Artigo de Daniele Alvim: O Significado Espiritual da Maternidade - | Artigos do Clube
 
O Significado Espiritual da Maternidade  
   

O Significado Espiritual da Maternidade

Autor Daniele Alvim - danielealvim@hotmail.com


A tarefa de ser responsável por outro ser não é nada fácil. Principalmente nós, mulheres, que temos uma inclinação natural para a maternidade, quando diante dela e da realidade de se ter um filho por quem cuidar, no mínimo, 18 anos, às vezes assusta. E só assusta porque diante dessa grande responsabilidade sabemos que temos que dar o nosso melhor para que nosso rebento se transforme em um adulto consciente e o mais saudável possível em todos os sentidos. E quem disse que somos perfeitos?

Tenho três lindos filhos, duas meninas e um menino. E, mesmo diante de meu inicial terror de não saber como agir diante de alguns desafios (será que vou conseguir passar a mensagem tão bem quanto meus pais o fizeram?), percebi que realmente esses queridos "pestinhas" angelicais possuem a grande vantagem de virem mais espertos que nós, mais safos que nós, cheios de uma autoridade interior e de uma sabedoria singular que me faz concluir a cada dia que passa que, nós pais, somos, digamos assim, apenas os instrutores de um caminho que eles mesmos já trazem dentro deles.
Somos apenas aqueles que reconhecem o potencial e o direcionam, canalizando para que seja usado da melhor forma possível. E pensando assim, fora claro, que somos os protetores oficiais deles, parei de me preocupar em ser a mãe perfeita.

Mesmo porque é impressionante como eles já nos olham como se fôssemos os seres mais perfeitos do mundo. Verdadeiros deuses encarnados, lindos, e sem qualquer defeito. E sob esse ângulo seria interessante que ao menos, por algum tempo, encarnássemos esses deuses. Penso assim, pois, quando crescerem e descobrirem que seus pais não eram tão perfeitos assim, ao menos saberão enxergar a perfeição dentro dessa imperfeição perfeita que é o ser humano. Através de seus pais acreditarão que o ser humano possui muitas qualidades, ainda que não sejam perfeitos e os perdoarão por quaisquer falhas. Plantemos o bem no coração dessas gracinhas e depois assistiremos de camarote que bacana o quanto eles aprenderam direitinho.

Por outro lado, espiritualmente falando, os pais encarnam a essência divina do Deus Pai e da Deusa Mãe (Espírito Santo). O Pai representando a Sabedoria e a Mãe o amor. Eles assumem o carma de seus filhos até 21 anos quando seu corpo mental está completamente formado e a partir daí o corpo espiritual começa a desenvolver-se. Quanto mais conscientes os pais estiverem sobre isso, melhor nutrirão seus filhos com o alimento espiritual adequando, tendo o amor como energia essencial para que cresçam sem qualquer problema mais grave.

E quando o filho nasce com alguma especialidade congênita, os pais deveriam ter a noção de missão redobrada, pois assumiram com esta alma o difícil compromisso de amá-la e aceitá-la incondicionalmente como parte de sua evolução espiritual. Neste caso, a responsabilidade cármica pode durar uma vida inteira.

Mas, maternidade é isso, é doar-se incondicionalmente em todas as circunstâncias, é abdicação, é força de vontade e determinação para cuidar daqueles que tanto desejamos trazer para este mundo. Tudo bem que aquela célebre frase "Eu não pedi pra nascer!", é relativa, digamos assim, pois sabemos que nossos pequenos nos escolhem antes de nascerem. Sabendo disso, de vez em quando olho pra eles e penso: "Sou grata por terem me escolhido. Vocês são tão incríveis!".

Mas além de significar responsabilidade, consciência, doação, abdicação, para mim maternidade significa muito amor, felicidade, alegria, muitos momentos agradáveis e a certeza da continuação de nosso DNA nesse planeta. Quando temos a chance de ainda observar que tudo deu certo, apesar das incertezas, isso deve ser algo que nos dá a grande sensação de dever cumprido. Espero chegar lá e ainda ter alguns netinhos para, finalmente, deseducar! Rsrsrsrs...





Texto revisado



Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   
Total de 224 votos

Autor: Daniele Alvim   
Daniele Alvim é Escritora, Terapeuta e Professora de Aura-Soma
Visite seu Blog, Twitter e minha comunidade de Aura-Soma no Orkut.

E-mail: danielealvim@hotmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 04/11/2009
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.