Artigo de Flávio Bastos: A sabedoria ao alcance de todos! - | Artigos do Clube
 
A sabedoria ao alcance de todos!  
   

A sabedoria ao alcance de todos!

Autor Flávio Bastos - flavio01bastos@gmail.com


"Nós vivemos em um universo que é, ao mesmo tempo, gigantesco o suficiente para nos envolver e pequeno o bastante para caber em nosso coração. Na alma do homem está a alma do mundo, o silêncio da sabedoria" (Paulo Coelho)

A vida,  às vezes, parece não ter sentido, pois são muitas as interrogações que fazemos diante de acontecimentos do dia a dia que nos impressionam e chocam. No entanto, esse é o nosso maior desafio: Fazer a vida ter sentido!

E a nossa existência passa a ter uma lógica - ou coerência -, quando percebemos a própria realidade de uma forma que antes não percebíamos, ou seja, à medida que começamos, através do autoconhecimento, a "filtrar" das nossas emoções o excesso de impurezas que nos desequilibrava.

O envolvimento emocional que tem como origem a demanda afetiva, é o principal fator de desajuste nas relações interpessoais. E uma vez preso na teia de sentimentos não resolvidos com o seu passado, o indivíduo tende a transferir (de si para o outrem) ou contra-transferir (do outrem para si), um conteúdo inconsciente que o desarmoniza, resultando desse estado psíquico-espiritual, insegurança, angústia e inquietação existencial.

Na tentativa de ajudar um amigo ou familiar em crise existencial, muitas pessoas acabam envolvendo-se emocionalmente com a situação e se desestabilizando. Sem a intervenção terapêutica, o leigo mais atrapalha do que ajuda, além de correr o risco de desencadear a sua própria crise. Por isso, principalmente quando as crises são repetitivas, recomenda-se o auxílio de um profissional capacitado.

Portanto, em muitos casos, por mais que tentemos ajudar o outro a (re)encontrar o seu ponto de equilíbrio, tal estado de consciência encontra-se ainda indisponível para a pessoa em crise. Não podemos esquecer que somos seres semelhantes nas aparências, mas distintos no sentido de nossas trajetórias espirituais em que cada um trilha o seu próprio caminho.

O autoconhecimento, por ser um lento processo de cura interior, torna-se uma alternativa de "atalho" entre os dois pontos opostos da trajetória humana, que vai da inquietação à serenidade existencial. Em algum lugar entre os dois pontos nos encontramos na longa caminhada do espírito.

Autodescobrir-se, portanto, requer do indivíduo vontade de conhecer as origens de seus desequilíbrios, e o desafio que o autoconhecimento exige, pode reduzir o tempo de caminhada entre os dois pontos existenciais.

O estado permanente de serenidade, onde o sentimental encontra-se resolvido e o emocional pacificado, é fruto de uma árdua luta interior do indivíduo em busca da felicidade.

Não conquistamos nada sem a força da vontade e da perseverança. O auxílio ao irmão em crise existencial passa pela percepção de que somente ele, através de ajuda especializada, poderá gerar condições internas para superar o momento de aflição.

Serenidade, paz de espírito, tranquilidade interior ou demais denominações que atribuimos a um estado superior de consciência, somente será viável com o processo de autoconhecimento, que poderá durar uma eternidade ou algumas reencarnações do espírito imortal.

Uma mente serena é reflexo de um espírito pacificado, mas que experenciou muitos momentos de turbulências durante as suas reencarnações. E de crise em crise, o espírito que persevera, gradualmente evolui. Essa é a lógica e o sentido da vida, que oportuniza a quem retorna, continuar a sua trilha na direção do autoconhecimento.

Informa um dito popular que em certas ocasiões "mais vale o silêncio do que mil palavras faladas". Sentir-se bem no silêncio é indicativo de evolução espiritual, mas saber calar em momentos de agitação generalizada e de incontinência verbal, é sabedoria.

Em "O poder do silêncio", livro de sua autoria, Eckhart Tolle passa-nos uma interessante dica para quem deseja investir na sabedoria. É o que veremos a seguir.

"Mas o que é sabedoria e onde pode ser encontrada? A sabedoria vem da capacidade de manter a calma e o silêncio interior. Veja e ouça apenas. Não é preciso mais nada além disso. Manter a calma, olhando e ouvindo, ativa a inteligência que existe dentro de você. Deixe que a calma interior oriente suas palavras e ações".

A conquista da serenidade e sabedoria é um direito adquirido pelo ser que despertou para as verdades da vida, e a existência faz sentido quando percebemos mudanças positivas na relação consigo mesmo, com o outrem e com o mundo à nossa volta.

Psicoterapeuta Interdimensional.

www.flaviobastos.com

 


Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   

Autor: Flávio Bastos   
Flavio Bastos é criador intuitivo da Psicoterapia Interdimensional (PI) e psicanalista clínico. Outros cursos: Terapia Regressiva Evolutiva, Psicoterapia Reencarnacionista, Terapia Floral, Psicoterapia Holística, Parapsicologia, Capacitação em Dependência Química, Hipnose e Auto-hipnose e Dimensão Espiritual na Psicologia e Psicoterapia.
E-mail: flavio01bastos@gmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 27/08/2010
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.