Artigo de Daniele Alvim: AVATAR - Você Já Tem o Seu? - | Artigos do Clube
 
AVATAR - Você Já Tem o Seu?  
   

AVATAR - Você Já Tem o Seu?

Autor Daniele Alvim - danielealvim@hotmail.com


Avatar é daqueles filmes que se tem que ver, no mínimo, duas vezes. Uma para entender os meandros dessa simples, porém significativa história, outra para apreciar os efeitos que nos transportam para um mundo mais do que vivo, e por que não acreditar, real e acessível? Avatar fala sobre o Despertar da Consciência humana e dos povos guerreiros que vêm das Estrelas cuja alma é totalmente coração. Sim, existem os seres que não vêm delas, mas afinal, podem passar a vir, se assim intencionarem.

Me chamou atenção a cor dos Navi: Azul Turquesa. Conexão com Tudo o Que Há; sábios, personalidades definidas e decididas, intuitivos, conectados com seu próprio caminho, guerreiros natos, e, de novo, o coração abordado como característica mais marcante.

E, do lado de cá, os humanos. Ai, os humanos. Sem coração. Nem todos. Jake Sully começa a querer ser um dos Navi, ao que tudo indica, consegue; e esse é um ponto. Seria possível, não tendo ele a conexão consciente com o Divino? É possível. Coração é a chave. Sem ele, impossível. Neytiri era de uma personalidade avassaladora, uma autêntica guerreira; isso não a impedia de ser bondosa e de, até, querer ajudar Jake. Ser bom, ter coração, não significa que não se possa ter forte personalidade. É diferente do ego. Ego é narcisista, não é justo, é egoísta. Coração pode ser rude algumas vezes, mas é sempre pelo certo, pelo justo, suas ações são baseadas na honestidade, age com vistas ao futuro, com responsabilidade, pesa suas ações, e nunca intenciona fazer o mal.

O outro lado da moeda: Os humanos e seu líder militar, digamos assim, the "Evil" e a ilusão da morte, da doença, da aniquilação. Mas isso faz parte das forças duais que atuam nesse nosso universo, ainda. Eles tinham o poder e queriam continuar dominando o mundo. Ambição. Mas a ida ao Avatar é irresistível. Acordar é irresistível, e é o destino (oba!) da humanidade. Existem Seres que vêm lá de longe pra ajudar a gente, sabe. Fazem isso por amor. Vestem a camisa. Sofrem o diabo, mas, no final, ver todo mundo experimentando esse estado de amor puro, inocência, prazer saudável e alegria inacabável é muito bom. Coração é tudo de bom! Estar acordado é óootimo, como diz um grande amigo...

Eles fazem parte de mundos diferentes: Ela é um ser divino autêntico; Sully, apenas um humano num corpo de um navi, isto é, um avatar. A união dos dois possibilitou que humanos entrassem no mundo dos navi (será que viria um Avatar 2, por aí?). É interessante observar que os avatares são metade humanos, metade navi (divinos). Esses podem ajudar os humanos a despertarem já que conhecem as vicissitudes do lado de cá e as (grandes) vantagens de estarem despertos e, verdadeiramente, vivos. Uma delas, só para dar água na boca? Morte? Ah! Isso é só um hábito do humano que dorme...

Aproveito para lhes comunicar, meus amados leitores, que vou habilitar o Blog para comentários nos artigos a partir deste sobre o Avatar. Deixem seus comentários aqui, deixem! Vou adorar as críticas também. Gostaria muito de poder trocar com vocês sobre esse maravilhoso filme e que fala de uma realidade que o Planeta Terra já está vivenciando no aqui e agora.

Bjos, Amor, Paz e Luz,.

Texto revisado



Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   

Autor: Daniele Alvim   
Daniele Alvim é Escritora, Terapeuta e Professora de Aura-Soma
Visite seu Blog, Twitter e minha comunidade de Aura-Soma no Orkut.

E-mail: danielealvim@hotmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 08/01/2010
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.