lado temos o exemplo de Chico Xavier que doava toda a verba a que teria direito com a vendagem de seus livros para instituições de caridade, contentando-se em viver com um ínfimo salário de funcionário público. Vocês têm alguma dúvida de que Chico Xavier foi um homem próspero?

É neste sentido que a prosperidade seria algo imaterial, manifestando-se em um estado de consciência capaz de atrair para si todas as circunstâncias possíveis para que venhamos a concretizar nossos projetos, fazê-los florescer e dar frutos. E estes frutos (a abundância...) não são apenas os materiais - estes são apenas uma conseqüência natural - mas sim o sentimento de realização, satisfação interior e verdadeira felicidade.

Quer dizer, então, que é só isso? Vocês podem me perguntar. Então é só ter consciência de prosperidade e está resolvido? Sim... A questão é que nem sempre conseguimos acessá-la. E os motivos são os mais variados. Se você reconhece que possui pensamentos e sentimentos tais como raiva, inveja, orgulho, ambição desmedida, ódio, tristeza, cobiça, ciúme, mágoas, escassez, egoísmo, preguiça, carência, insegurança, instabilidade, inadequação, falta de fé, falta de confiança, culpa, confusão, desequilíbrio emocional, medo, apego, falta de direcionamento, falta de auto-estima, falta de auto-respeito, falta de amor e outros do gênero em alguma área de sua vida... Se reconhece que possui ao menos um desses aspectos presente em qualquer setor, quais sejam: relacionamentos, família, amigos, profissão, trabalho, espiritualidade, provavelmente não está sendo próspero ao menos em relação a esta área ou mesmo em todas elas.

Por detrás desses sentimentos e pensamentos geralmente está a mensagem de que “não somos merecedores” e se não somos merecedores não podemos obter aquilo que desejamos seja lá o que for: amor, felicidade, satisfação emocional, amigos, um bom emprego, uma família feliz, a concretização de nossos projetos, paz, equilíbrio... e nem ganharemos dinheiro (e por que não ganhar dinheiro?).

Na visão da Aura-Soma esses obstáculos são desafios que podem vir a se tornar verdadeiros presentes quando conseguimos transpô-los, e A FORÇA DO PENSAMENTO POSITIVO É A MOLA MESTRA ATRAVÉS DO QUAL MUDAMOS NOSSOS PADRÕES DE CONSCIÊNCIA LIMITANTES, AVANÇAMOS NA VIDA E ATRAÍMOS PARA NÓS MESMOS TODA A ABUNDÂNCIA E PROSPERIDADE QUE QUISERMOS.

Cada vez que triunfamos sobre nossas resistências, aproximamo-nos mais e mais daquela fonte de energia inesgotável de onde podemos obter tudo o que desejamos e no momento em que desejamos. E este manancial a que externamente damos o nome de Deus, encontra-se, primeiramente, dentro de nós mesmos.

E na medida em que reconhecemos a essência de nosso ser divino e ilimitado, descortinando paulatinamente os véus que nos afastam de quem realmente somos, podemos ter acesso aos nossos dons únicos, aqueles que trazemos especialmente para serem compartilhados com o mundo. Compartilhando nosso “ouro” interno com os outros – esses dons e talentos singulares que também podemos descobrir através de uma leitura de Aura-Soma - colocamo-nos no fluxo da vida e, então, a chamada lei do retorno se faz presente em forma de prosperidade e abundância em todos os setores.

Então, aquilo a que chamamos de derrota ou fracasso deixa de constituir qualidades em si mesmas para serem nada mais do que a representação dos desafios internos escolhidos por nós em nossa caminhada rumo à vitória. Vitória que é sempre certa conquanto não desistamos no meio do caminho.

Prosperidade, abundância e felicidade para todos vocês!

Texto revisado porCris


Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   

Autor: Daniele Alvim   
Daniele Alvim é Escritora, Terapeuta e Professora de Aura-Soma
Visite seu Blog, Twitter e minha comunidade de Aura-Soma no Orkut.

E-mail: danielealvim@hotmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 20/03/2006
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.