Esqueci a senha
 

 
Bookmark and Share

CONTATOS ANGELICAIS

por Tina Simão - tinasimao@gmail.com

Há várias formas de se manter contato com os anjos. Apesar de eles estarem sempre presente na vida das pessoas, é preciso que o nosso corpo esteja disponível para receber as energias da presença deles. É fundamental que estejamos abertos a essa comunicação e quando nos fechamos à bondade, alegria e a outros canais divinos, criamos um escudo contra as boas luzes dos anjos.

Para enviar suas mensagens, existem exercícios e formas de contato. Escrever é a mais antiga das formas de comunicação e você deve colocar no papel palavras vindas do fundo de seu coração e que poderão chamar a atenção dos anjos. Escreva como se fosse para um amigo próximo em quem você confia muito e a quem tem um amor sem limites, mas siga um certo ritual:
- procure um lugar calmo, acenda uma vela e ilumine com luz artificial apenas o local onde vai escrever;
- pegue um papel e caneta e deixe-os à sua frente; sente-se calmamente e concentre-se em imagens boas, deixando sua mente e corpo relaxarem de maneira suave e constante;
- quando se sentir completamente em paz, comece a escrever para seu anjo, escrevendo no começo da carta “Meu Prezado Amigo” ou “Meu Querido Anjo”;
- termine de escrever tudo o que queira, coloque a data e assine; coloque a carta num lugar junto com seus objetos pessoais e que você considera especiais, ou dentro de seu travesseiro, ou ainda, se quiser, queime-a deixando as cinzas voarem ao vento.

Os Arcanjos são anjos especiais e muito poderosos e têm poder ainda maior que os anjos guardiães. Podem atender seus pedidos através de cartas, também. É sempre bom recorrer a eles quando seus pedidos devam ser resolvidos com maior rapidez ou quando um grande sofrimento invadiu sua vida. Seja, nas suas cartas aos Arcanjos, objetivo e direto. Escreva como se ele fosse um amigo ou aquela pessoa que lhe estenderia a mão diante de qualquer dificuldade da vida, com um poder incrível de reescrever as linhas do seu destino. Use a seguinte forma:
- vá sempre direto ao assunto e faça a mesma abertura: “Prezado Arcanjo Miguel” ou “Amigo Arcanjo Gabriel”;
- invoque com muita fé a presença e ajuda dele; peça um auxílio forte com palavras que tenham peso como: eu te invoco para que resolva meu problema com tua luz, força e sabedoria, ou outra forma que seja bastante forte e significativa para você;
- quando terminar, mesmo não tendo recebido a ajuda de imediato, deixe seu agradecimento sincero e de coração; por exemplo: e por tudo isso que pretendo conseguir é que te agradeço, por sempre ter iluminado minha vida e ter me mostrado o caminho certo. Obrigado por tudo, do fundo do meu coração.

Você também pode pedir ajuda ao anjo de outra pessoa. Alguém que você ame ou deseja ajudar, mesmo que não se coloque disponível para realizar essa comunicação. Nas cartas faça o mesmo que para uma correspondência angelical, e no caso de outra pessoa, você também pode pedir desculpas a ela, ou dizer-lhe algo que não tem coragem de falar frente a frente. Quando estiver numa situação embaraçosa e sabe que suas palavras vão magoar a pessoa, escreva uma carta ao anjo dela e suas palavras podem atingir diretamente o coração dessa pessoa.

Para nos comunicarmos com os anjos é preciso ter um estado de espírito puro, a alma limpa, pois é como conversar com Deus. É preciso, então, limpar o coração de mágoas, dores, tristezas, ressentimentos e raiva. E para alcançar isso é só se concentrar nas coisas boas da vida, naquilo que cause uma alegria imediata.

É fundamental conversar com seu anjo e depois das conversas preparar-se para as perguntas e respostas:
- isole-se numa sala com pouca luz e sente-se ou deite-se tranqüila e confortavelmente; faça o seu exercício de limpeza de alma, deixando a alegria e a paz invadirem seus pensamentos;
- quando sentir-se pronta, entre em contato com seu anjo e diga Oi, meu anjo, estou aqui para falar com você e preciso que me dê algumas respostas; continue a conversa dizendo todas as suas aflições como se seu anjo estivesse realmente ali na sua frente;
- faça suas perguntas dizendo ao seu anjo espontaneamente o que lhe aflige;
- assim que fizer essas perguntas e sentir um pensamento em sua mente, anote ou guarde bem firme em sua mente essa frase, pois já é esta a resposta do seu anjo;
- ao terminar sua sessão de perguntas lembre-se de tudo o que ele lhe respondeu ou releia suas anotações; agradeça, fazendo uma oração com muita fé.

Podemos, além das cartas e perguntas, nos comunicar com nossos anjos através do sonho, que é um canal no qual conseguimos nos conectar com a outra dimensão. O sonho é algo intocável como os anjos, mas que tem o poder de mexer com nossas emoções. Às vezes sonhamos com pessoas ou crianças que nunca vimos antes e em meio a uma aventura ou até brincando. São os personagens que são julgados por muito angelólogos como anjos, ou então apenas imagens usadas pelos anjos para darem suas mensagens. Por isso, lembrar-se do sonho ao acordar é o melhor a fazer e, de repente, uma simples palavra que você ouviu enquanto dormia pode trazer uma luz à sua vida.

Tina Simão
Angelóloga, Taróloga e Orientadora na Tradição Wicca.
Próximos cursos:
Introdução à Magia Wicca – 26/07 – 10 hs.
Anjos, Arcanjos e Salmos - 29/07 – 14 ou 19 hs.
(11) 4238-8619

Texto revisado por Cris


por Tina Simão   
Lido 1079 vezes, 16 votos positivos e 0 votos negativos.   
Visite o Site do autor.   

Gostou deste Artigo?
Sim Não    
Imprimir
este Artigo
Enviar para
um amigo
Outros Artigos
deste autor


© Copyright 2000-2014 SOMOS TODOS UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
PRINCIPAL ARTIGOS
LOGAR PRODUTOS
ASSINAR SERVIÇOS
PARTICIPANTES EVENTOS