Somos Todos UM - HOME
O seu Portal de Autoconhecimento e Espiritualidade


A felicidade bate à sua porta  
Home > Autoconhecimento

A felicidade bate à sua porta

por Maria Isabel Carapinha


Quando você mora em uma casa sem energias nocivas, em um ambiente harmônico, o fato de saber disso em nada mudará sua vida. Porém, morar em uma casa com energias nocivas significa ter aspectos de sua vida completamente bloqueados ou sem cura, e saber disso se torna fundamental para que você, conhecendo a origem de seus problemas, ou se mude do local imediatamente ou, então, procure um radiestesista que identifique os problemas e que proponha soluções de cura.
Fazer uma verificação completa em uma casa antes de habitá-la, ou assim que se mude para ela, é uma obrigação do morador, que deve desvendar tudo que possa estar contido dentro daquelas paredes e, a seguir, tomar todas as precauções e medidas para que a felicidade venha morar com ele.

Ao longo de toda esta minha jornada de radiestesista, tenho visto inúmeros casos e relatos que podem até ajudar as pessoas a compararem com o que pode estar acontecendo em suas vidas, no entanto, de forma alguma, tenho a missão de convencer as pessoas que existem locais nocivos e que trazem a infelicidade para quem ali mora. Chega até a ser engraçado, se o afetado é um cético. Muitas vezes, ele passa a vida toda tentando encontrar explicações para o que sente, sem ouvir ninguém. Já se o afetado é um supersticioso, ele apontará o azar como a razão de seus problemas. No entanto, eu prefiro atender e tratar as pessoas que realmente entendem que a Radiestesia é uma ciência e, por se tratar disso, está ao alcance de qualquer pessoa, para aprender, praticar e divulgá-la, pois somente assim conseguiremos, como uma corrente do bem, ajudar tantas e tantas pessoas a encontrarem o caminho da felicidade e harmonia.

O meu público-alvo nesta caminhada na divulgação da radiestesista e o ensinamento da prática são aquelas pessoas que se preocupam com a possibilidade de arriscar sua vida e sua felicidade, só pelo fato de estar numa casa nova e de excelente aparência visual. Dirijo-me também às pessoas que tomam cuidado antes de comprar uma casa para passar os finais de semana e, enfim, para todos aqueles que têm necessidade de curar uma casa com energias nocivas para ali morar sem ter que abandoná-la.

De acordo com a minha prática e vivência no mundo da Radiestesia, sempre encontro estes seguintes tipos de casas que possuem ondas nocivas:
1 - A memória das paredes, ou a história de vida de quem habitou a casa anteriormente acabam com a harmonia do momento presente;
2 - As ondas de forma, energias pontuais que tão mal fazem à saúde dos habitantes da casa;
3 - Ionização do ar, causada pela presença de ar estagnado preso dentro de uma parede, de canos desativados ou de poços desativados;
4 - Casas construídas sobre correntes de água subterrânea, ou material em decomposição, ou uma falha geológica ou em um local sujeito a interferências elétricas.

Tudo isso acima descrito torna uma casa sem condição de habitação ou no mínimo muito perigosa para quem decide ali morar.
As doenças físicas que podemos desenvolver morando em casas com energias nocivas são quase sempre as mesmas: enxaquecas sem causa definida, insônia, depressão, alergias, reumatismo infeccioso e asma. O câncer, podemos dizer, é o último estágio de quem permanece sobre efeitos de energia nociva.

Conto, a seguir um caso de atendimentos que fiz e suas causas e soluções:
O estudo de caso diz respeito a um jovem casal que se mudou para uma casa alugada que ficava bem próximo à casa que estavam terminando de reformar para o seu tão esperado início de vida. Como toda reforma que conhecemos ao longo do tempo, as coisas não aconteceram no prazo esperado, mas em nada importava muito, pois o casal estava morando perto à nova casa e acompanhando tudo na reforma e até aproveitando a demora para inovar e sofisticar ainda mais a nova moradia. Enfim, eram felizes e a reforma tomava-lhes parte do tempo, mas como uma coisa saudável, como uma distração. Os dois trabalhavam e até a demora estava sendo benéfica a fim de arrumarem mais recursos financeiros.

Enfim, depois de longos dois anos de reforma, a obra se concluiu e o tão almejado dia da mudança se concretizou. Que casa linda! Posso dizer isso, pois lá estive!
Assim que mudaram para a nova casa, no entanto, os problemas começaram a acontecer.
A moça começou a apresentar um quadro de depressão e insônia repentino, além de uma alergia de pele, que depois de percorrerem muitos médicos, os aspectos só pioravam e tudo sem causa aparente. Visitou vários médicos e em nenhum deles encontrou explicação para o seu mal, e as coisas pioravam a cada dia. O marido em nada conseguia melhorar a situação e começou, então, a se distanciar da esposa. Enfim, aquele jovem casal que passou por um processo de reforma sem fim, o que normalmente é uma situação estressante, era feliz! E agora com o sonho concretizado, não era mais!

Recorreram a tudo que era possível e, por fim, através da indicação de um amigo me chamaram para verificar a casa.
Assim que entrei no ambiente senti a presença de uma energia muito densa e pesada, mas não era algo que se irradiava por todos os cômodos. Comecei, então, a andar pela casa e achei a primeira origem de emissão de ondas nocivas. Hoje em dia, está muito em moda colocar-se paredes drywall, que a um custo relativamente baixo, conseguem modificar o desenho de cômodos sem a necessidade de levantar novas paredes. Um único detalhe esquecido é que este tipo de parede é oco e mantém ar estagnado em seu interior; o ar ionizado no interior da parede causa sérios efeitos sobre quem mora neste ambiente.

Bom, o primeiro passo foi convencer o jovem casal da necessidade de furar as lindas paredes. O que eu pensei que seria difícil, foi fácil, pois o desespero de estar naquela situação era maior do que a preocupação com o aspecto visual. Na hora, até brincaram dizendo que iriam lançar um novo tipo de parede com ventilação. Primeiro efeito nocivo eliminado. O segundo efeito era uma onda de energia telúrica, ou seja, aquela que vem do solo, que tinha a sua origem em uns veios de água subterrâneo. Fiz, então, a correção pela colocação de placas radiônicas no local.
Medi a energia do jovem casal e verifiquei que a moça estava com uma quantidade de energia telúrica em seu campo energético bem superior à gerenciável por um ser humano. Aqui vale uma informação: muitas vezes, corrige-se a origem das ondas nocivas e não se trata a pessoa, portanto, os efeitos permanecem. Esta energia telúrica precisa ser tratada e equilibrada na pessoa por tratamento com gráficos radiônicos e pirâmide. A moça estava também tentando engravidar e pensei comigo: se neutralizarmos essa energia telúrica em seu corpo, a gravidez virá, mas fiquei quieta, pois a ansiedade de quem quer engravidar é muito grande e muitas vezes acaba atrapalhando o processo.

Tenho a declarar que após uns 45 dias de tratamento, a harmonia havia se estabelecido novamente na casa dos sonhos do novo casal. E a gravidez muito desejada ocorreu após 5 meses do término do tratamento.
A informação sobre qualquer assunto é sempre a chave que precisamos para desvendar muitas coisas e o conhecimento e a prática da Radiestesia podem transformar o nosso dia-a-dia tornando-nos conectado somente com energias que desejamos.

Até a próxima semana!

Compartilhe



Maria Isabel Carapinha é colaboradora do site, radiestesista e trabalha também com Feng Shui.
Ministra cursos e faz atendimentos em residências e empresas.
Trabalha também com a mesa radiônica fazendo atendimentos em seu consultório ou à distância.
Visite meu Site e Acompanhe Maria Isabel Carapinha no Facebook
Email: isabelc@uol.com.br
Visite o Site do Autor

Deixe sua opinião sobre este artigo

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.
 
Energias para Hoje

energia
I-Ching: 42 – I – AUMENTO
Momento de crescimento, que significa melhora não só no aspecto material mas também no espiritual. Ele acontece quando as ações e, acima de tudo, os sacrifícios são feitos em favor dos outros.


energia
Runas: Eihwas
50% já está conquistado, o resto e com você. Aja!


22
Numerologia: Idealismo
Dia para dedicar-se a obras que beneficiem todos ao seu redor. As atitudes devem ser abrangentes enfocando grupos de pessoas. Mantenha os pés firmes no chão e aja de forma a melhorar as coisas para os outros.
 
 
Horóscopo da Semana
Áries Áries Libra Libra
Touro Touro Escorpião Escorpião
Gêmeos Gêmeos Sagitário Sagitário
Câncer Câncer Capricórnio Capricórnio
Leão Leão Aquário Aquário
Virgem Virgem Peixes Peixes
 

+ Lidos da Semana anterior
1. Como fazer um homem ficar obcecado por você...
2. A Oração do Perdão
3. Viva em sintonia com a sua verdade
4. Como saber quando alguém não está tão a fim de você!
5. Acabou... e agora? Será que vale a pena voltar?
6. Como lidar com a síndrome do impostor ou falso self?
7. Quem você pensa que é?
8. As 70 palavras mágicas que começam com P - Parte 2

Faça parte do PDA

 
Voltar ao Topo
Siga-nos
Facebook Twitter Instagram Gogole Plus Youtube
Somos Todos Um é um parceiro do iG Delas
© Copyright 2000 - 2017 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Política de Privacidade