Somos Todos UM - HOME
O seu Portal de Autoconhecimento e Espiritualidade


Será que as terapias conseguem acessar multiuniversos?  
Home > Psicologia

Será que as terapias conseguem acessar multiuniversos?

por Silvia Malamud


Existem algumas teorias que explicam sobre a questão dos multiuniversos, como também sobre as vidas simultâneas e, mesmo que estas possam nunca serem confirmadas na íntegra, ainda assim, é super válido pensarmos um pouco a respeito no intuito de tirarmos as nossas próprias conclusões.
Ideias sobre universos paralelos ou muitos mundos é o que não nos faltam.

Temos alusões a esses temas nas mais diversas religiões e agora, mais do que nunca, algumas áreas da física também abordam essas possibilidades.

O próprio Espiritismo ao seu modo desenvolve este tema quando fala sobre as colônias espirituais. Em outras doutrinas religiosas, o fator relacionado à multiplicidade de universos também são relacionados quando são revelados os céus para onde supostamente iremos ao morrermos. Espíritos de pretos velhos incorporados em humanos, por exemplo, também podem ser observados como realidades que vem de outras dimensões simultâneas às nossas e que por determinados adventos provocados conseguem se interconectar com algumas pessoas e em ambientes num mesmo espaço de tempo.

Talvez não em todos os sonhos, mas em muitos deles, pode ser que aspectos da nossa consciência se desloquem para outros universos em que também estamos existindo. São aqueles sonhos onde você se percebe fazendo coisas totalmente diferente do usual, em outras histórias de vida. As vezes as pessoas, nestes tipos de sonhos também conseguem se perceber num estado de dupla consciência ao se percebem atuando em realidades que não são efetivamente suas, mas que paradoxalmente surgem nos sonhos de modo altamente familiar. Seria algo como se houvesse um acoplamento da nossa consciência daqui, com uma outra consciência nossa que coexiste em uma outra dimensão de realidade, no tal sonho.

Neste mesmo canal de percepção, outro exemplo da mesma ordem pode ocorrer na meditação ou mesmo quando imaginamos algo.

A teoria sobre os universos paralelos da física quântica se originou em resposta ao princípio da incerteza de Heisenberg em relação às possibilidades da ocorrência de múltiplos estados dentro de um mesmo sistema quântico. A teoria dos muitos mundos pertence ao campo da cosmologia e existe um estudo bastante amplo nessa área, em relação ao tema.

De acordo com esses campos de percepção e conhecimento, podemos dizer que vivemos em um mundo de muitas dimensões e que todas as possibilidades de vida de uma pessoa podem inclusive fazer parte e caber em vidas simultâneas, com variáveis nessa e em outras dimensões.

Se você está dirigindo um carro por uma estrada e repentinamente sofre um acidente e morre, em outra dimensão, um outro aspecto de você mesmo pode ter desviado e saído ileso de uma situação semelhante ou igual e ainda em outra realidade você simultaneamente pode estar fazendo algo totalmente diverso dessas duas possibilidades anteriores.

E se tudo isso, por mais louco que nos possa parecer, ainda assim forem possibilidades reais, a pergunta que fica é se de algum modo poderíamos interferir nessas vivências a ponto de interceder tirando proveito para ampliar nossos conhecimentos.

Lembro-me de uma paciente que sofria de gastrite crônica por anos a fio e que no decorrer da terapia começou a sonhar e a trabalhar terapeuticamente o seu sonho em relação à tal gastrite. Neste sonho, que era recorrente, sempre sobrevinha uma cena onde ela saía de um campo de concentração em que havia ficado por tempo demais e quase sem alimentação. De acordo com a paciente, quando fora libertada percebia-se em meio a um imenso mal-estar gástrico e, na sequência, sempre era encaminhada para um hospital de base para se recuperar. Na próxima cena que vinha, ela se via numa cama de hospital sendo cuidada, mas ainda sofrendo de dores terríveis e tinha uma angústia absurda porque além do drama vivido no campo, nunca conseguia sair daquele estado de dor... Trabalhamos intensamente a cena perturbadora do sonho com a terapia de EMDR, de reprocessamento cerebral, até que em determinado momento, o cérebro da paciente pulou para uma outra cena onde ela estava dando aulas numa classe infantil. Contou detalhadamente sobre o lugar onde estava e também como se sentia bem, em paz e segura. Quando pedi para a paciente voltar ao local perturbador, ela simplesmente não conseguiu mais acessar novamente aquela situação, embora tivesse conhecimento sobre a mesma. Sentia-se feliz e curada na sala de aula. Durante o processo terapêutico, a paciente pôde interceder em suas outras realidades, sejam elas imaginárias, simbólicas ou não e conseguiu reprocessar os conteúdos de dor física e emocional embutidos naqueles cenários que transpassavam para a realidade daqui.

O trabalho terapêutico foi feito pelo nível da perturbação, através das imagens, dos sentimentos e pensamentos a respeito, enfim, na máxima consciência possível. E este tipo de terapia, ao meu ver, também é um acesso a essas realidades em que coexistimos. Eu mesma não sei precisar se a minha paciente foi à alguma vida passada, simultânea, ou se foi a sua criatividade mental e simbólica de cura que funcionou. O fato é que durante o processo de autoconhecimento e cura, ela também lembrou-se de cenas de sua infância que a corroíam do mesmo modo que a situação de seu sonho também a corroía em tal campo. A mesma questão emocional se "linkou" às cenas e com os recursos terapêuticos ela pode reprocessar e sair das suas versões de realidade mais lucida e liberta. Com a sua energia resgatada, a sua vida atual mudou muito e ela pode criar outros mapas de existenciais em meio a novos e saudáveis ambientes emocionais.

Que todos nós possamos ter oportunidade de nos desenvolvermos em nossos processos pessoais de modo particular, único e transcendente.

Quanto mais despertos, melhor!



Compartilhe



Silvia Malamud é colaboradora do Site desde 2000. Psicóloga Clínica, Terapias Breves, Terapeuta Certificada em EMDR pelo EMDR Institute/EUA e Terapeuta em Brainspotting - David Grand PhD/EUA.
Terapia de Abordagem direta a memórias do inconsciente.
Tel. (11) 99938.3142 - deixar recado.
Autora dos Livros: Sequestradores de almas - Guia de Sobrevivência e Projeto Secreto Universos
Visite seu Site
Email: malamud.silvia@gmail.com
Visite o Site do Autor

Deixe sua opinião sobre este artigo

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.
 
Energias para Hoje

energia
I-Ching: 03 – CHUN – DIFICULDADE INICIAL
O início de todas as coisas é freqüentemente trabalhoso e difícil. Mas basta manter-se paciente e perseverar.


energia
Runas: Sowilo
Seja transparente. Dia excelente , força vital e sucesso.


19
Numerologia: Originalidade
Mudanças ha muito consideradas podem ser bem feitas hoje. Seja diferente e original. Este é o dia para o exercício da individualidade.
Experimente o novo e o ainda não tentado. Mantenha-se independente e decisivo e, sobretudo, tenha coragem de agir de acordo com os seus sonhos.
 
 
Horóscopo da Semana
Áries Áries Libra Libra
Touro Touro Escorpião Escorpião
Gêmeos Gêmeos Sagitário Sagitário
Câncer Câncer Capricórnio Capricórnio
Leão Leão Aquário Aquário
Virgem Virgem Peixes Peixes
 

+ Lidos da Semana anterior
1. Mães narcisistas e suas filhas
2. Como fazer um homem ficar obcecado por você...
3. A Oração do Perdão
4. Como saber quando alguém não está tão a fim de você!
5. Quem manda em você? Descubra os 3 motivos que limitam suas escolhas!
6. Dicas para criar um nome para a sua empresa
7. Sou comprometido, mas estou a fim de outra pessoa... E agora?
8. Limão para tratar o Sistema Digestivo


 
© Copyright 2000 - 2017 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Política de Privacidade