Esqueci a senha
 

 
Bookmark and Share

Quando nos sentimos sózinhos

por Christiane Silva - christerapeuta@gmail.com

Existem momentos na vida da gente que nos sentimos completamente sózinhos no meio de uma grande multidão....Tudo parece tão distante e tão estúpido, não sentimos vontade de conversar ou ver ninguém, sentimos saudade de um tempo que já se foi e nos aprisionamos na nossa própria dor.

Se você está se sentindo assim neste momento, vamos refletir a respeito juntos.
Essa sensação de total abandono e tristeza tem a ver com uma situação especifica, ela não surgiu do nada, o primeiro passo é detectar a raiz do problema.

Se foi uma grande decepção amorosa, pense um pouco, a separação ocorreu e a única coisa que você poderá fazer agora é rever suas atitudes, transformá-las, verificar o quanto deseja lutar por esse amor, que antes de tudo exigirá um sentimento de amor profundo por você mesmo. Quando nos amamos, nos respeitamos e jamais nos sentimos sózinhos. Quando nos amamos, sentimos prazer em estar conosco mesmos.

Nosso coração é bastante grande e tem lugar para muitas pessoas, coisas, lugares...no entanto, quando nos apaixonamos, acabamos dando um espaço muito grande do nosso coração para a pessoa em questão, e sequer percebemos que fazemos isso...Essa pessoa durante muito tempo ocupa a maior parte do nosso tempo, fazemos tudo por ela, deixamos de conversar e conviver mais com nossos amigos, dedicamos cada vez menos tempo para nossos familiares ou nossas necessidades pessoais por causa do outro...E assim, o espaço para outras coisas no nosso coração vai ficando cada vez mais apertadinho.

Quando essa pessoa sai da nossa vida, nos resta um enorme vazio a ser preenchido, é aí que começamos a nos sentir sózinhos, não sabemos o que fazer com este vazio dentro de nós, nos esquecemos de nós mesmos durante tanto tempo que nos sentimos perdidos...Por isso é que é muito importante revermos as nossas atitudes e o quanto gostamos de nós mesmos.

Como podemos amar alguém sem nos amarmos o suficiente? Como podemos dar àlguém aquilo que que não temos para sequer para nós mesmos?

Que tal arregaçar as mangas e olhar para o lado positivo da situação? Quem sabe a vida está apenas querendo que aprendamos algo e essa pessoa ainda poderá retornar ao nosso convivio? Ou até mesmo, fazendo uma reflexão bastante profunda, será mesmo que essa pessoa era a pessoa certa para nossa vida?

Você já se perguntou o quanto verdadeiramente deseja ser feliz? Isso é uma questão de opção, você sabia disso? Precisamos optar por sermos felizes! Independente do outro ou do que vem de fora, precisamos optar por nos sentimos felizes de dentro para fora! O externo só muda quando mudo o meu interno!

O exemplo de uma situação amorosa é apenas um, são inúmeros os motivos pelos quais muitas vezes nos sentimos sozinhos, o exemplo serviu apenas para ilustrar qual a verdadeira importância damos a nós mesmos...esse é o ponto, o X da questão!

Precisamos aprender a nos colocarmos em primeiro lugar em tudo o que fazemos, nos colocarmos no lugar do outro diante de alguma atitude nossa, e nos perguntarmos: será que eu gostaría que alguém agisse assim comigo? Quase nunca fazemos isso...sempre nos colocamos na posição de vítimas da situação e ficamos nos perguntando porque isso aconteceu comigo, eu não mereço isso e o vicio da vitimização vai tomando conta de nosso ser, e com o tempo, esse sentimento de tristeza vai aumentando e vamos nos sentindo cada vez mais solitários e abandonados.

Reveja seus conceitos, apaixone-se por você mesmo novamente! Olhe para você no espelho e sinta orgulho da imagem que vê. Se não gosta disso ou daquilo em você, procure melhorar, compreenda-se melhor, aceite-se, perdoe-se! Conte suas bençãos e não suas tristezas, agradeça mais pelo que voce já tem; ao invés de chorar pelo leite derramado, arregace as mangas e corra atrás da sua felicidade! Esqueça o passado, não se pode mudar mais o que já passou, podemos sim, é transformar o nosso presente para que nosso futuro seja cada vez mais brilhante e feliz!

Viva o agora, renasça em si mesmo e seja feliz!

Luz e Paz,

Christiane Silva



por Christiane Silva   
Lido 9815 vezes, 151 votos positivos e 4 votos negativos.   
Visite o Site do autor.   

Gostou deste Artigo?
Sim Não    
Imprimir
este Artigo
Enviar para
um amigo
Outros Artigos
deste autor


© Copyright 2000-2014 SOMOS TODOS UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS
PRINCIPAL ARTIGOS
LOGAR PRODUTOS
ASSINAR SERVIÇOS
PARTICIPANTES EVENTOS