Artigo de Daniele Alvim: Turquesa: O poder da comunicação através do sentimento - | Artigos do Clube
 
Turquesa: O poder da comunicação através do sentimento  
   

Turquesa: O poder da comunicação através do sentimento

Autor Daniele Alvim - danielealvim@hotmail.com


O mundo entrou na "vibração turquesa". E que bom que entrou. Em artigos anteriores, falamos das cores azul, amarelo, verde e rosa. A energia dessas quatro cores estão contidas no turquesa. O turquesa é formado pelo verde e o azul. Dentro do verde, ainda encontramos o amarelo e o rosa é a forma como o turquesa pode se expressar. O verde é a energia do chacra cardíaco, o centro dos sentimentos. O amarelo, logo abaixo, rege o plexo solar, centro emocional ligado à assimilação das informações que nos chegam; o azul, chacra localizado imediatamente acima do cardíaco é o centro da comunicação e do plano mental abstrato.

No nosso corpo sutil, o chacra onde se encontra a cor turquesa localiza-se do lado direito do corpo, um pouco acima do coração, na altura da clavícula. Este chacra é chamado Ananda Khanda, entre o coração e a garganta. Poucos já ouviram falar deste chacra, mas ele é muito importante na medida em que através da abertura da consciência dele é que começamos a acordar para a nossa missão aqui no planeta; que começamos a entrar em contato com o que realmente viemos fazer aqui, os dons e talentos que viemos compartilhar e, dessa forma, começamos a reconhecer a essência do ser que somos, nosso verdadeiro eu.

Esse processo é chamado de processo de "individuação" da alma e quem criou este vocábulo foi Jung. Jung também criou o vocábulo "sincronicidade" e que também se relaciona totalmente com a energia do azul turquesa.

A mensagem do turquesa compreende a percepção de que somente quando transmitimos algo (azul) através do coração (verde), podemos realmente entender o sentido completo da comunicação e nos sentirmos nutridos com a troca através de uma comunicação saudável feita de coração para coração, pois a comunicação do turquesa engloba não somente o entendimento racional (amarelo), como também o emocional (verde) e o intuitivo (azul) que só possível quando os interlocutores estão conectados através do sentimento.
O rosa é a energia (confiança) que nos impulsiona a compartilhar esse sentimento com muitas pessoas, de forma que essa rede possa ser ampliada e usufruída por muitos. E aí, então, podemos falar do coral, que é a cor oposta complementar ao turquesa e muito importante também no despertar para esta energia, pois o coral nos lembra que estamos conectados uns aos outros e que precisamos uns dos outros para nos nutrirmos, tais como os corais debaixo d´água que permanecem juntos, doando-se para o oceano (turquesa) e sendo por ele alimentado.

A energia do turquesa não pode ser acionada, a menos que resolvamos as questões relativas à nossa própria sobrevivência, que são assuntos do vermelho. E a menos que estejamos totalmente centrados no aqui e agora, outro aspecto do vermelho, porque se assim não for, não podemos transformá-lo paulatinamente em rosa, que é quando o vermelho ganha luz (consciência) e começa a expandir essa consciência para os outros chacras.

O rosa é a energia do amor incondicional, principalmente, o amor que sentimos por nós mesmos e que nos impulsiona a melhorarmos como pessoa, a crescermos em consciência. Na medida em que exercitamos esse amor, essa energia sobe pelos chacras, tocando-os um a um, assim como um ponto que possuímos acima do umbigo onde reside o que denominamos de Estrela da Encarnação, e que possui a informação do que viemos fazer aqui no planeta. Quando o rosa preenche esta Estrela, automaticamente também toca o chacra cardíaco e, então, o centro Ananda Khanda pode ser ativado, o centro de nossa individuação.

O turquesa é a energia da comunicação de massa, da comunicação de um para muitos; todos os meios de comunicação que atingem um grande número de pessoas sintonizam-se com o turquesa. Os cristais e a computação se relacionam com o turquesa, assim como os golfinhos com sua inteligência múltipla, que é a inteligência do turquesa.
Não podemos entrar em contato com essa energia a menos que nos expressemos através do sentimento, a consciência do chacra cardíaco. A energia do sentir abre as portas para uma comunicação mais consciente e verdadeira, pois somente quando em contato com esse centro é que podemos expressar nosso ser em sua totalidade.

O turquesa é a energia dos artistas, dos escritores, dos músicos. Mas também de todo aquele que cria algo com sua própria energia, com a energia do seu ser profundo, que coloca algo de sua essência no que faz e que torna esse algo único. Com o poder que tem o nosso sentimento de criar e atrair coisas e pessoas para nós, podemos criar conscientemente para nos colocarmos em sincronicidade com os acontecimentos positivos que queremos que ocorram em nossas vidas. A sincronicidade nada mais é do que estar no lugar certo, no momento certo e fazendo a coisa certa e só conseguimos isso quando estamos em sintonia com nossos próprios sentimentos.

Já parou pra pensar o que o move na vida? O que o leva a fazer o que faz atualmente? Está satisfeito ou sente que falta alguma coisa? Pergunte ao seu coração o que o deixa mais feliz, pergunte o que precisa fazer para que entre em contato com sua missão aqui. Quando descobrir isso saberá que o é, pois não mais irá querer deixar de sentir a alegria de ser você mesmo e compartilhar a sua essência com quem encontrar. Como retorno, você se sentirá amado e apreciado por quem tocar, mas esse amor, perceberá, nada mais é do que o amor que, de forma corajosa, resolveu direcionar para si em primeiro lugar.
Amar-se, aceitar-se e perdoar-se incondicionalmente é o primeiro passo que damos em direção a um sentir mais pleno e a um compartilhar mais profundo e significativo com os que nos cercam e com a própria vida. Só assim podemos nos transformar na linda borboleta que somos.

Depois de ler esse artigo, pode ser que queira experimentar um pouco dessa energia; a pedra turquesa é a que melhor representa a cor turquesa no reino mineiral -os índios norte-americanos usavam muito ela.
Pinte as paredes dessa cor, compre roupas e objetos dessa cor, banhe-se nos mares do pacífico, vá abraçar um golfinho! Irá observar que o turquesa é uma energia que não nos cansa nunca, ao contrário, parece nos convidar, alegremente, a que nos deleitemos nela, mais e mais, sem restrições.



Texto revisado por: Cris



Obrigado por votar
Gostou deste Artigo?   Sim   Não   

Autor: Daniele Alvim   
Daniele Alvim é Escritora, Terapeuta e Professora de Aura-Soma
Visite seu Blog, Twitter e minha comunidade de Aura-Soma no Orkut.

E-mail: danielealvim@hotmail.com
Visite o Site do autor e leia mais artigos.

Publicado em 21/08/2009
 

Deixe sua opinião sobre este artigo



Acessar seu Clube STUM
Faça
seu login


© Copyright 2000-2017 SOMOS TODOS UM - O conteúdo desta página é de exclusiva responsabilidade do Participante do Clube. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços oferecidos pelos associados do Clube, conforme termo de uso STUM.