Artigo de Flávio Bastos: Cuidado com as aparências! - | Artigos do Clube
 
Cuidado com as aparências!  
   

Cuidado com as aparências!

Autor Flávio Bastos - flavio01bastos@gmail.com


Para compreendermos o mal que existe em nós mesmos, precisamos aprofundar a investigação do psiquismo humano relacionado à sua natureza de conexões interdimensionais, e a cura das patologias psiquiátricas mais severas passa pelo estudo do mal como resultante das escolhas do espírito reencarnado que ferem as leis naturais que regem a vida no universo. Desconsiderar a investigação do inconsciente sob o enfoque interdimensional é manter um estado de coisas e adiar, por tempo indeterminado, a possibilidade de cura das psicopatologias estruturais que muitos transtornos causam ao seu portador e à sociedade. É o que abordaremos a seguir, a partir da ótica da psicoterapia interdimensional.

As máscaras escondem o que verdadeiramente somos, e essa verdade camuflada pelas artimanhas do psiquismo são reveladas à medida que convivemos com certas pessoas, principalmente aquelas nas quais depositamos a nossa confiança e, muitas vezes, o nosso amor.

No sentido espiritual e psíquico, somos individualidades que peregrinam num vai e vem pelas experiências reencarnatórias em busca de auto-afirmação, afeto e apoio. E quando diante das leis naturais as escolhas pelo livre arbítrio nos desequilibram, tornamo-nos individualidades ainda mais afastadas do Todo e da verdade de si mesmos.

Dessa forma, muito centrados no eu inferior e dependentes da satisfação dos instintos, ao longo das sucessivas vidas construímos máscaras que dissimulam o nosso caráter e moldam a nossa personalidade conforme interesses alimentados pela vaidade, orgulho, egoísmo e ambição desmedida.

Quando combinado com experiências traumatizantes na infância, pela ausência, rejeição, abusos ou abandono das figuras referenciais (pai, mãe), os traços negativos de caráter se acentuam, podendo levar o indivíduo a desequilíbrios ainda mais severos que comprometem a sua lucidez e o foco saudável da vida.

A delinquência, que não escolhe condição social é um exemplo de como o desequilíbrio psíquico-espiritual encontra-se espalhado por todas as camadas da sociedade. Se riqueza material, status, notoriedade ou currículo fosse sinônimo de honestidade ou saúde mental, viveríamos em um mundo onde os ricos seriam referência ética e moral. Mas sabemos que não é isso que acontece, pois os maus exemplos estão aí, por todos os lados, tanto no âmbito político quanto nos âmbitos social, profissional ou religioso.

Portanto, cuidado com as aparências que dissimulam verdades interiores e camuflam o verdadeiro caráter. Não se atire de corpo e alma em uma relação que exige, antes de mais nada, conhecer a pessoa a qual você pretende confiar, seja no âmbito das relações afetivas ou no âmbito das relações profissionais. Caso contrário, é real a possibilidade de você se decepcionar e sofrer com a experiência.

Desequilíbrios psíquico-espirituais que a psiquiatria informa serem da ordem das "psicopatias", que são psicopatologias estruturais comprometedoras da saúde mental, representam a síntese reencarnatória do indivíduo portador. A psicopatia, portanto, é o desequilíbrio que mais compromete o indivíduo pelo fato de estar íntimamente associado à perversidade como traço marcante de sua trajetória como espírito reencarnante.

E entre nós existe um considerável número de mentes perversas tentando colocar em prática as suas táticas de dissimulação e manipulação segundo interesses mais imediatos. Encontramos esses indivíduos disfarçados de "bons partidos" na área dos relacionamentos afetivos, em funcionários exemplares no serviço público ou privado, e em cargos de chefia ou de alto escalão nas áreas política e empresarial. Mas, às vezes, essa pessoa pode morar ao nosso lado ou dividir a cama na qual dormimos...

A confiança deve ser uma conquista baseada no conhecimento do outro, e para conhecermos o outro precisamos de tempo e percepção aguçada, caso contrário, podemos cair nas armadilhas montadas pelas nossas emoções, sentimentos transferenciais e pela tática de sedução daquele(a) que desconhecemos.

Ao longo dos milênios, a prática da perversidade moldou mentes maquiavélicas a serviço de uma densa energia psíquico-espiritual a qual denominamos "mal", que é a ausência do "bem". Essa energia deletéria estabelece contato interdimensional, imperceptível aos sentidos comuns, mas captada por sensitivos em lugares onde a maldade foi praticada, mesmo que seus autores já não mais existam fisicamente.

Mentes impregnadas dessa energia, que tanto pode ocupar uma cela de um presídio de segurança máxima, como ocupar um cargo de alto escalão público ou uma luxuosa cobertura de um condomínio localizado em um bairro nobre, são responsáveis, em grande parte, pelos golpes contra o patrimônio público ou todo tipo de ação premeditada que vai contra os interesses do bem comum e da ética humana.

Perdidos no redemoinho de uma energia deletéria que realimenta novas ações no campo da delinquência, e sem senso moral ou ético de suas práticas perversas, o psicopata é um reincidente contumaz e sem perspectivas imediatas de cura. Vítima de si mesmo e dos processos obsessivos gerados pelo livre arbítrio, ele se apresenta aos incautos ou carentes de afeto como a solução de seus problemas.

No entanto, no dia a dia da convivência, as máscaras, inevitávelmente, começam a cair e a mostrar a personalidade que há por trás das aparências, revelando um caráter associado à sede de poder e à formas de violência implícita ou explícita que usurpam, ferem e matam.

Cuidado com as aparências! A confiança é uma conquista que exige como regras básicas a percepção aguçada, discernimento, tempo de convívio e, finalmente, aprovação para uma relação de caráter afetivo ou profissional. O contrário é uma "roleta russa", ou seja, uma aposta no escuro onde a sua sorte está em jogo.

www.flaviobastos.com



Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   

Autor: Flávio Bastos   
Flavio Bastos é criador intuitivo da Psicoterapia Interdimensional (PI) e psicanalista clínico. Outros cursos: Terapia Regressiva Evolutiva, Psicoterapia Reencarnacionista, Terapia Floral, Psicoterapia Holística, Parapsicologia, Capacitação em Dependência Química, Hipnose e Auto-hipnose e Dimensão Espiritual na Psicologia e Psicoterapia.
E-mail: flavio01bastos@gmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 18/06/2011
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.