Somos Todos UM - HOME
O seu Portal de Autoconhecimento e Espiritualidade


Às vezes, o amor precisa de um tempo!  
Home > Almas Gêmeas

Às vezes, o amor precisa de um tempo!

por Rosana Braga


Todos nós, em algum momento de nossas vidas, nos sentimos sufocados, confusos e sem saber exatamente o que fazer. Por mais que pensemos sobre o que estamos sentindo e busquemos soluções para nossas dúvidas, parece que a resposta certa não surge, não vem...

Com o amor, ou seja, as relações afetivas, essa situação também pode acontecer. Aliás, é muito comum e até compreensível que isso aconteça. Afinal de contas, as relações existem a partir das pessoas, e as pessoas se sentem inseguras e perdidas no que se refere ao afeto, à confiança, ao perdão e tantos outros sentimentos que fazem parte da vida a dois...

Podemos, a partir de então, optar entre dois caminhos. Ou insistimos, continuamos "martelando" no mesmo ponto, "cutucando" as mesmas feridas e, assim, provavelmente nos sentindo cada vez mais frustrados... Ou, enfim, relaxamos e damos um tempo para o amor!
No entanto, entre uma opção e outra existe uma sutileza que precisa ser observada. Isso significa que não devemos nem insistir demais, esgotando a paciência e o desejo de transcender o "problema", nem relaxar ao ponto de fingir que nada está acontecendo e que nada mais precisa ser feito ou dito...

O equilíbrio está em observar, em manter-se consciente, mas respeitar o ritmo da vida. Significa baixar a ansiedade e compreender que as situações desagradáveis e incômodas surgem nas relações de amor para que aprendamos algo com elas e não para que nos torturemos por causa delas.
Muitas vezes, as respostas estão no silêncio, e é preciso aquietar a mente, apaziguar os ânimos e sentir o coração para ouvir esse silêncio especial; isto é, o silêncio que responde, que nos permite relaxar e deixar que a vida simplesmente seja...

A maioria de nós sente dificuldade para aceitar e acolher as situações como elas são exatamente por causa da dor que essas situações trazem. Ciúme, insegurança, raiva, medo, inveja, vingança, sensação de rejeição, de abandono ou de não-reconhecimento são alguns dos sentimentos causadores da dor. E tentamos evitá-la a qualquer custo.
Mas se conseguirmos compreender que a dor é uma grande mestra e, sobretudo, que a dor passa, talvez possamos acolhê-la e aprender com ela! Talvez possamos dar um tempo à nós mesmos sem acreditar que isso significa que está tudo acabado.

Gosto sempre de pensar na lagarta que se recolhe num casulo escuro e feio para, depois de amadurecida e pronta, romper sua casca e ressurgir bela, radiante e encantadora, como borboleta! Gosto de pensar que a dor nos faz sentir como se fôssemos lagartas, presas numa condição aparentemente terrível...
Então, podemos rejeitar essa situação e romper com ela, mas não estaremos prontos e nos mostraremos feios e desajeitados. Mas se aceitarmos nosso processo de amadurecimento, poderemos superar essa fase para ressurgirmos numa condição visivelmente superior!

Sugiro que você comece a observar os momentos em que entra num casulo. Permaneça atento e alerta. E, assim, procure aguardar até que esteja pronto e forte para romper seus limites e superar a dor com muito mais condições de tomar a decisão certa. A relação de amor agradece!

Compartilhe


foto
Rosana Braga é Especialista em Relacionamento e Autoestima, Autora de 9 livros sobre o tema. Psicóloga e Coach.
Busca através de seus artigos, ajudar pessoas a se sentirem verdadeiramente mais seguras e atraentes, além de mostrar que é possível viver relacionamentos maduros, saudáveis e prazerosos.
Acesse www.rosanabraga.com.br para mais conteúdos exclusivos!
Email: rosanabraga@rosanabraga.com.br
Visite o Site do Autor

Deixe sua opinião sobre este artigo

© Copyright - Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução dos textos aqui contidos sem a prévia autorização dos autores.
As opiniões expressas neste artigo são da responsabilidade do autor. O Stum não se responsabiliza por quaisquer prestações de serviços de terceiros, conforme termo do Site.
 
Energias para Hoje

energia
I-Ching: 19 – LIN – APROXIMAÇÃO
É tempo de alegria e esperança. Trabalhe, seja perseverante e deixe que os outros se aproximem, pois agir em conjunto será muito benéfico.


energia
Runas: Kenaz
Abertura de caminhos, iluminação e proteção.


21
Numerologia: Otimismo
Cante hoje, mesmo que seja intimamente. Encontre seu melhor sorriso e o mantenha. Ria mesmo das dificuldades será bem fácil superá-las hoje. Dê atenção especial a si mesmo e irradie alegria àqueles que encontra.
 
 
Horóscopo da Semana
Áries Áries Libra Libra
Touro Touro Escorpião Escorpião
Gêmeos Gêmeos Sagitário Sagitário
Câncer Câncer Capricórnio Capricórnio
Leão Leão Aquário Aquário
Virgem Virgem Peixes Peixes
 

+ Lidos da Semana anterior
1. 2018: Ano 2 da Árvore da Vida
2. Como fazer um homem ficar obcecado por você...
3. O Arcanjo regente de 2018
4. Previsões das Runas pra 2018
5. O que significa ter sonhos repetidos?
6. O que esperar de 2018?
7. Numerologia 2018
8. Como saber quando alguém não está tão a fim de você!


 
Voltar ao Topo
Siga-nos
Facebook Twitter Instagram Gogole Plus Youtube
Somos Todos Um é um parceiro do iG Delas
© Copyright 2000 - 2018 Somos Todos UM - O SEU SITE DE AUTOCONHECIMENTO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - Política de Privacidade