Artigo de Vera Godoy: Afastando os Fantasmas da Desilusão - | Artigos do Clube
 
Afastando os Fantasmas da Desilusão  
   

Afastando os Fantasmas da Desilusão

Autor Vera Godoy - contato@veragodoy.com


Nosso eu mais profundo trava uma dura batalha dentro deste panorama violento, conturbado, cruel, da dimensão em que vivemos. Se quisermos alcançar consciência e nos purificar deixando para trás qualquer resquício de karma, precisamos de muita força, coragem, discernimento, e amor para encontrarmos soluções que nos permitam enfrentar essa difícil caminhada e, acima de tudo, ter confiança no Plano Divino para nos encorajar a não perder a fé no ser humano.

Esse ambiente hostil de impunidade sustenta o homem tridimensional, que não coloca como prioridade na sua vida a integridade e a verdade, a falta de princípios éticos e morais, o uso correto da sensibilidade e da percepção, o que lhes dificulta galgar os degraus evolutivos.

Muitas vezes, o nosso espírito, descontente, cansado e desiludido de viver nessa matéria, refugia-se na alienação e na passividade, outras ainda, rebela-se encenando papéis que nunca pensou um dia ser necessário, como usar a roupagem do materialismo. Nenhuma das duas opções significa equilíbrio, exigido pelo Criador do universo.
Somente quando estamos sintonizados com nossa Divina Presença somos capazes de servir. Só alcançamos a vitória plenos de luz alicerçando nossos aprendizados na conexão com a Fonte.

Às vezes nos deixamos abater pelo desânimo, saudade, e sentimos até aversão pela matéria e isso não contribui em nada para nossa escalada evolutiva.
Só adiamos aprendizados importantes entrando na sintonia negativa do desejo, às vezes incontrolável, de nos despojarmos desse corpo e galgarmos outras dimensões, sem dor e sem sofrimento.
Somos importantes aqui nesse plano denso, para servirmos de veículo para o trabalho dos Seres de Luz, e como é difícil encontrar esse equilíbrio! Aprender a olhar a beleza, a perfeição contidas na essência de todas as coisas, todas as pessoas e da natureza, e acompanharmos o movimento do planeta, que cresce para uma dimensão de amor e sabedoria, é a solução.

Afastarmos o fantasma da desilusão olhando para um movimento que também está acontecendo, paralelamente, ao movimento "físico" do planeta, e, que pouco se comenta, no entanto, é ele, o maior responsável pelas mudanças em todos os níveis para todos os seres humanos. É o movimento interno, que estimulado pelo movimento planetário, acontece com todos nós, acreditando ou não. Somos forçados a mudar, a crescer, a evoluir, com dor e sofrimento ou com amor e sabedoria.
A aura planetária está se rompendo e diluindo todos os "véus" que impediam que víssemos todos os aspectos mais profundos de nós mesmos, dos nossos irmãos, e das situações, com mais clareza e com verdade, e, infelizmente, somos levados a nos confrontar conosco mesmos e com todos à nossa volta, sem máscaras, pois, elas caem sem dó e nem piedade.

Nessa nova vibração, ficamos vulneráveis a nós mesmos, a tudo, e a todos. Tudo que um dia foi importante perde a sua relevância. Aquilo que foi construído em bases antes estáveis, quebra-se. O que estava no escuro, é agora iluminado. Ou nos ajustamos para viver realidades mais saudáveis aprendendo a usar toda a luz disponível, ou criamos um verdadeiro caos à nossa volta, com a finalidade de mantermos as crenças de quem somos. É uma questão de escolha e ela implica em responsabilidade e atitudes corretas.
O ser humano sempre preferiu a fantasia, à realidade, mas, paga um preço muito alto pela sua escolha. A hora é de sair da ilusão!

Mestre El Morya no livro Espiral Crístico diz: "é possível ver a beleza e a perfeição, mas, para isso tendes de dar vosso testemunho de protesto contra as injustiças, a violência e a maldade que ferem a dignidade de vosso espírito, atuando como cidadãos para reverterem estas situações. Aqueles que se esforçam em servir são os verdadeiros arautos da nova era, comparados àqueles que além de não servirem à verdade, só sabem julgar. Sereis merecedores de bênçãos e dádivas proporcionais às vossas obras, sem distinções".

Seremos forçados a ver além das aparências e aprender a confiar "nas nossas percepções" e esse será o maior desafio a enfrentar, caso sejamos teimosos, pois as conseqüências serão muito sérias. Verdade, responsabilidade e integridade, segundo nosso coração, nas escolhas que fazemos.
Quanto mais alto é o nosso padrão de honestidade, verdade, decência e honra, maior a chance de errar, se não confiarmos no que diz o coração.
Nosso desafio será manter o equilíbrio para discernir quem é quem, e sair do comodismo do silêncio para ajudar a limpar a aura do planeta de tudo e de todos os que ferem a sua dignidade.

Vera Godoy



Texto revisado



Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   

Autor: Vera Godoy   
O Núcleo EL MORYA oferece Cursos, Vivências e Terapias. ATENDIMENTOS INDIVIDUAIS. Cadastramento com autorização. E-mails: contato@veragodoy.com Fone:11-2366-1104
E-mail: contato@veragodoy.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 29/03/2011
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.