Esqueci a senha
 

 
Não existe nada nem ninguém mais importante em sua vida do que você mesmo
Bookmark and Share

Não existe nada nem ninguém mais importante em sua vida do que você mesmo

por Aurora de Luz - auroradeluz1@gmail.com

Não existe nada nem ninguém mais importante em sua vida do que você mesmo. Você é a coisa mais importante da sua vida. A sua satisfação pessoal é mais importante que a satisfação pessoal de quem quer que seja não importa o quão importante essa pessoa seja para você. Não há absolutamente nenhuma maneira de você manter aquilo que é importante para você sob seu controle o tempo todo. A vida é mudança.

As pessoas que estão ao seu lado hoje ao qual você se dedica inteiramente em detrimento a si próprio podem não estar ao seu lado amanhã. Isso é um fato, ninguém consegue ficar ao lado de alguém ou de algo para sempre, por mais importante que seja para você.

E dedicar toda sua vida a esse algo em detrimento de seu próprio desenvolvimento é insensato.

A razão da sua vida é você mesmo. A sua família está ao seu lado, não faz parte de você. Por mais que você não queira enxergar isso, é apenas uma situação transitória. O preço a se pagar pelo abandono de si mesmo pode ser muito mais alto do que você um dia imaginou.
E inevitavelmente o arrependimento vai chegar no dia que o passado bater as suas portas cobrando a dívida do abandono de si mesmo.

Não estou dizendo para você abandonar aquilo ou quem você ama ou é importante para você, estou dizendo para você não se abandonar. Se complicar, complicar sua vida por quem ou o que quer que seja é estúpido.

Procure compreender os mecanismos que as pessoas se desenvolvem, que as patologias se expressam nas pessoas e verá que tudo é caminho. Então você passará a compreender que não deve se intrometer no desenvolvimento da pessoa, por mais que você saiba que o caminho que a pessoa está tomando não é o que você tomaria se tivesse no lugar dela, por mais que você veja que inevitavelmente vai acabar em sofrimento.

Esse é o caminho que a pessoa consegue tomar nesse momento, que o nível de desenvolvimento dela consegue, quem sabe quando ela estiver mais madura no futuro ela não tome outro caminho melhor que até mesmo te supere? Não se pode esperar que uma criança que está aprendendo a andar saiba ler e escrever. Ninguém força uma criança a isso, por sabe que tudo está há seu tempo.

Por que, então, você quer forçar o desenvolvimento dos outros à sua volta? Quem sabe se você mesmo não está patinando no seu desenvolvimento? Com certeza está, pois senão não estaria na situação de abandono de si mesmo que está atualmente. Depois que o passado bate a porta e te traz o justo sofrimento para seu despertar você chora e cobra dos outros aquilo que você mesmo não dá para você, carinho, amor, atenção, ou seja, lá mais o que for.

Outra estupidez humana é imaginar que se você der ao outro aquilo que você deseja para você, amor, aconchego, atenção, reconhecimento, o outro vai te retribuir e você vai ser preenchido em sua necessidade. Obviamente isso não dá certo, nunca deu. Pode tentar se quiser. Qual é o problema de você dar a si mesmo o que você precisa? Que seja aconchego, carinho, amor, reconhecimento. Dê a você mesmo aquilo que você precisa! Se você precisa que os outros te dêem isso, ou sente a necessidade disso é porque você não está dando para você mesmo. Você está se abandonando e pondo a culpa no outro.

Existem milhares de pessoas imaturas pela vida afora que se fazem de vitimas, para manipular o outro através da pena e fazer com o outro trabalhe para elas, para que o outro faça aquilo que elas mesmas não se dão ao trabalho de fazer. Esses são nada mais do que algozes em busca de suas vítimas, lobos se disfarçando de cordeiros atrás dos bondosos cordeirinhos para os fazerem de escravos de suas vontades e seus caprichos. Fujam destes.

Apesar de quem está centrado em si mesmo, em seu desenvolvimento, em criar uma família madura que seja capaz de enfrentar a vida de frente sem usar nenhum artifício para fugir da luta, estes não tem o que se preocupar, pois jamais se deixarão cair nas garras de pessoas assim. Já os outros vão viver em função das pobres vitiminhas, incapazes de cuidar da própria vida, pois estão ocupadas demais cuidando da vida dos outros e dando com os burros nágua.

Texto revisado



por Aurora de Luz   
Lido 6868 vezes, 78 votos positivos e 1 votos negativos.   
Visite o Site do autor.   

Gostou deste Artigo?
Sim Não    
Imprimir
este Artigo
Enviar para
um amigo
Outros Artigos
deste autor


© Copyright 2000-2014 SOMOS TODOS UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
PRINCIPAL ARTIGOS
LOGAR PRODUTOS
ASSINAR SERVIÇOS
PARTICIPANTES EVENTOS