Esqueci a senha
 

 
Ervas para proteção contra energias negativas
Bookmark and Share

Ervas para proteção contra energias negativas

por Luciana Martins - lucianamdias@hotmail.com

  Como eu disse em meu artigo anterior sobre a inveja, não dá para nos livramos de toda a inveja do mundo e nem de toda a inveja que há em nossa própria personalidade. Pouco podemos fazer também contra a inveja que o outro tem da gente, afinal, quem sente a inveja é o outro e só ele pode administrar esse sentimento. Porém, podemos melhorar nossa auto-estima, passando a emanar amor, e um sentimento de bem estar, atraindo a admiração e o respeito das pessoas.

Mas, enquanto não conseguimos realizar toda esta transmutação energética, podemos ir usando as ervas, que a Mãe-Natureza tão generosamente nos oferece, para irmos nos protegendo. É claro, que mais uma vez é importante enfatizar que só isso não é o suficiente e que a verdadeira proteção vem de dentro, a partir do autoconhecimento e da auto estima, porém, podemos utilizar as ervas para irmos elevando nossas vibrações, criando um campo energético de proteção ao nosso redor. Seguem algumas dicas:

 

Alecrim: Uma das versões do conto "A bela Adormecida" diz que a Bela Adormecida foi acordada pelo príncipe com um ramo de alecrim.Os gregos usavam coroas de alecrim em festas, como símbolo da imortalidade. Por isso, usa-se o alecrim para afastar olho gordo. É também a erva da juventude eterna, do amor, amizade e alegria de viver.

Se colocada debaixo do travesseiro afasta maus sonhos.
É uma erva que tonifica as pessoas e os ambientes. É considerado também um poderoso estimulante natural, favorecendo as atividades mentais, estudos e trabalho. Favorece e fortifica o ânimo e vitalidade das pessoas. No ambiente, agindo em conjunto com arruda, "segura" as energias de inveja, mau-olhado e fofocas. Pode ser usada no vasinho ou queimada seca na forma de defumação. Pode-se tomar banhos fazendo uma infusão com a erva.

 

Arruda e Cânfora: Usadas desde a antiguidade para proteger as pessoas do mau olhado, no século XVI deram origem a uma história curiosa: quando morriam em Londres 7.000 pessoas por semana com a peste, e as casas atingidas eram marcadas com uma cruz vermelha, alguns ladrões não se incomodavam, entravam para roubar e não eram atingidos pela peste. O motivo: um famoso vinagre, dos quais um dos principais componentes era a arruda, num galão de vinagre de vinho junto com a sálvia, losna, menta, alecrim e lavanda, temperadas com alho, cânfora, noz moscada, cravo e canela, constituindo um poderoso anti-séptico. Essa mistura ficou conhecida como o vinagre dos quatro ladrões.

Arruda: é umas das ervas mais poderosas para combater inveja e olho-gordo. A arruda já era conhecida e usada na antiga Grécia e Roma. Foi popularizada no Brasil pelas escravas na época na colonização. Quando colocada num ambiente, além de proteger, emite vibrações de prosperidade e entusiasmo. Podemos ter sempre um galho de arruda junto ao corpo para reter as energias negativas. Não deve ser ingerida.

Cânfora: limpa ambientes carregados. Pode ser usada em pastilhas no potinho com álcool ou na forma de incenso.

Patchouly: Desperta a intuição, e forças para defesa contra energia negativa. Pode ser usado em óleo essencial no difusor ou na forma de incenso.

Sálvia: Para os romanos era erva sagrada, cuja colheita era cercada de rituais. A crendice popular dá conta de que é uma das ervas das feiticeiras, já que protege contra feitiços. É também usada para compor o vaso das sete ervas de proteção. Ainda segundo a crença popular, toda pessoa deve ter um pé de sálvia plantado em casa, mas nunca pelo próprio dono da casa, é melhor pedir para alguém de fora. Dormir com folhas de sálvia sob o travesseiro torna os sonhos realidade. Pode ser usada no vasinho ou pode-se queimar a erva seca e usar como defumador. Pode-se tomar banhos fazendo uma infusão com a erva.

Guiné: em um ambiente tem o poder de criar um "campo de força" de proteção, bloqueando as energias negativas e emitindo vibrações otimistas. Atrai sorte e felicidade. Cria uma energia de bem-estar nos ambientes. Usada no vasinho.

Comigo-ninguém-pode: o nome da erva já diz tudo. Afasta e quebra todas as energias negativas dos ambientes. Em uso conjunto com espada de São Jorge quebra feitiços, magia e mau-olhado. Além deste superpoderes é uma planta muito bonita para qualquer ambiente. Para ser usada em vasos maiores. Nunca deve ser ingerida, .

Espada de São Jorge: por causa de suas folhas pontudas é facilmente associada ao poder de cortar as energias negativas, a inveja, olho-gordo, magia, etc. Alguns dizem que espanta os maus espíritos. Ao cortar as energias negativas, a erva atrai coragem e prosperidade. Para ser usada em vasos maiores, ou plantada em floreiras na frente da casa.

Manjericão: Além do delicioso sabor que passa como tempero da cozinha italiana, o manjericão, quando exposto num ambiente, tem a propriedade de acalmar e trazer paz de espírito a todos. Ao acalmar as tensões, afastamos os pensamentos negativos e nuvens negras. Usado em vasinhos. Pode-se tomar banhos, fazendo uma infusão da erva.

Pimenteira: esta planta combate as energis pesadas e ariscas. É uma planta de vibração estimulante, afrodisíaca, tonificante e atrai boas energias para o amor. Usa-se em vasinhos.

Vaso com 7 ervas: Poderosos amuleto contra inveja. Pode se feito pela própria pessoa ou comprado em lojas esotéricas.  Composto por: arruda, guiné, comigo-ninguém-pode, espada-de-são-jorge, alecrim, manjericão, pimenteira.

Sal Grosso: retira do ambiente as energias negativas, absorvendo-as. Deve ser renovado sempre, para que não volte a emanar a energia de volta para o ambiente. Pode ser usado em amuletos como vasinhos com sal grosso e pimentinha, velas de sal grosso. Pode ser usado em banhos, diluído em água, jogado no corpo do pescoço para baixo. Após o banho de sal grosso, sempre tomar um banho com alguma erva, para repor as energias, pois o sal descarrega a aura. Pode ser um banho com um chá (coado e morno) feito de alecrim ou sálvia.

Florais que protegem contra a inveja e energias negativas:

Florais de Bach:  Holly

Florais da Califórnia: Garlic, Chaparral, Yarrow

Florais de Saint Germain: Chapéu de Sol, Carrapichão, Allium, Incensum, São Miguel.

 

Mandar manipular na farmácia e tomar 4 gotas 4x ao dia.



por Luciana Martins   
Luciana Martins é psicóloga, especializada em astrologia e terapias complementares. Trabalha com terapia floral, reiki, reflexologia, aconselhamento astrológico, acupuntura auricular e terapia vibracional. Escreve o horóscopo da revista Capricho. Consultório: Rua Rodésia, 110, cj 33 - Metrô Vila Madalena F. 8329 2223
Lido 134937 vezes, 429 votos positivos e 15 votos negativos.   
E-mail: lucianamdias@hotmail.com
Visite o Site do autor

Gostou deste Artigo?
Sim Não    
Imprimir
este Artigo
Enviar para
um amigo
Outros Artigos
deste autor


© Copyright 2000-2014 SOMOS TODOS UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
PRINCIPAL ARTIGOS
LOGAR PRODUTOS
ASSINAR SERVIÇOS
PARTICIPANTES EVENTOS